DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

terça-feira, 30 de setembro de 2014

EM DEFESA DE LEVY FIDÉLIX

.

OAB PUNE PESSOAS DE BEM E DEIXA O CRIME REAL E OS CRIMINOSOS LIVRES

AGORA A LEI É UMA ARMA PARA SER DISPARADA CONTRA OS INIMIGOS? É ESSE O GOVERNO QUE VCS QUEREM? Isso é PT, isso é comunismo. Outra utilidade desse teatro é engenharia social: deixa a mente mais ESTÚPIDA! Não respeitem isso! 

****

"Ola Juca,

Pelo visto vc não conhece a escola de frankfurt, que estou colocando nos meus textos. O "medinho" dele, não é "medinho", é reconhecimento de que isso tudo é uma estratégia revolucionária desenvolvida por Herbert Marcuse, Gramsci cia e que deve ser desmascarada.

"Mas com relação a contaminação cultural, não sei se vc conhece, mas é importante se informar sobre Gramsci e Escola de Frankfurt. Por exemplo : da escola de frankfurt temos Adorno e Marcuse.

- Adorno:  ao desembarcar nos USA, apos fugir da Alemanha Nazista, percebeu que os americanos tinham verdadeira abominação pelo Fascismo; que fez ele então, tratou de "provar" para os americanos que a sua sociedade era fascista. Para isso, escreveu "Personalidade Autoritária", onde identifica as caracteristicas das pessoas que tinham tendencia a apoiar regimes fascistas. Criou uma Escala F, para identificar o quão "fascista" era a pessoa (já numa clara tentativa de disvirtuar o conceito para aplica-lo a pessoas e sociedades). Claro que grande parte das caracteristicas fascistas adotadas por ele para sua escala F estavam relacionadas à cultura ocidental e a valores "burgueses" (familia partiarcal, por exemplo - a família e a moral judaico-cristã são os alvos principais, desde Marx. Se quiser, podemos falar disso depois), numa petição de princípios sem precedentes!! Ou seja, todo o julgamento esqeurdoide de pessoas fascistas, extremamente comum no Brasil, por exemplo, vem desse cara;

"Marcuse : este é o mais influente em todo o mundo!!! Em resumo : após a falha da "teoria" marxista, na sua predição do espalhamento da revolução do proletariado no mundo todo, varios Marxistas tentaram uma explicação. Marcuse identificou que nos paises capitalistas, a qualidade de vida do proletariado era bem superior a qualidade de vida das populações dos paises socialistas. Ao invés de abandonar esse lixo ideologico, como fazemos nas cienticas naturais, e reconhecer que o capitalismo tinha conseguido dar qualidade de vida ao proletariado,e  que deveria continuar sendo trabalhado para redução das desigualdades e inclusão (o que Hume falava, de trabalhar os negativos), concluiu que o proletariado já não poderia ser o agente revolucionário.

Então, identificou os novos excluídos do capitalismo, como agentes revolucionários : gays, mulheres, criminosos, negros, latinos, etc. Ou seja, a esquerda revolucionária deveria usar esses excluídos para promover a destruição da sociedade ocidental, dos valores "burgueses", da moral judaico-cristã.

Então, todos os movimentos que surgiram no mundo (tudo começou nos EUA, com a ação direta do Marcuse), o famoso "politicamente correto", tem como origem Hebert Marcues (é dele a frase "Não faça guerra, faça amor", que culminou no abandono da guerra do Vietna e na tomada comunista da região, resultando em mais de 2 milhões de mortes).

Então, feminismo, sexo livre (ele escreveu Eros e Civilização, onde coloca a questão da liberação do homem e sua sexualidade), "gayzismo", politicas raciais, defesa dos criminosos como vítimas da sociedade burguesa opressora, tudo isso tem como pai Hebert Marcuse (que usou ideias iluministas, que não resistem a primeira "coleta empírica" - a visão de que o homem é bom, e de que é a sociedade e suas instituições que o corrompem)."

 
 
ATENÇÃO!!! ATENÇÃO!!!
ACABOU DE SER NOTICIADO NA RECORD, QUE A OAB E VÁRIOS OUTROS PARTIDOS DE ESQUERDA, ESTÃO SOLICITANDO A IMEDIATA CASSAÇÃO DA CANDIDATURA DE LEVY FIDELIS, EM UM CLARO RECIBO PASSADO DE QUE A DEMOCRACIA ACABOU DE VEZ NO BRASIL.
É IMPORTANTÍSSIMO QUE COMECEMOS IMEDIATAMENTE A REUNIR A POPULAÇÃO EM DEFESA NÃO SÓ DO LEVY FIDÉLIS, QUANTO DA DEMOCRACIA NO NOSSO PAÍS, POIS ELA ESTÁ SENDO VIOLENTAMENTE AGREDIDA..
É ABSOLUTAMENTE ILEGAL O QUE ESTÃO FAZENDO CONTRA O LEVY FIDÉLIS.
É UMA VIOLÊNCIA CONSTITUCIONAL, QUE SE QUEIRA CRIMINALIZAR O DIREITO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO E OPINIÃO, PRINCIPALMENTE OS PAUTADOS EM CONVICÇÕES FILOSÓFICAS E RELIGIOSAS.
ESTAMOS PRESENCIANDO UMA ABERRAÇÃO JURÍDICA, QUE É O ESTUPRO DA NOSSA CONSTITUIÇÃO.
ESTAMOS SOB UMA DITADURA BOLIVARIANA, COMUNISTA, MARXISTA, ANTI-CRISTÃ E ANTI-FAMÍLIA!
AVANTE BRASILEIROS DE BEM!
NÃO PODEMOS NOS ACOVARDAR DIANTE DE TÃO DESCARADA VIOLÊNCIA E COVARDIA CONTRA O NOSSO POVO, NA PESSOA DO CANDIDATO LEVY FIDÉLIS, CUJA INTEGRIDADE MORAL E ATÉ FÍSICA, ENCONTRA-SE EM RISCO, DEVIDO A INCITAÇÃO DA IMPRENSA CONTRA ELE E CONTRA QUALQUER UM QUE OUSE DISCORDAR DESSA MINORIA RADICAL LGBT.
ME CAUSOU NOJO, VER QUE AÉCIO E MARINA, SE JUNTARAM AOS COVARDES, NESSA PERSEGUIÇÃO CRIMINOSA CONTRA O LEVY FIDÉLIS.SE LEVY NÃO TERMINAR CASSADO NAS PRÓXIMAS HORAS, O QUE É MUITO PROVÁVEL QUE FAÇAM DE HOJE PARA AMANHA, EU PROPONHO VOTO EM MASSA NO LEVY 28, UMA VEZ QUE ESSE PROCESSO ELEITORAL JÁ ESTÁ MESMO CORROMPIDO E ARRANJADO PARA GARANTIR O PT NO PODER, COM A CUMPLICIDADE DESSA JUSTIÇA PROSTITUTA, REFÉM DOS NARCO-PETRALHAS!

A OCC ESTÁ SOFRENDO PATRULHAMENTO IDEOLÓGICO POR FALARMOS DO FORO DE SÃO PAULO, PESSOAS INBOX NOS AMEAÇANDO, OU SEJA ESTÃO PRATICANDO BULLYING HETEROFÓBICO. NÃO DESVIAREMOS DO FOCO SÓ PORQUE A ESQUERDA QUER, FALAREMOS DO FORO DE SÃO PAULO SIM. E QUEREMOS EXPLICAÇÕES.

Levy Fidelix e a suposta homofobia: na democracia, dizer besteira é diferente de praticar crime. Ou: Uma OAB covarde vai à Justiça contra Fidelix; uma OAB corajosa iria à Justiça contra Dilma Rousseff. Ou: De Gays e cabeças cortadas
Curta e Faça parte da OCC Alerta Brasil
OCC - Organização de Combate à Corrupção
Siga-nos no Twitter
https://twitter.com/occ2013
MM
Imaginem se, um dia, se votasse uma lei no Brasil ou em qualquer parte do mundo proibindo as pessoas de ser imbecis e de dizer imbecilidades. Quanto tempo vocês acham que demoraria para que se chegasse a uma tirania das mais odiosas? Levy Fidelix (PRTB), o eterno candidato do aerotrem, disse uma porção de sandices sobre homossexualidade no debate da Record? Disse. É a única tolice que afirmou nessa campanha? Não! Justiça se faça, ele nem chega a ser o campeão das asnices — Luciana Genro, do PSOL, vence essa disputa com todos os pés nas costas, num confronto acirrado com Eduardo Jorge, do PV. A maior de todas, ainda que dita em solo estrangeiro, é a de Dilma Rousseff: pregou a negociação com terroristas que cortam cabeças e praticam fuzilamentos e estupros em massa.

Muito bem. No debate da emissora, Luciana perguntou a Fidelix por que defensores da família se recusam a reconhecer como fa

***
DENÚNCIAS DE CRIMES DE ÓDIO - O POLITICAMENTE CORRETO É SÓ PARA TE AMARRAR E AMORDAÇAR
 
No Brasil, qualquer palavra que se diga contra um bandido é "crime de ódio". Você pode xingar um cristão de tudo quanto é nome, clamar pelo estupro de mulheres conservadoras, acusar qualquer direitista de crimes que ele não cometeu, apregoar que vai passar por cima da lei e impor sua preferências políticas "na marra", mas, se você chama um criminoso de criminoso sem amortecer a palavra mediante o adjetivo "suposto", ou mesmo sem preferir o termo "jovem" em vez de "bandido", você é que é o criminoso. A opção preferencial dos partidos de esquerda pelo Lumpenproletariat está mais do que documentada. O que falta é reunir toda essa documentação num estudo histórico-sociológico: isso bastaria para demonstrar que o aumento assombroso da criminalidade no Brasil não é resultado de erros ou de má administração, mas de uma vontade política, de uma escolha consciente baseada no ódio sem fim a tudo quanto seja ordem, normalidade, saúde mental – símbolos nefandos da "opressão capitalista".

A mesma conclusão obtém-se do mero estudo das fontes intelectuais – européias e americanas – das idéias dominantes na esquerda brasileira. Esse estudo já faço há tempos e será objeto de algumas das próximas aulas do COF. O que falta, o que não tenho meios de fazer pessoalmente, é o estudo do fenômeno local, das sucessivas ações da esquerda nacional, no campo político, jurídico, administrativo e educacional, em favor do crime e da desordem.

Não se pode permitir que intelectuais comprometidos com uma agenda político-partidária criminosa continuem tendo o monopólio da narrativa histórica e da explicação sociológica, do qual se servem para obter para o seu partido toda sorte de vantagens políticas e até financeiras.

Aliás esse é outro estudo essencial: Quanto custa ao povo brasileiro, em salários e subsídios, em patrocínios estatais e privados, a intelectualidade esquerdista? Será' que ninguém se interessa em fazer as contas? Será que têm medo de descobrir que além do Mensalão e do Petrolão há também o Academicão?
*
No Brasil, qualquer palavra que se diga contra um bandido é "crime de ódio".
*
OAB AMEAÇA NEGAR CARTEIRA DE ADVOGADO A JOAQUIM BARBOSA

EDUARDO BOLSONARO ENTREVISTADO - Candidato a Deputado Federal

EXPLICANDO O DECRETO GOLPE DO PT - Acorda Brasil! Decreto Dilma (Com Nanda Campos)

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

A MENTIRA COMO MÉTODO - Ferreira Gullar,



Não adianta se submeter ao medo e aceitar as mentiras, 
pois é assim que o comunismo vai te fazer de palhaço. 
Para sempre.

"É preciso empregar todos os estratagemas, ardis e processos ilegais, silenciar e ocultar a verdade." (Lênin)




 A MENTIRA COMO MÉTODO, por Ferreira Gullar, escritor, no jornal Folha de S. Paulo

Eles sabem que estão mentindo e, sem qualquer respeito próprio, repetem a mentira por décadas. Tenho com frequência criticado o governo do PT, particularmente o que Lula fez, faz e o que afirma, bem como o desempenho da presidente Dilma, seja como governante, seja agora como candidata à reeleição.

Esclareço que não o faço movido por impulso emocional e, sim, na medida do possível, a partir de uma avaliação objetiva. Por isso mesmo, não posso evitar de comentar a maneira como conduzem a campanha eleitoral à Presidência da República. Se é verdade que os candidatos petistas nunca se caracterizaram por um comportamento aceitável nas campanhas eleitorais, tenho de admitir que, na campanha atual, a falta de escrúpulos ultrapassou os limites.

Lembro-me, como tanta gente lembrará também, da falta de compromisso com a verdade que tem caracterizado as campanhas eleitorais do PT, particularmente para a Presidência da República.

Nesse particular, a Petrobras tem sido o trunfo de que o PT lança mão para apresentar-se como defensor dos interesses nacionais e seus adversários como traidores desses interesses. Como conseguir que esse truque dê resultado?

Mentindo, claro, inventando que o candidato adversário tem por objetivo privatizar a Petrobras. Por exemplo, Fernando Henrique, candidato em 1994, foi objeto dessa calúnia, sem que nunca tenha dito nada que justificasse tal acusação. Em 2006, quem disputou com Lula foi Geraldo Alckmin e a mesma mentira foi usada contra ele. Na eleição seguinte, quando a candidata era Dilma Rousseff, essa farsa se repetiu: ela, se eleita, defenderia a Petrobras, enquanto José Serra, se ganhasse a eleição, acabaria com a empresa.

É realmente inacreditável. Eles sabem que estão mentindo e, sem qualquer respeito próprio, repetem a mesma mentira. Mas não só os dirigentes e o candidato sabem que estão caluniando o adversário, muitos eleitores também o sabem, mas se deixam enganar. Por isso, tendo a crer que a mentira é uma qualidade inerente ao lulopetismo.

Quando foi introduzido, pelo governo do PSDB, o remédio genérico - vendido por menos da metade do preço do mercado - o PT espalhou a mentira de que aquilo não era remédio de verdade. E os eleitores petistas acreditaram: preferiram pagar o triplo pelo mesmo remédio para seguir fielmente a mentira petista.

Pois é, na atual campanha, não apenas a mesma falta de escrúpulo orienta a propaganda de Dilma, como, por incrível que pareça, conseguem superar a desfaçatez das campanhas anteriores. Mas essa exacerbação da mentira tem uma explicação: é que, desta vez, a derrota do lulopetismo é uma possibilidade tangível.

Faltando pouco para o dia da votação, Marina tem menos rejeição que Dilma e está empatada com ela no segundo turno - e o segundo turno, ao que tudo indica, é inevitável.

Assim foi que, quando Aécio parecia ameaçar a vitória da Dilma, era ele quem ia privatizar a Petrobras e acabar com o Bolsa Família. Agora, como quem a ameaça é Marina, esta passou a ser acusada da mesma coisa: quer privatizar a Petrobras, abandonar a exploração do pré-sal e acabar com os programas assistenciais. Logo Marina, que passou fome na infância.

E não é que o Lula veio para o Rio e aqui montou uma manifestação em defesa da Petrobras e do pré-sal? Não dá para acreditar: o cara inventa a mentira e promove uma manifestação contra a mentira que ele mesmo inventou! Mas desta vez ele exagerou na farsa e a tal manifestação pifou.

Confesso que não sei qual a farsa maior, se essa, do Lula, ou a de Dilma quando afirmou que, se ela perder a eleição, a corrupção voltará ao governo. Parece piada, não parece? De mensalão em mensalão os governos petistas tornaram-se exemplo de corrupção, a tal ponto que altos dirigentes do partido foram parar na cadeia, condenados por decisão do Supremo Tribunal Federal.

Agora são os escândalos da Petrobras, saqueada por eles e por seus sócios na falcatrua: a compra da refinaria de Pasadena por valor absurdo, a fortuna despendida na refinaria de Pernambuco, as propinas divididas entre o PT e os partidos aliados, conforme a denúncia feita por Paulo Roberto Costa, à Justiça do Paraná.

Foi o Lula que declarou que não se deve dizer o que pensa, mas o que o eleitor quer ouvir. Ou seja, o certo é mentir.


texto de Ferreira Gullar http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ferreiragullar/2014/09/1522976-a-mentira-como-metodo.shtml

*
O desafio é achar um lugarzinho onde não haja corrupção neste governo.

LISTA DA CORRUPÇÃO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/06/lista-da-corrupcao-petista.html

*

Ato falho ou sinceridade cínica, Dilma alega no debate da Globo que “todo mundo pode cometer corrupção” - *Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

 A mentira como método político - RODRIGO CONSTANTINO
http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/socialismo/a-mentira-como-metodo-politico/

*
Deputado diz que "tem dedo forte dos petistas dos Correios" na campanha de Dilma 
http://youtu.be/D5W54-l9A58

MAIS UM FLAGRA NOS CORREIOS
https://www.facebook.com/video.php?v=1555969434618661&set=vb.100006168586238&type=2&theater

***


Engenharia da confusão
Olavo de Carvalho  
http://www.olavodecarvalho.org/semana/080314dce.html
 
O psicólogo russo Ivan Pavlov ( 1849 - 1936 ) demonstrou que a estimulação contraditória é a maneira mais rápida e eficiente de quebrar as defesas psicológicas de um indivíduo (ou de um punhado deles), reduzindo-o a um estado de credulidade devota no qual ele aceitará como naturais e certos os comandos mais absurdos, as opiniões mais incongruentes.

Isso funciona de maneira quase infalível, mesmo que os estímulos sejam de ordem puramente cognitiva e sem grande alarde emocional (frases contraditórias ditas numa seqüência camuflada, de modo a criar uma confusão subconsciente). Mas é claro que funciona muito mais se o sujeito for submetido ao impacto de emoções contraditórias fortes o bastante para criar rapidamente um estado de desconforto psicológico intolerável. Esse mesmo desconforto serve de camuflagem, pois a vítima não tem tempo de averiguar que a contradição vem da fonte, e não do seu próprio interior, de modo que ao estado de aflição vêm somar-se a culpa e a vergonha. A reação automática que se segue é a busca desesperada de um novo padrão de equilíbrio, isto é, de um sentimento mais abrangente que pareça comportar em si, numa síntese dialética, as duas emoções inicialmente vivenciadas como contraditórias, e que ao mesmo tempo possa aliviar o sentimento de vergonha que o indivíduo sente perante a fonte estimuladora, que a esta altura ele toma como seu observador crítico e seu juiz.

Se o leitor examinar com certa atenção o discurso esquerdista, verá que ele procura inspirar no público, ao mesmo tempo, o medo e a compaixão. Esta dupla de sentimentos não é contraditória em si, quando cada um deles se coloca num plano distinto, como acontece na tragédia grega, onde os espectadores sentem compaixão pelo herói e medo da engrenagem cósmica que o oprime. Mas, se o objeto de temor e de compaixão é o mesmo, você simplesmente não sabe como reagir e entra num estado de “dissonância cognitiva” (termo do psicólogo Leon Festinger), a um passo da atonia mental que predispõe à subserviência passiva.

Digo medo e compaixão, mas nunca de trata de emoções simples e unívocas, e sim de duas tramas emocionais complexas que prendem a vítima ao mesmo tempo, tornando-a incapaz de expressar verbalmente a situação e sufocando-a numa atmosfera turva de confusão e impotência.

Na política revolucionária, a estimulação contraditória toma a forma de ataques terroristas destinados a intimidar a população, acompanhados, simultaneamente, de intensas campanhas de sensibilização que mostram os sofrimentos dos revolucionários e da população pobre que eles nominalmente representam. As destruições de fazendas pelo MST são um exemplo nítido: a classe atacada fica paralisada entre dois blocos de sentimentos contraditórios – de um lado, o medo, a raiva, o impulso de reagir, de fugir ou de buscar proteção; de outro, a compaixão extorquida, a culpa, o impulso de pedir perdão ao agressor.

Não é coincidência que a primeira descrição científica desse mecanismo tenha sido obra de um eminente psicólogo russo: o emprego da estimulação contraditória já era uma tradição no movimento revolucionário quando Ivan Pavlov começou a investigar o assunto justamente nos anos em que se preparava a Revolução Russa. Seus estudos foram imediatamente absorvidos pela liderança comunista, que passou a utilizá-los para elevar a manipulação revolucionária da psique às alturas de uma técnica de engenharia social muito precisa e eficiente, capacitada para operações de grande porte com notável controle de resultados.

Nas últimas quatro décadas, com a passagem do movimento revolucionário da antiga estrutura hierárquica para a organização flexível em “redes” informais com imenso suporte financeiro, o uso da estimulação contraditória deixou de ser uma exclusividade dos partidos comunistas e se disseminou por toda sorte de organizações auxiliares – ONGs, empresas de mídia, organismos internacionais, entidades culturais -- cuja índole revolucionária não é declarada ex professo , o que torna o rastreamento da estratrégia unificada por trás de tudo um problema muito complexo, transcendendo o horizonte de consciência das lideranças empresariais e políticas usuais e requerendo o concurso de estudiosos especializados. Em geral, os liberais e conservadores estão formidavelmente desaparelhados para enfrentar a situação: esforçam-se para conquistar o público mediante argumentos lógicos em favor da democracia e da economia de mercado, quando o verdadeiro campo de batalha está situado muito abaixo disso, numa zona obscura de paixões irracionais administradas pelo adversário com todos os requintes da racionalidade e da ciência.

Em artigos vindouros ilustrarei o emprego da estimulação contraditória por vários “movimentos sociais”: feminista, gayzista, abortista, ateísta, ecológico, etc.



ILMA É SUICÍDIO! Comunismo é suicídio! Nenhum povo em sã consciência quer uma ditadura totalitária  escravocrata para o seu país. Só mesmo com muita engambelação para conseguirem isso, com muito roubo, assassinato, mentira, muita TRAIÇÃO. Comunismo é traição à humanidade dentro de cada um. O que estão fazendo com o Brasil, com a América e com o mundo é um verdadeiro crime contra a humanidade, e as pessoas que colaboram são cúmplices. Pena que muitas delas só vão saber o que fizeram depois de engolidas pelo monstro que criaram. E os únicos felizes com o resultado serão os psicopatas no poder, que não sabem apreciar uma vida normal sem guerra pelo poder.

 A verdade não está sendo dita.  As pessoas estão perdendo a capacidade de perceber o óbvio e o que é importante, e de reagir a isto.  A manada está rumando para o abate, devidamente entorpecida. Se  a TV, a imprensa, a grande mídia não cumpre seu papel de vigiar e alertar, de falar sobre o que SABE ser verdade, a sociedade simplesmente não acredita no que vê!!! As pessoas estão com um comportamento esquizofrênico! Elas não acreditam no que todos os instintos, inteligência e percepção estão lhe dizendo, ELAS ACREDITAM NA TV! E a TV as está traindo! 

Justamente por causa desse crédito, a mídia é um instrumento para manipular e manter a verdade fora das consciências. É até pior que a traição do congresso, pois se a verdade estivesse passando na TV, as pessoas se mexeriam. Mas como elas vão se mexer se a própria voz da autoridade não se mexe, não expressa o perigo? Deve ser porque está tudo bem...

 Da mesma forma que nosso próprio governo nos ataca com atos vis e leis absurdas, destruindo o estado de direito e as instituições que nos defendem, atacam a lógica e a nossa percepção dos fatos com mentiras óbvias. E não reagimos. O politicamente correto é uma arma deste tipo, que serve para nocautear a consciência, para nos imbecilizar, como diz Olavo de Carvalho. 

Por isso repito: comunismo não sobrevive num ambiente honesto e de livre expressão da opinião. A verdade, que é mortal para ele, é a nossa arma. Por isso, não se cale. Expresse-se, diga o que vê, o que sente. Não temos a imprensa agora, então sejamos nós essa voz da sociedade que vai recontituir a sanidade perdida.

E não espere até que seja tarde.


 “Os comunistas devem lembrar-se de que falar a verdade é um preconceito pequeno-burguês; uma mentira, por outro lado, é muitas vezes justificada pelo fim.” Lenin 



"O mundo viu o espetáculo impressionante de lutadores de aço, na barra do tribunal, confessarem crimes, quase pedindo o favor de fuzilá-los. Ninguém compreendia um Bukharin, um Zinovief, um Radek, um Tomsky reconhecerem que mereciam a pena de morte, que eram bandidos fascistas e que só Stalin era o verdadeiro amigo do povo. A imprensa mundial, através dos seus repórteres, gaguejou, espantada, diante dos julgamentos inauditos. Vishinsky, tipo saído das infectas alfurjas do Santo Ofício medieval, enredava, no cipoal de interrogatórios infames, o espírito torturado dos prisioneiros. Um desses prisioneiros, Ter-Vaganian, chegou a declarar a certa altura do inquisitório:  "Vocês sugerem que eu não pense e confie cegamente no Comitê Central, porque o Comitê Central percebe tudo mais claramente do que eu. Mas o fato é que, por minha própria natureza, não consigo parar de pensar. E quando penso, chego à inevitável conclusão de que as declarações transformando os velhos bolchevistas em um bando de assassinos causará danos incalculáveis, não só ao nosso país e ao Partido, como também à causa do socialismo em todo o mundo".  Extraio esta e outras citações, que se seguirem, da enorme obra de Roberto Conquest — O Grande Terror, livro que não foi escrito ao correr da pena da reportagem, mas argamassado de copiosa documentação, selecionada ao crivo da mais objetiva imparcialidade histórica. Na sua leitura, assiste-se o triturar dos espíritos nas roscas do engenho totalitário, coordenando as pressões físicas e morais num processo que suplanta tudo que se conhece na história dos sistemas de tortura. Lê-se, à pág. 304 da obra citada: "O interrogatório começava quase invariavelmente, não com uma acusação, mas com uma pergunta: será que você pode me dizer as hipóteses que formulou quanto ao motivo de sua prisão? — Dizem que isto se baseava em um questionário usado pela Santa Inquisição. Um dos mais infames inquisidores da curriola, chamado Yezhov, elaborou o seu método próprio, merecendo elogios dos peritos e que consistia em atribuir à vítima a tarefa de construir sua própria culpa. " 
(Do livro TEMAS POLÊMICOS, de Djacir Menezes )


SE DILMA GANHAR, TERMINARÁ SUA OBRA DE DESTRUIÇÃO DA DEMOCRACIA E DO ESTADO DE DIREITO - ROMEU TUMA



Pode se preparar:

Vitória de Dilma trará fechamento de Empresas, fim de investimentos estrangeiros, aumento do dólar, desemprego e explosão de preços e tarifas!
Na área social muito mais desigualdade entre ricos e pobres e invasões de terras sem limites por parte do MST!


O fortalecimento do Estado Policial com inquéritos dirigidos para criminalizar adversários, críticos e inimigos do governo e/ou de seus apaniguados! Aparelhamento total da Justiça e domínio absoluto do que resta do Legislativo!


Fim da DEMOCRACIA e do ESTADO de DIREITO!


 https://www.facebook.com/romeu.tuma.1/posts/1496442533945856?fref=nf




A verdade não está sendo dita.  As pessoas estão perdendo a capacidade de perceber o que é o mais importante em um momento e reagir a isto.  A manada está rumando para o abate, devidamente entorpecida. Se  a TV, a imprensa, a grande mídia não cumpre seu papel de vigiar e alertar, falar sobre o que ela SABE ser verdade, a sociedade simplesmente não acredita no que vê. DILMA É SUICÍDIO. Da mesma forma que nos atacam com leis absurdas, atacam com mentiras óbvias a lógica e a nossa percepção dos fatos. E não reagimos.

Por isso tenho repetido: comunismo não sobrevive num ambiente honesto e de livre expressão da opinião. A verdade, que é mortal para ele, é a nossa arma. Por isso, não se cale. E não espere até que seja tarde.



domingo, 28 de setembro de 2014

Denise Abreu em entrevista para Samantha Kutscka

Reinaldo Azevedo - A candidata Dilma finge saber tudo. A presidente Dilm...

Reinaldo Azevedo - O ESTADO POLICIAL DE JOSÉ EDUARDO CARDOZO.

BRASÃO SOVIÉTICO E SÍMBOLO DA ONU

IMAGEMS: Existe um brasão soviético que sobreviveu à queda da URSS: o símbolo da ONU

Brasões Soviéticos

Símbolo da ONU

 

  Brasão Soviético (1923-1936)

 

 Brasão Soviético (1946-1956)


 Brasão Soviético (1958 a 1991)


 Símbolo da ONU



 Lado a lado

45 METAS DO COMUNISMO - AGENDA CORRUPTORA SOCIALISTA





As 45 metas do comunismo
 
O Macartista traz a lista dos 45 objetivos comunistas [ainda] atuais - muitos deles já consumados ou em processo muito avançado... - elaborada em 1958 pelo brilhante autor, o conservador americano Cleon Skonsen (1913 – 2006). A lista é um excerto do livro Naked Communist, há meio século sem tradução para o português.

1) Aceitação, por parte dos EUA, da coesistência como única alternativa à guerra atômica.

2) Boa vontade dos Estados Unidos em desistir como melhor opção para evitar uma guerra atômica.

3) Desenvolver a ilusão de que o desarmamento total dos Estados Unidos seria uma demonstração de superioridade moral.

4) Permitir comércio livre entre todas as nações independente da filiação comunista e independente de serem ou não itens que poderiam ser usados para guerra.

5) Extensão de empréstimos de longo prazo para a Rússia e satélites soviéticos.

6) Fornecer ajuda americana para todas as nações independente da dominação comunista.

7) Conceder reconhecimento da China Vermelha. Admissão da China para as ONU.

8) Configurar Alemanha Ocidental e Oriental como estados independentes apesar da promessa de Khrushchev's em 1955 de resolver a questão alemã por eleições livres sob supervisão da O.N.U.

9) Prolongar as conferências sobre proibição de testes atómicos, pois os Estados Unidos concordaram em suspender os testes, enquanto as negociações estivessem em andamento.

10) Permitir a todos os satélites soviéticos representação independente/individual na O.N.U.

11) Promover a ONU como a única esperança para a humanidade. Se sua carta [das Nações Unidas] é reescrita, exigir que seja estabelecido um governo mundial com direito à forças armadas próprias e independentes.

12) Resistir a qualquer tentativa de proibir/ilegalizar o Partido Comunista.

13) Acabar com todos os juramentos de fidelidade.

14) Continuar dando acesso a Rússia ao Escritório de Patentes dos E.U.A.

15) Capturar um ou ambos os partidos políticos dos Estados Unidos.

16) Usar decisões de caráter técnico dos tribunais para enfraquecer instituições americanas de base/fundamentais, alegando que suas actividades violam os direitos civis.

17) Tomar o controle das escolas. Usá-las como centros de transmissão paras as propagandas socialista, e comunista atual. Tomar o controle de associações de professores. Inserir linha ideológica nos livros didáticos.

18) Adquirir o controle de todos os jornais estudantis;

19) Utilizar-se de revoltas estudantis para incitar manifestações públicas contra programas e organizações que estão sob ataque comunista.

20) Infiltrar-se na imprensa. Tomar o controle da cessão de crítica literária, redação do editorial, posicionamento político.

21) Adquirir o controle de postos-chave na rádio, TV, e cinema.

22) Continuar desacreditando a cultura americana através da degradação de formas de expressão artísticas. Skousen alegou que uma célula comunista americana lhe contou: "eliminar todas as boas esculturas dos parques e prédios, substituir por estruturas: disformes, estranhas e sem sentido.

23) Controlar os críticos de arte e diretores de museus de arte.

24) Eliminar todas as leis que regulam a obscenidade, chamando-as de "censura" e violão da liberdade de expressão e liberdade de imprensa.

25) Derrubar os padrões de cultura e moralidade, promovendo pornografia e obscenidade em livros, revistas, filmes, radio e televisão.

26) Apresentar homossexualidade, degeneração e promiscuidade como "normais, naturais, saudáveis." Skousen alegou que os comunistas procuraram incentivar a prática da masturbação.

27) Infiltrar-se nas igrejas e substituir a religião de revelação por uma religião "social". Desacreditando a Bíblia e enfatizando a necessidade de maturidade intelectual que não necessita de uma "muleta religiosa".

28) Eliminar orações ou qualquer forma de expressão religiosa nas escolas sobre o fundamento de que viola o princípio de "separação entre igreja e estado."

29) Desacreditar a Constituição Americana, rotulando-a de inadequada, antiquada/fora de moda, fora de sintonia com as necessidades modernas, obstáculo para a cooperação entre as nações a nível mundial.

30) Desacreditar os Pais Fundadores da América. Apresenta-los como aristocratas egoístas que não tinha preocupação com o "homem comum".

31) Depreciar todas as formas de cultura americana e desencorajar o ensino de história americana sobre o fundamento de que era apenas uma pequena parte da "imagem global". Dar mais ênfase à história russa desde que os comunistas assumiram.

32) Apoiar qualquer movimento socialista para dar controle central sobre qualquer aspecto da cultura - educação, entidades sociais, programas de bem-estar, clínicas de saúde mental, etc.

33) Eliminar todas as leis ou procedimentos que interferem no funcionamento do aparelho Comunista.

34) Eliminar a Comitê de Atividades Anti-Americanas.

35) Desacreditar e finalmente desmantelar o FBI.

36) Infiltrar-se e adquirir o controle de mais sindicatos.

37) Infiltrar-se e adquirir o controle de grande negócios.

38) Transferir alguns poderes de prisão da polícia para entidades sociais. Tratar todos os problemas comportamentais como desordens psiquiátricas que ninguém senão psiquiatras podem compreender ou tratar.

39) Dominar o carreira psiquiátrica e usar as leis de saúde mental como um meio de obter controle coercitivo sobre aqueles que se opõem aos objetivos comunistas.

40) Desacreditar a família enquanto instituição. Encorajar a promiscuidade, masturbação e divórcio fácil.

41) Enfatizar a necessidade de criar os filhos longe da negativa influência dos pais. Atribuir: preconceitos, bloqueios mentais e retardo de crianças à influência supressiva dos pais.

42) Criar a impressão de que a violência e a insurreição são aspectos legítimos da tradição americana; que estudantes e grupos de interesses deveriam se levantar e "unir as forças" para resolver problemas econômicos, políticos, e sociais.

43) Derrubar todos os governos coloniais antes que as populações nativas estejam prontas para se auto-governar.

44) Internacionalizar o Canal do Panamá.

45) Revogar a "reserva" Connally para que os Estados Unidos não possam impedir que o Tribunal Internacional de Justiça interfira na jurisdição do país, em seus problemas domésticos. Dar ao Tribunal Internacional de Justiça jurisdição sobre as nações e indivíduos.

FONTE: http://omacartista.blogspot.com.br/2011/...mundo.html

Leia mais: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-as-45-metas-do-comunismo#ixzz3Eelmp2VG *




DESINFORMAÇÃO -KGB E A ESTRTÉGIA DA MENTIRA EM ESCALA PLANETÁRIA - NOVAS MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS - ANATOLIY GOLITSYN 
"O mundo Ocidental como um todo, e os Estados Unidos em particular, se equivocaram seriamente sobre a natureza das mudanças no mundo comunista. Não estamos testemunhando a morte do comunismo, mas uma nova ofensiva estratégica de desinformação."Anatoliy Goliytsyn
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/novas-mentiras-em-lugar-das-velhas.htmlCONSPIRATIO

ALGUNS DADOS ELEMENTARES SOBRE O MOVIMENTO COMUNISTA - OLAVO DE CARVALHO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/alguns-dados-elementares-sobre-o.html

"É preciso estar disposto a todos os sacrifícios e, inclusive, empregar todos os estratagemas, ardis e processos ilegais, silenciar e ocultar a verdade." Lênin


MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS
A Estratégia Comunista de Dissimulação e Desinformação
Por ANATOLIY GOLITSYN 

 http://www.ebah.com.br/content/ABAAAgg6gAG/novas-mentiras-velhas-anatoliy-golitsyn

DESINFORMAÇÃO -KGB E A ESTRATÉGIA DA MENTIRA EM ESCALA PLANETÁRIA - NOVAS MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS - ANATOLIY GOLITSYN
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/novas-mentiras-em-lugar-das-velhas.html

DESINFORMAÇÃO - DISFARÇA A FRAQUEZA EM FORÇA E A FORÇA EM FRAQUEZA - ANATOLIY GOLITSYN
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/desinformacao-disfarca-fraqueza-em.html

DESINFORMAÇÃO - UM EXEMPLO NA HISTÓRIA COMUNISTA: NEP, o jogo sujo da Rússia soviética para baixar a guarda do Ocidente
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/desinformacao-um-exemplo-na-historia.html

HISTÓRIA SECRETA DE ANATOLIY GOLITSYN
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/07/a-historia-secreta-de-anatoliy-golitsyn.html

CONSPIRAÇÃO CONTRA A CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL - VIOLÊNCIA E CAOS SÃO PARTE DA AGENDA (ORVIL E YURI BEZMENOV)  http://conspiratio3.blogspot.com.br/search/label/YURI%20BEZMENOV  

DESINFORMAÇÃO http://conspiratio3.blogspot.com.br/search/label/DESINFORMA%C3%87%C3%83O

Movimentação cubana no Brasil e na Venezuela desperta suspeitas http://www.defesanet.com.br/front/noticia/16753/-Movimentacao-cubana-no-Brasil-e-na-Venezuela-desperta-suspeitas/

 Brasões Soviéticos Símbolo da ONU http://omacartista.blogspot.com.br/2012/02/existe-um-brasao-sovietico-que.html

O FUTURO QUE A RÚSSIA NOS PROMETE
(...)
"Quanto ao primeiro tópico: a “salvação pela destruição” é um dos chavões mais constantes do discurso revolucionário. A Revolução Francesa prometeu salvar a França pela destruição do Antigo Regime: trouxe-a de queda em queda até à condição de potência de segunda classe. A Revolução Mexicana prometeu salvar o México pela destruição da Igreja Católica: transformou-o num fornecedor de drogas para o mundo e de miseráveis para a assistência social americana. A Revolução Russa prometeu salvar a Rússia pela destruição do capitalismo: transformou-a num cemitério. A Revolução Chinesa prometeu salvar a China pela destruição da cultura burguesa: transformou-a num matadouro. A Revolução Cubana prometeu salvar Cuba pela destruição dos usurpadores imperialistas: transformou-a numa prisão de mendigos. Os positivistas brasileiros prometeram salvar o Brasil mediante a destruição da monarquia: acabaram com a única democracia que havia no continente e jogaram o país numa sucessão de golpes e ditaduras que só acabou em 1988 para dar lugar a uma ditadura modernizada com outro nome.

Agora o prof. Duguin promete salvar o mundo pela destruição do Ocidente. Sinceramente, prefiro não saber o que vem depois. A mentalidade revolucionária, com suas promessas auto-adiáveis, tão prontas a se transformar nas suas contrárias com a cara mais inocente do mundo, é o maior flagelo que já se abateu sobre a humanidade. Suas vítimas, de 1789 até hoje, não estão abaixo de trezentos milhões de pessoas – mais que todas as epidemias, catástrofes naturais e guerras entre nações mataram desde o início dos tempos. A essência do seu discurso, como creio já ter demonstrado, é a inversão do sentido do tempo: inventar um futuro e reinterpretar à luz dele, como se fosse premissa certa e arquiprovada, o presente e o passado. Inverter o processo normal do conhecimento, passando a entender o conhecido pelo desconhecido, o certo pelo duvidoso, o categórico pelo hipotético. É a falsificação estrutural, sistemática, obsediante, hipnótica. O prof. Duguin propõe o Império Eurasiano e reconstrói toda a história do mundo como se fosse a longa preparação para o advento dessa coisa linda. É um revolucionário como outro qualquer. Apenas, imensamente mais pretensioso."

http://www.olavodecarvalho.org/semana/110523dc.html