CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

sábado, 30 de janeiro de 2016

DIGA NÃO AO MARCO CIVIL DA INTERNET - CUIDADO COM O QUE O PT QUER - CENSURA

https://youtu.be/EFkAP0oeo08

MENTIRA E PROPAGANDA ENGANOSA  SÓ FUNCIONAM BEM COM CENSURA. - DIGA  NÃO  AO MARCO CIVIL DA INTERNET

VÍDEO ORIGINAL
Últimas - Presidenta Dilma reforça a necessidade da prevenção dos focos do mosquito Aedes aegypti
https://youtu.be/BK1UgFxlE2o

Governo abre consulta pública sobre Marco Civil da Internet
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/01/1734040-governo-abre-consulta-publica-sobre-marco-civil-da-internet.shtml
Chegou a hora de debater o texto
http://pensando.mj.gov.br/marcocivil/
Marco Civil da Internet está sob consulta pública até o fim de fevereiro
http://www.brasil.gov.br/infraestrutura/2016/01/marco-civil-da-internet-esta-sob-consulta-ate-o-fim-de-fevereiro

MARCO GOVERNAMENTAL DA INTERNET COMEÇA ENGANANDO NO PRÓPRIO NOME
https://youtu.be/JjHnRsKZ0wc

DEBATE PÚBLICO: MARCO CENSOR DA INTERNET - SE O PT QUER, É DITADURA
https://youtu.be/aHqa4W8HbuI

CONTROLE DA INFORMAÇÃO E CENSURA É O QUE O PT QUER
https://www.youtube.com/user/Blogdelinks/search?query=CENSURA+

CENSURA - PL PREVÊ PUNIÇÃO PARA QUEM FALAR MAL DE POLÍTICOS NA INTERNET
https://youtu.be/y1QSleprDJ4

A VOLTA DO WHATSAPP E MARCO CIVIL DA INTERNET!
https://youtu.be/bEE6WKtYr9M

Desinformação na grande mídia televisiva
https://youtu.be/-8NRdbGgHeA

 *

"Direitos humanos": essa distorção está no mesmo pacote do "politicamente correto", "marxismo cultural", "agenda gramsciana",  termos que eu desconhecia a importância até uns quatro anos atrás. E agora eles me assustam por trazerem um sentido de esvaziamento de significados, de inversão de valores, e de impunidade para o crime e criminalização de atos inocentes, até o ponto de inibir o pensamento. São as ferramentas de controle da natureza humana, tão caras aos psicopatas no poder. 

O livro "A NOVA CLASSE",  de Milovan Djilas, tem uma passagem interessante no capítulo "Tirania do Espírito",  sobre a busca de uma IGUALDADE na visão de mundo e o controle insano da atividade do pensamento nas sociedades comunistas:

"Por outro lado, a discriminação ideológica nos sistemas comunistas tem a finalidade de proibir outras idéias e de impor as suas. São duas surpreendentes formas de tirania inacreditável, total. O pensamento é a mais criadora das forças: descobre o que é novo. O homem não pode viver nem produzir se não pensar e meditar. Mesmo que possam negá-lo, os comunistas são forçados a aceitar, na prática, esta verdade. Por isso, procuram tornar impossível o predomínio de outro pensamento que não seja o deles.  O homem pode renunciar a muitas coisas, mas tem necessidade de pensar e comunicar seus pensamentos. É um sofrimento profundo ser compelido a silenciar quando se tem necessidade de expressão. OBRIGAR O HOMEM A NÃO PENSAR, A EXPRESSAR PENSAMENTOS QUE NÃO SÃO OS SEUS, É A PIOR FORMA DE TIRANIA.  A limitação da liberdade de pensamento não constitui apenas um ataque a direitos sociais e políticos específicos, mas também ao próprio ser humano como tal." 
 "A proposição de que o marxismo é um método universal, proposição que os comunistas têm obrigação de defender, leva na prática a uma tirania em todos os campos de atividade intelectual”.  Milovan Djilas, in – “A Nova Classe”
*
Olavo de Carvalho - "Depois que um desconhecido governou os EUA por oito anos com documentos falsos e conseguiu o apoio de toda a mídia, de todo o parlamento e de todos os grandes grupos econômicos para bloquear qualquer investigação sobre a sua identidade, que é que falta para vocês entenderem que a realidade se tornou inacessível e que o modelo soviético do controle social por meio da projeção onipresente de um mundo fictício já está em vigor em todo o planeta? Quantas pessoas, no mundo, sabem realmente quem é Barack Hussein Obama? Cinco? Seis? Nenhuma?"


quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

LULA ESSTÁ FERRADO - O ANTAGONISTA

Publicado em 26 de jan de 2016 O elevador do Lula, o jato do Dirceu, o helicóptero da Dilma

Publicado em 27 de jan de 2016 O triplex pornográfico

****

Nos comentários:


"Lula histérico"? Discordo. Vocês estão desconsiderando que eles, quando a água estiver perto de algum orgão vital deles, eles simplesmente passarão a "causar acidentes" aéreos, balas perdidas, terrorismos de muçulmanos que andam infestando o país, envenenamentos ad hoc, quedas, enfartes....e tudo se passará com a colaboração dos médicos do Hospital das Clínicas e do Incor na Dr Arnaldo SPaulo....(business as usual aliás, desde Tancredo), e com o beneplácido das "autoridades" locais..... Quando envolvidos começarem a ser "arquivos queimados", aí vocês podem falar em "lula histérico".

 ***

LAVA JATO VAI INVESTIGAR 'CAIXA PRETA' DA COMUNICAÇÃO DO GOVERNO. FOCO É PETROBRAS, CAIXA E BNDES QUE MOVIMENTAM R$ 1 BILHÃO POR ANO COM PUBLICIDADE
http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2016/01/lava-jato-vai-investigar-caixa-preta-da.html

Advierten que PPK podría ser citado de grado o fuerza a comisión Lava Jato

Denian comenta o silêncio dos réus da Lava Jato

PF investiga condomínio supostamente usado para lavagem de dinheiro

Bolsonaro dando na cara de Lula! Esse é nosso presidente!

O ‘x’ da Triplo X é Lula

Caia Na Real - Mensalão: causas e consequências

Minha última palavra sobre o MBL

DEP. ONIX LORENZONI FALA SOBRE DESTINO FINAL DA LAVA JATO

Segundo hangout com Lobão e Flavio Morgenstern, autor do livro “Por trás...

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

DILMA VAI FAZER MELHOR NESTE MANDATO? NÃO SE ILUDAM

.



A CENSURA PROTEGE A MENTIRA!

Vídeos originais:
Dilma diz que ficou 'estarrecida' com trecho de relatório do FMI
https://youtu.be/2sbUhfklRk8
 Lula já é caso de psiquiatria e não de política
https://youtu.be/xuGbAO4XrxM
 Dilma comenta documento do Santander
https://youtu.be/fmi2hYaXQu0
 Dilma, basta de ameaçar empresários!!  Rodrigo Mezzomo
https://youtu.be/js18uBu8b7Q
Até o Banco Central virou piada
https://youtu.be/KObNTeUlbPk
MAIS UMA CACETADA NO PT do Felipe Francischini!!!!
https://youtu.be/njZhr6hFT60
*
 SINARA POLYCARPO, CENSURADA, PERSEGUIDA PELO GOVERNO, TINHA TODA RAZÃO  
https://youtu.be/rzeElusOhg8
https://youtu.be/L6JXz6IFO6I
*
Lobão: bate papo sobre o fim do Brasil com Felipe Miranda, da Empiricus
https://youtu.be/GT9qiqB_-oM
*
Se uma pessoa erra, pode admitir e consertar o erro. Mas se o mal foi calculado e feito conscientemente, meus amigos, ele vai continuar. Então, parem de esperar e agir como se desta vez ela fosse fazer diferente. Não é hora de sonhar que temos um governo. Este não é um governo, são comunistas cuja única intenção é sugar todos os recursos da sociedade para alimentar seu  "projeto criminoso de poder". E o modus operandi desonesto revela quem são e dá uma pálida noção do resultado final.

POLÍTICOS INDICAM CARGOS PARA SUGAR AS ESTATAIS - LAVA JATO E A REDE DA CORRUPÇÃO
https://youtu.be/h63XCtBELA0
*
A CADA DIA FICA MAIS CLARA A NATUREZA CRIMINOSA DO GOVERNO - LEANDRO RUSCHEL
https://youtu.be/Sog7Fx2Vqc0
A VERDADE SOBRE A CORRUPÇÃO NO BRASIL - MODESTO CARVALHOSA
https://youtu.be/e2RDAQzFx9E
https://youtu.be/SKFli4UENU8
CRIMES DA DILMA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/11/por-enquanto-fica-dilma.html
*
DILMA SABIA DO TAMANHO DA CRISE E SEMPRE PÔDE EVITÁ-LA
https://youtu.be/9N4Zx3bm5l0
EXPLICAÇÃO CLARA DAS PEDALADAS DE MÁ FÉ DA DILMA - RODA VIVA
https://youtu.be/VR34vx8QGs8
ONDE DILMA, A PRÓDIGA, PODE CORTAR GASTOS E NÃO CORTA - JOICE HASSELMANN
https://youtu.be/WKNQak8fZuU
*
CRIME DAS PEDALADAS FOI CONSCIENTE - REINALDO AZEVEDO
https://youtu.be/oL1J9Fr7cyM
*
LAVA JATO FATIADA PELO STF - JOICE HASSELMANN, REINALDO AZEVEDO, GILMAR MENDES,  LEANDRO RUSCHEL E OUTROS
https://youtu.be/tB2L1dEgWIE
*
POR QUE O NAZISMO ERA SOCIALISTA E POR QUE O SOCIALISMO É TOTALITÁRIO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/nazismo-e-comunismo-sao-coletivistas.html
*
OU SE TEM MERITOCRACIA, OU SE TEM APARELHAMENTO COMUNISTA: PARASITAS, PSICOPATAS OCUPANDO CARGOS DE COMANDO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/ou-se-tem-meritocracia-ou-se-tem.html
*
MIN. BARROSO DO STF BARROU O IMPEACHMENT COM MENTIRA E AGORA SE DEFENDE COM MENTIRA - FELIPE MOURA BRASIL, CARLOS NEWTON
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/12/min-barroso-do-stf-barrou-o-impeachment.html
*
APARELHAMENTO E ROUBALHEIRA RECORDE FEITOS PARA CONSTRUIR A DITADURA - CONDE LOPPEUX
https://youtu.be/Gn567VcZ-YU
*
RELAÇÕES DE PODER PREDOMINAM SOBRE A RELAÇÃO COM A REALIDADE
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/10/comunismo-o-reino-do-subjetivismo-olavo.html

CORRUPÇÃO CAPITALISTA E CORRUPÇÃO COMUNISTA - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/RQCIQtXcEjc

COMUNOCINISMO - A ESQUERDA CONTINUA A VIGARISTA DE SEMPRE - REINALDO AZEVEDO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/12/comunocinismo-esquerda-continua.html

PETROLÃO É CORRUPÇÃO ESTRATÉGICA
https://youtu.be/xvLAyZceYRA

MAIS UMA CACETADA NO PT do Felipe Francischini!!!!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

LULA - Ninguém é + Honesto do que EU!!! @ReinaldoAzevedo

Helicóptero pousando no Templo de Salomão em SP.



.



MALAS PESADAS

O essencial sobre Hayek - Quem foi F.A. Hayek?

ISLAN UM SEITA PERIGOSA PARA O BRASIL !

.

TOTALITARISMO ISLÂMICO, COMUNISMO, NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/BLOF2sTcls4
Sayyid Qutb um dos fundadores da fraternidade ou irmandade islãmica, dá um sentido político aos versículos do Corão.
A primeira obrigação de todo mulçumano que vive num país não  islãmico é derrubar o governo. O Islã é um estado universal. Onde quer que o Islã se instale, vc tem um Estado dentro de um Estado.


Bene Barbosa tratoriza desarmamentista que deu até dó

Chegou a hora da verdade para Lula, para o PT e para Dilma

Ao dizer que impeachment não tem respaldo jurídico, Dilma ataca o STF, a...

Programas de Espionagem na Internet

O que seria do mundo sem absolutos morais?

ENTREVISTA COM O HACKER QUE INVADIU A NASA - Hacker Gary Mckinnon - Legendado Português

CULTIVO EM POUCO ESPAÇO - A importância de "estar integrado"

A marcha de Satã e o Estado laico

Bolsonaro Presidente

Uma resposta contundente à revista Nova Escola - Deputado Jair Bolsonaro

Recado de Olavo de Carvalho aos PMs - Policiais Militares

Brad Stine - Natal vs Politicamente Correto

Merkel e seu Bando arruinaram a Europa

domingo, 24 de janeiro de 2016

Canadense é preso e fica 3 anos sem internet por criticar feministas #Vl...

Ou povo se une ou agora. Ou Comunismo Vence.

DESINFORMAÇÃO - LIVRO DE ION MIHAI PACEPA - A PRINCIPAL ARMA COMUNISTA


DESINFORMAÇÃO - ION MIHAI PACEPA & RONALD J. RYCHLAK

O citado ataque infamante aos Estados Unidos e suas igrejas não tinha de fato nada de surpreendente. Reflete como o Kremlin tem ao longo de séculos preferido alcançar suas políticas internas e externas por meio de logros complexos. Religião freqüentemente comparece nas operações de líderes russos tradicionalmente cínicos, os quais têm se considerados o único deus de que a humanidade precisa.

Historicamente, a manipulação de religião realizada pelo Kremlin com vistas a seus próprios objetivos políticos data do século XVI. Quando Ivan IV, o Terrível, coroou-se a si próprio em 1547 como primeiro tzar russo, também fez de si próprio o chefe da Igreja Ortodoxa Russa, como foi reconhecido pelo patriarca de Constantinopla em 1591. 0 Principado de Moscou só recentemente foi libertado pela destruição do Império Bizantino pelos turcos, e foi deste último que Ivan herdou a idéia de uma "sinfonia da Igreja e do Estado". A diferença era que, em vez de ter um imperador e um patriarca – como em Bizâncio –,, o próprio Ivan tomou os dois títulos. Essa fusão de funções persistiu com todos os tzares, até Nicolau II; com todos os líderes soviéticos, de Vladimir Lênin e Boris Yeltsin; e ainda vive na Rússia atual de Vladimir Putin.

Ivan IV também foi o primeiro líder da Rússia a estabelecer a sua própria polícia política, a Oprichnina ou coorte separada. Criada em 1564 sob a direção pessoal de Ivan, foi usada principalmente para controlar os aristocratas que ameaçavam o seu reino. Essa tradição também prosseguiu, mudando muitas vezes de nome, até a ameaçadoramente familiar KGB (Komitet Gosudarstvennoy Bezopasnosti ou Comitê de Segurança de Estado) da União Soviética e mais além, a atual FSB (Federaínaya Sluzhba Bezopasnosti ou Serviço Federal de Segurança). A polícia política da Rússia sempre foi responsável por manter a ordem na Igreja e no Estado, de acordo com os comandos determinados pelo homem sentado no trono do Kremlin.

Até a Segunda Guerra Mundial, a Rússia era basicamente isolacionista – talvez inescrutável a estrangeiros –, com mais amor por resolver problemas indireta e clandestinamente do que lidando de frente, mas não era considerada uma ameaça pelo resto do mundo. Séculos atrás, os tzares russos não eram particularmente meticulosos acerca de esconder suas mãos quando realizavam operações de engodo. Seus horizontes políticos terminavam nas fronteiras russas, e eles sabiam que os camponeses russos tinham fé infinita em seu tzar e em sua religião ortodoxa, que aquele representava. No século XIX, por exemplo, Astolphe, Marquês de Custine, escreveu bastante sobre sua viagem à Rússia. Ele se queixou da "destreza em mentir" e da "naturalidade em dissimular" que encontrou em 1839, por exemplo, quando o tzar tentou impressionar o visitante francês com um espetáculo de iluminação no palácio imperial. Essa exibição fora planejada de modo a ocultar o fato de que centenas de espectadores se afogaram quando uma borrasca súbita virou seus barcos. "Ninguém jamais saberá a verdade", escreveu em seu diário, "e os jornais não irão sequer mencionar o desastre – isso incomodaria a tzarina e tornaria o tzar culpado". Ao fim de sua viagem, Custine concluiu: "Tudo na Rússia é engodo".

Foi durante o período que precedeu a Segunda Guerra Mundial que o líder do Kremlin começou a pensar seriamente em dominação mundial e em melhorar a organização e encargos de seu serviço de inteligência estrangeiro. Em qualquer outro lugar do mundo, serviços de inteligência estrangeiros estavam em primeiro lugar dedicados a coletar informação para ajudar seus chefes de Estado a conduzir as relações exteriores, mas na Rússia, e mais tarde por toda a esfera de influência russa, essa atividade sempre foi mais ou menos irrelevante. Aí o objetivo era manipular o futuro, não apenas aprender sobre o passado. Em específico, a idéia é fabricar um novo passado para alvos inimigos, de modo a alterar o modo como o mundo os percebe. Além de mirar governantes ocidentais – em particular dos Estados Unidos, hoje em dia –, o Kremlin veio a compreender as religiões ocidentais como ameaças perigosamente hostis.

Isso nos traz ao título deste livro. Desde a Segunda Guerra Mundial, desinformação tem sido a mais eficiente arma do Kremlin em sua guerra contra o Ocidente, especialmente contra a religião ocidental. Josef Stálin inventou essa "ciência" secreta, dando-lhe seu nome à francesa e fingindo que era uma prática imoral do Ocidente. Como este livro mostrará, o Kremlin caluniou em segredo, e com sucesso, prelados católicos de destaque, culminando no Papa Pio XII; quase conseguiu assassinar João Paulo II; inventou a teologia da libertação, uma doutrina marxista que voltou muitos católicos europeus e latino-americanos contra o Vaticano e os Estados Unidos; promoveu o anti-semitismo e o terrorismo internacional; e inspirou rebeliões anti-americanas no mundo islâmico.

Apesar do desaparecimento do comunismo soviético, desinformação e seu aparato internacional camuflado ainda seguem muito bem, obrigado. Continuam a distorcer o modo como milhões de pessoas vêem os Estados Unidos, ainda manipulam a religião – qualquer religião – e desempenham papel importante na promoção do terrorismo internacional de hoje.

Mao Tsé-Tung sentiria orgulho. Ele ficou famoso por dizer que uma mentira repetida cem vezes se torna uma verdade.

*****


Em março de 1953, Stálin morreu de maneira infame, enquanto tentava ficar sóbrio em uma sauna abrasadora depois de uma longa bebedeira com o seu amigo íntimo Nikita Khrushchev. Hoje, poucos russos gostam de admitir que um dia cultuaram Stálin. Tampouco se poderia encontrar muitos admiradores de nazistas na Alemanha pós-Segunda Guerra Mundial. Mas, no dia 6 de maio de 1953, 4 milhões de pessoas choraram no funeral de Stálin, na Praça Vermelha. Sirene. soaram, sinos dobraram, carros buzinaram e o trabalho cessou em todo o país. Todo o bloco soviético sentiu que uma era da história passava para o esquecimento com esse homem cujo nome fora sinônimo de comunismo. Nessa época, eu já era um agente de inteligência do bloco soviético. Não tinha, contudo, consciência de que a imagem de um líder soviético era importante a ponto de ir longe quanto fosse necessário – até mesmo ao ponto de matar ou aprisionar milhões de pessoas, reescrever a história, destruir instituições, manipular a religião e modificar tradições – no esforço de beatificar a si próprio ou de demonizar seus competidores e inimigos. Bem pouco depois disso, entretanto, fui designado para o círculo interno do enorme maquinário de dezinformatsiya do déspota, o qual era responsável por toda aquela construção de imagem. O sucessor de Stálin, Nikita Khrushchev, iniciou seu reinado mandando executar todos os líderes da polícia política de Stálin como traidores, de maneira a parecer que condenava os crimes de seu antecessor. Isso se tornara um rito de sucessão na União Soviética. Apenas um dos oito chefes do serviço de segurança de Estado soviético que serviram entre 1917 e 1954 sabe-se que morreu naturalmente – Semen Ignatyev, que desapareceu em 1953, tendo reaparecido em um cargo de província e morrido de causas naturais em 1983. Feliks Dzerzhinsky, o fundador dessa organização, morreu de maneira suspeita de um acesso súbito em 1926, depois de uma discussão com Stálin.[2] Os demais foram ou envenenados (Vyacheslav Menzhinsky em 1934) ou executados como traidores ou espiões (Genrikh Yagoda em 1938, Nikolay Yezhov em 1940, Lavrenty Beriya e Vsevolod Merkulov em 1953 e Viktor Abakumov em 1954). Para manter-se seguro, Khrushchev também executou seu chefe de espionagem, Vladimir Dekanozov, substituindo-o pelo General Aleksander Sakharovsky, o conselheiro-chefe de inteligência soviética para a Romênia, o qual fora meu chefe de facto e mentor na Romênia. Isso me levou ao círculo interno de Khrushchev. Ao longo dos anos seguintes, eu seria empurrado até o topo do serviço de inteligência estrangeiro da Romênia e me envolveria em alguns dos mais importantes projetos de política externa de Krushchev, desde sua brutal repressão da insurreição húngara de 1956 à sua construção do Muro de Berlim e deflagração da crise dos mísseis cubanos. Do livro "DESINFORMAÇÃO" de Ion Mihai Pachepa

Do livro "DESINFORMAÇÃO" de Ion Mihai Pachepa

*
DESINFORMAÇÃO E SUBVERSÃO NA ROMÊNIA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/10/desinformacao-subversao-comunista-e.html

Quem foi Che Guevara?
http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/15547-quem-foi-che-guevara.html

Ion Mihai Pacepa vê uma nova Guerra Fria
http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/15019-ion-mihai-pacepa-ve-uma-nova-guerra-fria.html

DESINFORMAÇÃO - ION MIHAI PACEPA - AGORA EM PORTUGUÊS O LIVRO-BOMBA QUE REVELA A MAIOR ARMA DOS COMUNISTAS PARA DESTRUIR A CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL
http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/11/agora-em-portugues-o-livro-bomba-que.html  

KGB É O ESTADO - resumo de um dos capítulos do livro "Desinformação"  http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/16558-2016-06-10-19-22-28.html

Mais:
DESINFORMAÇÃO
http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao.html
 
KGB
http://www.midiasemmascara.org/component/search/?searchword=KGB&searchphrase=exact&areas[0]=tags


ION MIHAI PACEPA nasceu em 28 de outubro de 1928 em Bucareste, Roménia. É um ex-general três estrelas da Securitate (a polícia secreta da Romênia comunista) que desertou para os Estados Unidos em julho de 1978. Ele é o desertor de maior patente do antigo Bloco de Leste, e tem escrito livros e artigos sobre o funcionamento interno dos serviços de inteligência comunista.
No momento da sua deserção, General Pacepa tinha simultaneamente o posto de conselheiro do presidente Nicolae Ceauşescu, chefe do seu serviço de inteligência estrangeiro e secretário estadual de Ministério do Interior da Roménia. Tendo refugiado-se na embaixada americana em Bonn, na Alemanha, ele foi levado secretamente em avião militar para os Estados Unidos depois que o presidente Jimmy Carter aprovou o seu pedido de asilo político.
Posteriormente, trabalhou na CIA em várias operações contra o antigo Bloco de Leste. A CIA descreveu sua colaboração como "uma contribuição importante e única para os Estados Unidos da América".
Ion Mihai Pacepa foi general da polícia secreta da Romênia comunista, antes de pedir demissão do seu cargo e fugir para os EUA no fim da década de 70. Considerado um dos maiores “detratores” de Moscou, Pacepa concedeu entrevista a ACI Digital e revelou a conexão entre a União Soviética e a Teologia da Libertação na América Latina

****
A KGB no Brasil
Quem leu o meu artigo “A história proibida”, publicado no último número do Digesto Econômico (http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/15061-2014-03-24-19-05-45.html) , não deve perder o vídeo “O Brasil nos arquivos de espionagem do bloco soviético” (http://www.youtube.com/watch?v=Dbt1rIg8FbI ), que o confirma integralmente com documentos de fonte primária revelados pela primeira vez no mundo. http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/15060-2014-03-24-18-58-37.html

***

LADISLAV BITMAN

A KGB e a Desinformação Soviética – Ladislav Bittman
http://livrosconservadores.com.br/a-kgb-e-a-desinformacao-sovietica-ladislav-bittman/

OLAVO DE CARVALHO - Neste filme importantíssimo, aparece o Ladislav Bittman, chefe do escritório da KGB no Brasil, inventor da lenda de que o Golpe de 1964 foi tramado em Washington:
https://youtu.be/PrNrflwyIEc




Comunismo e Nazismo: farinha do mesmo saco
O general Ion Mihai Pacepa analisa o livro definitivo sobre duas “pestes bubônicas”
https://www.epochtimes.com.br/comunismo-nazismo-farinha-mesmo-saco/



***





YURI BEZMENOV





ESTRATÉGIAS DE ESPIONAGEM, INFILTRAÇÃO, MANIPULAÇÃO, DESINFORMAÇÃO, DESTRUIÇÃO - YURI BEZMENOV
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/11/estrategias-de-espionagem-infiltracao.html


***

ANATOLIY GOLITSIN

A HISTÓRIA SECRETA DE ANATOLIY GOLITSYN - COMUNISMO EM REDE E A FARSA DA QUEDA DA URSS
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/07/a-historia-secreta-de-anatoliy-golitsyn.html  

DESINFORMAÇÃO -KGB E A ESTRATÉGIA DA MENTIRA EM ESCALA PLANETÁRIA - NOVAS MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/novas-mentiras-em-lugar-das-velhas.html

NOVAS MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS - ANATOLIY GOLITSYN
O LIVRO JÁ ESTÁ NA INTERNET

DESINFORMAÇÃO -KGB E A ESTRTÉGIA DA MENTIRA EM ESCALA PLANETÁRIA - NOVAS MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS - ANATOLIY GOLITSYN 
"O mundo Ocidental como um todo, e os Estados Unidos em particular, se equivocaram seriamente sobre a natureza das mudanças no mundo comunista. Não estamos testemunhando a morte do comunismo, mas uma nova ofensiva estratégica de desinformação."Anatoliy Goliytsyn
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/novas-mentiras-em-lugar-das-velhas.htmlCONSPIRATIO

"Certamente o mais importante dos desertores foi Anatoliy Golitsyn, agente graduado do KGB, nascido na Ucrânia em 1926. Foi membro do Komsomol ( Juventude Comunista) desde os 15 anos e tornou-se membro do Partido Comunista em 1945, imediatamente absorvido pelo KGB onde permaneceu até emigrar para o Ocidente em 1961, após percorrer todos os passos dentro dos serviços de contra-informação. Fez parte do chamado KGB Interno, um departamento supersecreto de planejamento estratégico de cuja existência nem mesmo os agentes ordinários do KGB tinham conhecimento. Formou-se pela Escola Militar de Contra-Espionagem, pela Universidade de Marxismo-Leninismo e por correspondência na Escola de Altos Estudos Diplomáticos. Exilado nos EUA, passou a estudar atentamente as interpretações ocidentais das ocorrências no mundo comunista e verificou que os serviços de informação, como a CIA e o M16 britânico, estavam completamente equivocados, vindo a publicar em 1984 seu primeiro livro NEWS LIES FOR OLD. A história de Golitsyn entre 1961 e o lançamento do livro pode ser encontrada no artigo de Edward Jay Epstein, THROUGH THE LOOKING GLASS. Precisando de ajuda para publicar seu primeiro livro, Golitsyn procurou William F. Buckley, editor da revista conservadora National Review e seu pedido foi recusado. Esta recusa por um dos maiores conservadores americanos quase jogou por terra a possibilidade de vir a ser publicado. A seguir, escreveu inúmeros memorandos para a CIA, denunciando a estratégia comunista q1ue não estaca sendo percebida porque o Ocidente usava métodos superados de avaliação. Golitsyn previu inclusive a queda do Muro de Berlin, a "abertura" soviética  e outros eventos. Pelas razões expostas por Epstein e porque os serviços de inteligência não podiam admitir seus erros, suas informações foram ignoradas. Como os acontecimentos confirmaram suas predições em 94%, segundo Mark Riebling no livro Wedge: The Secret War between the FBI and CIA, publicou em 1990 THE PERESTROIKA DECEPTION, onde explica o intento por trás da estratégia leninista das falsas reformas e progresso em direção à democracia dos países comunistas. Na opinião de William F Jasper, editor do The New American e co-editor do The Soviet Analyst, Golitsyn é provavelmente o mais importante desertor  soviético que já chegou ao Ocidente porque ele revelou os detalhes de um estratagema de dissimulação de longo prazo da qual o Ocidente não tinha nenhum conhecimento até então." (Heitor de Paola)

THROUGH THE LOOKING GLASS
http://www.edwardjayepstein.com/archived/looking_print.htm 

 A história secreta de Anatoli Golitsyn - Final
http://www.midiasemmascara.org/arquivos/6177-a-historia-secreta-de-anatoli-golitsyn-final.html

FILMANDO A GRANDE FRAUDE *Jeffrey Nyquist
http://www.sacralidade.com/mundo2008/0055.filmando.html

a Russian KGB defector named Anatoliy Golitsyn went to see William F. Buckley, the editor of “National Review.”
https://theinteramerican.org/the-grand-deception/




SUN TSU, DESINFORMAÇÃO, PROTOCOLOS, DECÁLOGO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/sun-tsu-desinformacao-protocolos.html

ALGUNS DADOS ELEMENTARES SOBRE O MOVIMENTO COMUNISTA - OLAVO DE CARVALHO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/alguns-dados-elementares-sobre-o.html

DESINFORMAÇÃO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/search/label/DESINFORMA%C3%87%C3%83O

OU SE TEM MERITOCRACIA, OU SE TEM INFILTRAÇÃO E APARELHAMENTO COMUNISTA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/ou-se-tem-meritocracia-ou-se-tem.html


SOCIEDADE DA DESCONFIANÇA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/02/o-incentivo-delacao-e-o-totalitarismo.html

Medidas Ativas Soviéticas - Taticas de desinformação (contra-informação)
https://youtu.be/UwF_eN2xztM

Tão logo Sejna desertou rumo ao Ocidente e viu como os americanos não tinham qualquer contra-estratégia, ele escreveu: “Não consegui encontrar qualquer unidade, qualquer objetivo consistente ou estratégia entre os países ocidentais. Não é possível enfrentar o sistema soviético e sua estratégia com pequenas ações táticas. Pela primeira vez passei a acreditar que a União Soviética conseguiria atingir seus objetivos — algo que não acreditava na Tchecoslováquia.” http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/15743-2015-03-31-19-03-10.html

Dissolvidas as soberanias nacionais pela elite global e demolida pela ação pertinaz da ralé militante toda hierarquia de valores e critérios, não restará na sociedade outro princípio ordenador reconhecido como legítimo exceto a pura racionalidade econômica e tecnológica impessoal e anônima, imposta por grupos megabilionários a cujo poder, a essa altura, ninguém mais poderá resistir. Esse desenvolvimento do presente estado de coisas é INEVITÁVEL, exceto na hipótese de guerras ou catástrofes de escala mundial.
https://www.facebook.com/carvalho.olavo/posts/891972787621463

"Todos os registros foram destruídos ou falsificados, todos os livros foram reescritos, todos os quadros foram repintados, todas as estátuas, todas as ruas, todos os edifícios renomeados, todas as datas foram alteradas. E o processo continua dia a dia, minuto a minuto. A história se interrompeu. Nada existe além de um presente interminável no qual o Partido tem sempre a razão.” ("1984" de George Orwell)
http://home.ufam.edu.br/edsonpenafort/GEORGE%20ORWELL%20-%201984.pdf
  Operações de desinformação e destruição de reputações também ajudam a destruir a noção de realidade objetiva e a capacidade de investigar.  Tem sido um círculo vicioso iniciado pelo relativismo e descrença na verdade dos fatos  inércia intelectual ➤ mentira inércia intelectual ➤ mentira.   


sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

ISLAM/RUSSIA/EUA -POR TRAS DA NOVA ORDEM ;ESCANDAL

POLÍTICOS INDICAM CARGOS PARA SUGAR AS ESTATAIS - LAVA JATO E A REDE DA ...

ENQUANTO VC ESTÁ AÍ OCUPADO COM SUA VIDA, OS VERMELHOS TAMBÉM ESTÃO - J...

Lula já é caso de psiquiatria e não de política

ENGANAÇÃO de George Soros responsável pela "Futuro da Europa"

POLITICAMENTE CORRETO - PAÍS SEM CONSTITUIÇÃO NÃO É PÁTRIA EDUCADORA!

Ė TEMPO DE CONHECER E LIDAR COM ARMAS!

domingo, 17 de janeiro de 2016

A ILUSÃO SUSTENTA O COMUNISMO

NOTAS DE UMA CÚMPLICE

(...)
O meu pai recordava que pessoalmente passou a acreditar no comunismo depois do vôo de Gagárin. Somos os primeiros! Podemos fazer tudo! Era assim que ele e a minha mãe nos educavam. Eu fui outubrista³, usava o emblema com o menino de cabelos frisados, fui pioneira, komsomolka. A desilusão veio mais tarde.

Depois da perestroika esperávamos que abrissem os arquivos. Abriram-os. Ficamos sabendo a história que escondiam de nós.

"Devemos atrair para nós noventa ou cem milhões que povoam a Rússia Soviética. Com os restantes não devemos falar — é preciso , exterminá-los" (Zinóviev, 1918).

"Enforcar (sem falta, enforcar, para que o povo veja) não menos de mil kulaks presos, que enriquecem, e tirar-lhe todos os cereais, designar reféns... De tal modo que a cem quilômetros em redor o povo veja e trema" (Lênin, 1918).

"Moscou está literalmente a morrer de fome" (professor Kuznetsov para Trotski). "Isso não é fome. Quando Tito ocupou Jerusalém, as mães judias comiam os seus filhos. Quando eu forçar as vossas mães a comerem os seus filhos, então pode vir ter comigo e dizer: 'Temos fome'" (Trotski, 1919).

As pessoas liam os jornais e as revistas e calavam-se. Sobre elas caiu um horror insuportável! Como viver com isto? Muitos receberam a verdade como uma inimiga. E a liberdade também. "Não conhecemos o nosso país. Não sabemos em que pensa a maioria das pessoas, vemo-las, encontramo-las todos os dias, mas não sabemos em que pensam, nem o que querem. Mas temos a ousadia de lhes ensinar. Depressa saberemos tudo, e ficaremos horrorizados", dizia um conhecido meu, com quem muitas vezes me sentava a conversar na minha cozinha. Eu discutia com ele. Isto acontecia em 1991... Tempo feliz! Acreditávamos que no dia seguinte, literalmente amanhã, começaria a liberdade. Começaria do nada, dos nossos desejos.

Dos Cadernos de Apontamentos de Chalámov: "Participei de uma grande batalha perdida por uma verdadeira atualização da vida". Isto foi escrito por um homem que passou 17 anos de detenção nos campos stalinistas.

A nostalgia do ideal manteve-se... Eu dividiria as pessoas soviéticas em quatro gerações: stalinista, khruschovista, brejnevista e gorbatchovista. Pessoalmente, pertenço à última. Para nós era mais fácil aceitar o colapso da idéia comunista, porque não vivemos no tempo em que a idéia era jovem, forte, sem a perdida magia do romantismo fatal e das esperanças utópicas. Crescemos no tempo dos velhos do Kremlin. Nos magros tempos vegetarianos. O grande sangue do comunismo já estava esquecido. O entusiasmo continuava os seus desmandos, mas conservava-se o conhecimento de que não era possível aplicar a utopia na vida.

Isto aconteceu durante a Primeira Guerra da Chechênia... Conheci em Moscou, numa estação de caminho de ferro, uma mulher que era das proximidades de Tambov e estava de partida para a Chechênia, com o objetivo de tirar o filho da guerra: "Não quero que ele morra. Não quero que ele mate." O Estado já não dominava a alma dela. Era uma pessoa livre. Eram poucas as pessoas assim. A maioria eram aqueles a quem a liberdade irritava: "Comprei quatro jornais e cada um deles tem a sua verdade. Onde está então a verdade? Dantes líamos de manhã o jornal Pravda e sabíamos tudo. Compreendíamos tudo." As idéias saíam lentamente de sob a narcose. Se eu iniciava uma conversa acerca do arrependimento, ouvia em resposta:

"De que devo eu arrepender-me?" Cada qual se considerava vítima, mas não participante. Um dizia: "Eu também estive preso." O segundo dizia: "Eu combati." E um terceiro: "Levantei a minha cidade das ruínas, acartava tijolos dia e noite". Isto era completamente inesperado: todos bêbados de liberdade, mas não preparados para a liberdade. E onde estava ela, a liberdade? Só na cozinha, onde por hábito continuavam a criticar o Poder. Criticavam Yeltsin e Gorbatchov. Yeltsin porque traíra a Rússia. E Gorbatchov? Gorbatchov porque traíra tudo. Todo o Século 20. E agora, o nosso país será igual aos outros. Será como todos. Pensavam que desta vez se conseguiria.

A Rússia mudara e odiava-se a si mesma por ter mudado. "O Mongol imóvel", escreveu Marx acerca da Rússia.

Civilização soviética... Apresso-me a registrar os seus vestígios. As caras conhecidas. Interrogo não acerca do socialismo, mas acerca do amor, do ciúme, da infância, da velhice. Sobre a música, as danças, os penteados. Sobre os mil pormenores da vida que desaparecia. Este é o único meio de dirigir a catástrofe para o quadro do habitual e tentar contar alguma coisa. Adivinhar alguma coisa. Não paro de me espantar com a maneira como a vida humana comum é interessante. Com a interminável quantidade das verdades humanas.

A história interessa-se apenas pelos fatos, e as emoções ficam fora de bordo. Não é costume admití-las na história. Mas eu olho para o mundo com os olhos de uma humanista e não de uma historiadora. Fico surpreendida com a pessoa...

O meu pai já não é deste mundo. E eu não posso terminar uma das nossas conversas... Dizia que morrer na guerra era mais fácil para ele do que para os rapazes que agora morrem na Chechênia. Nos anos 1940, iam de um inferno para outro inferno. Antes da guerra, o meu pai estudou em Minsk, no Instituto de Jornalismo. Lembrava-se de que quando voltavam das férias, muitas vezes já não encontravam um único professor conhecido, estavam todos presos. Eles não compreendiam o que se passava, mas era horrível. Horrível, como na guerra.

Tive poucas conversas francas com o meu pai. Ele tinha pena de mim. E eu, tinha pena dele? Tenho dificuldade em responder a esta pergunta... Éramos implacáveis com os nossos pais. Parecia-nos que a liberdade era uma coisa muito simples. Passou algum tempo, e nós próprios nos curvamos sob o peso dela, porque ninguém nos ensinou a liberdade. Ensinaram-nos apenas como morrer pela liberdade.

Ei-la, a liberdade! É como a esperávamos? Estávamos prontos para morrer pelos nossos ideais, para combater na batalha. Mas começou uma vida . Sem história. Ruíram todos os valores, menos o valor da vida. Da vida em geral. Novos sonhos: construir uma casa, comprar um bom carro, plantar uma groselheira... A liberdade revelou-se a reabilitação da pequena burguesia, habitualmente maltratada na vida russa. Liberdade de Sua Majestade o Consumo. Majestade das trevas. Trevas dos desejos, dos instintos — da vida humana oculta, da qual fazíamos uma idéia aproximada. A toda a história sobrevivemos, mas não vivemos.

E agora a experiência militar já não era necessária, era preciso esquecê-la. Milhares de novas emoções, estados, reações De súbito tudo em redor como que se tornou diferente: as tabuletas, as coisas, o dinheiro, a bandeira E até o próprio homem. Tornou-se mais colorido, solto, explodiram o monólito, e a vida espalhou-se em ilhas, átomos, células. Como em Dalh: liberdade-vontade, liberdadezinha ampla vastidão. O grande mal tornou-se uma lenda distante, um romance de suspense político. Já ninguém falava de idéias, falavam de créditos, de juros, de letras, não ganhavam dinheiro a trabalhar, mas "faziam-no" em "jogadas".

Seria por muito tempo? "A mentira do dinheiro na alma russa impoluta", escreveu Marina Tsvetáeva. Mas parece que os heróis de Ostrovski e de Saltikov-Schedrin ganharam vida e se passeiam pelas nossas ruas.

A todas as pessoas com quem me encontrei, perguntava: "O que é a liberdade?" Pais e filhos respondiam de modos diferentes. Aqueles que nasceram na URSS e os que já não nasceram na URSS têm experiências distintas. São pessoas de planetas diferentes.

Os pais: a liberdade é a ausência de medo; três dias em agosto, quando vencemos o golpe; uma pessoa que escolhe numa loja entre cem variedades de salame é mais livre do que a pessoa que escolhe entre dez variedades; não ser espancado, mas nunca chegaremos às gerações não espancadas; o homem russo não compreende a liberdade, precisa do cossaco e do látego.

Os filhos: a liberdade é o amor; a liberdade interior, um valor absoluto; quando não temos medo dos nossos desejos; ter muito dinheiro, e nesse caso teremos tudo; quando se pode viver de tal maneira que não se pensa na liberdade. A liberdade é o normal.

Procuro uma linguagem. O homem tem muitas linguagens: a linguagem que usa com os filhos, e mais uma, a do amor Há ainda a linguagem a que recorremos quando falamos conosco mesmos, quando travamos diálogos interiores. Na rua, no trabalho, nas viagens — por todo o lado se ouve qualquer coisa diferente, mudam não apenas as palavras, mas qualquer coisa mais. Uma pessoa até de manhã e à tarde fala de modos diferentes. E aquilo que acontece durante a noite entre duas pessoas desaparece por completo da história. Tratamos apenas da história do homem diurno. O suicídio é um tema noturno, a pessoa encontra-se no limite da existência e da não existência. Do sono.

Quero entender isto com a precisão da pessoa diurna.
Disseram-me: "Não tem medo de que isso lhe agrade?"

Seguimos pela estrada de Smolensk. Paramos numa aldeia ao lado de uma loja. Uns conhecidos (eu própria cresci nesta aldeia), uns rostos bonitos, bondosos, e em redor uma vida humilhante, pobre. Conversamos acerca da vida.

"Pergunta-me sobre a liberdade? Entre na nossa loja: vodca, há toda a que se queira: Standart, Gorbatchov Putinka, salame à farta, e queijo, e peixe. Até há bananas. De que outra liberdade precisa? Esta para nós é suficiente." "E deram-lhes terra?" "Quem é que vai mourejar nela? Se a queres, toma-a. Aqui só o Vaska Krutoi aceitou. O filho mais novo tem oito anos e anda atrás do arado ao lado do pai. Se fores trabalhar para ele, não penses em juntar algum dinheiro, ele nem dorme. É um fascista!"

Na "Lenda do Grande Inquisidor" de Dostoiévski há uma discussão sobre a liberdade. Diz-se que o caminho da liberdade é difícil, sofrido, trágico "Para que conhecer esse diabo desse bem e desse mal, se isso custa tanto?" O homem tem sempre que escolher: a liberdade ou o bem-estar e a organização da sua vida, a liberdade com sofrimento ou a felicidade sem liberdade. E a maioria das pessoas segue por esse segundo caminho.

O Grande Inquisidor diz a Cristo, que voltou à Terra:
"Porque vieste cá incomodar-nos? Porque tu vieste incomodar-nos e sabes isso muito bem".


"Ao respeitá-lo [ao homem], tu procedeste como se tivesses deixado de sentir compaixão por ele, porque exigiste demasiado dele Ao respeitá-lo menos, exigias-lhe menos, e isso estaria mais perto do amor, pois o fardo dele seria mais leve. Ele é fraco e vil Que culpa tem a alma fraca, se é incapaz de juntar em si tão terríveis dons?"

"Não há preocupação mais constante e torturante para o homem do que, ao ficar livre, procurar depressa alguém diante de quem se inclinar a quem transmitir depressa o dom da liberdade com que esse ser infeliz nasce".
Nos anos 1990 sim, éramos felizes, e essa nossa ingenuidade já nunca mais volta. Parecia-nos que a escolha estava feita, que o comunismo tinha perdido sem apelo. Mas tudo estava apenas a começar.

Passaram-se vinte anos... "Não nos assustem com o socialismo", dizem os filhos aos pais.

De uma conversa com um professor universitário meu conhecido:
"No final dos anos noventa os estudantes riam-se quando eu recordava a União Soviética; estavam confiantes de que à sua frente se abria um novo futuro. Agora o quadro é diferente Os estudantes de hoje já descobriram, já sentiram o que é o capitalismo — a desigualdade, a pobreza, a riqueza descarada, têm diante dos olhos a vida dos pais para quem nada restou do país saqueado. Sonham com a sua revolução. Usam camisolas vermelhas com retratos de Lênin e de 'Che' Guevara."


Cresceu na sociedade o interesse pela União Soviética. Pelo culto de Stálin. Metade dos jovens dos 19 aos 30 anos consideram Stálin "o maior dirigente político". Num país em que Stálin liquidou tantas pessoas como Hitler, um novo culto de Stálin?! Tudo o que é soviético está outra vez na moda. Por exemplo, os cafés "soviéticos" — com nomes soviéticos e pratos soviéticos. Surgiram os bombons "soviéticos" e o salame "soviético" — com o cheiro e o sabor nossos conhecidos desde a infância. E, é claro, a vodca "soviética". Na televisão há dezenas de transmissões e na Internet dezenas de sites nostálgicos "soviéticos".

Podem fazer-se visitas turísticas aos campos stalinistas — em Solovka, em Magadan. O anúncio promete que para mais completa sensação fornecem um fato do campo e uma picareta. Mostram os barracões restaurados. E no final organizam uma pescaria.

Renascem idéias antiquadas: sobre o Grande Império, sobre a "mão de ferro", "sobre a via russa especial" Reapareceu o hino soviético, há o Komsomol, mas chama-se simplesmente "Nachi" (os "Nossos"), há o partido do Poder, que copia o Partido Comunista. O presidente tem um poder como o do secretário-geral. Absoluto. Em vez do marxismo-leninismo, a religião ortodoxa.

Antes da revolução de 1917, Aleksandr Grin escreveu: "E o futuro parece ter deixado de estar no seu lugar." Passaram cem anos, e de novo o futuro não está no seu lugar. Chegou um tempo em segunda mão. A barricada é um lugar perigoso para um artista. Uma armadilha. Ali estraga-se a vista, obscurece a íris, o mundo perde a cor. Na barricada, o mundo é preto e branco. Dali já não se distingue o homem, vê-se apenas um ponto negro — um alvo. Passei toda a vida nas barricadas e queria sair delas. Aprender a alegrar-me com a vida. Recuperar a visão normal. Mas dezenas de milhares de pessoas saem de novo para as ruas. Dão-se as mãos, trazem fitas brancas nos blusões, símbolo do renascimento. Há cor. E eu estou com elas.
Encontrei nas ruas jovens com a foice e o martelo e o retrato de Lênin nas camisolas. Saberão eles o que é o comunismo?

1 Designação depreciativa do regime soviético e de tudo o que com ele se relaciona. (N. do T.)
2 Ou simplesmente Gulag. Acrónimo da designação russa: Glavnoe Upravlénie Ispravi- telno-trudovikh Laguerei (Direção Central dos Campos de Trabalho Correcional). 3 Outubrista: primeira forma de organização das crianças, que a seguir entravam para os pioneiros e mais tarde para o Komsomol, a juventude comunista.


por Swetlana Alexievich. Artigo publicado em
(Publicado originalmente por Carlos I.S. Azambuja em http://www.alertatotal.net)
http://www.puggina.org/artigo/outrosAutores/notas-de-uma-cumplice/6650

*

MANIFESTO DA OPOSIÇÃO CUBANA
A íntegra de uma entrevista exclusiva do então guerrilheiro Fidel Castro, publicada pela revista Coronet de fevereiro de 1958.
http://www.alertatotal.net/2016/01/manifesto-da-oposicao-cubana.html

*
ÀNGELA MERKEL TRABALHA PARA OS RUSSOS
http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/comunismo/16299-angela-merkel-trabalha-para-os-russos.html

Eles esvaziam as pessoas de propósitos, depois lhes oferecem um propósito falso, mas que serve ao objetivo do PODER. É só poder. 

"O capital intelectual é o que define o destino das nações"
Olavo de Carvalho

sábado, 16 de janeiro de 2016

Revelando o Stalinismo do modelo multiculturalista na Suécia

.


 Padre Paulo Ricardo tem um vídeo sobre marxismo cultural em que ele
compara o politicamente correto à AIDS: ambos neutralizam o sistema de defesa e impedem uma reação saudável contra um mal disfarçado de outra coisa. Foi em nome de justiça social que os totalitarismos comunistas dominaram algumas sociedades; e com variantes dessa mesma isca impõem o desarmamento, a eutanária, o aborto, a censura, a extinção do cristianismo, da educação, da meritocracia, a dissolução das soberanias nacionais e o combate à independência individual e à livre iniciativa.

Islã/ Islão/islamismo : epidemia de estupros na europa parte1 /alemanha

.

Padre Paulo Ricardo tem um vídeo sobre marxismo cultural em que ele compara o politicamente correto à AIDS: ambos neutralizam o sistema de defesa e impedem uma reação saudável contra um mal disfarçado de outra coisa. Foi em nome de justiça social que os totalitarismos comunistas dominaram algumas sociedades; e com variantes dessa mesma isca impõem o desarmamento, a eutanária, o aborto, a censura, a extinção do cristianismo, da educação, da meritocracia, a dissolução das soberanias nacionais e o combate à independência individual e à livre iniciativa.

O POLITICAMENTE CORRETO SERVE PARA AMARRAR VOCÊ ENQUANTO DESTROEM SUA VIDA E SEU PAÍS - A BESTIALIDADE POLITICAMENTE CORRETA CHAMADA TAHARRUSH


E o mundo descobre uma nova palavra: "Taharrush".
Em 11 de fevereiro de 2011, a repórter da CBS Lara Logan foi atacada por um bando de homens no Cairo, capital do Egito, durante a cobertura da queda do governo de Hosni Mubarak. 
A foto do post mostra Lara Logan poucos instantes antes de ser arrastada pela multidão, ter suas roupas rasgadas e ser agredida e molestada sexualmente. Ela relatou que quanto mais gritava de dor, mais os agressores pareciam se divertir. A violência só acabou quando um grupo de mulheres egípcias conseguiu alertar soldados locais que dispersaram o grupo.

Em 30 de junho de 2013, durante uma manifestação também no Cairo, uma jornalista holandesa foi filmada sendo arrastada por uma multidão de homens e depois sexualmente atacada. O vídeo está circulando pela internet e foi publicado pelo site InfoWars do Alex Jones.

Depois dos incidentes em Colônia, na Alemanha, ficamos sabendo que o nome do arrastão muçulmano do estupro, que já acontece com alguma frequencia em países da África, se chama "Taharrush". E é esse tipo de bestialidade que está sendo importada para a Europa por seus líderes e formadores de opinião lobotomizados pelo multiculturalismo suicida.

Da próxima vez que uma mulher indefesa for arrastada por uma multidão de homens falando árabe em algum país europeu, você sabe agora que não é coincidência, não é acidente, não é um crime comum. É "Taharrush".

- "O que a imprensa bananeira não vai te contar sobre a crise dos refugiados e os estupros na Alemanha"
http://on.fb.me/1VW493P

- "A Europa está sendo estuprada. E não é uma metáfora."
http://on.fb.me/1PIwSGA

- "Multiculturalismo suicida na Suécia" (vídeo)
http://on.fb.me/1ZhfStN

Lara Logan raconte le taharrush 
https://youtu.be/ENv4Q91Vjz0


TOTALITARISMO ISLÂMICO, COMUNISMO, NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/BLOF2sTcls4



Na Alemanha é considerado racismo ser estuprada por muçulmanos árabes e africanos
http://midiapop.net/brasil/jeffersonulisses/na-alemanha-e-considerado-racismo-ser-estuprada-por-muculmanos-arabes-e-africanos/
*
Vítima do réveillon em Colônia é acusada de racismo
*
E VC NÃO PODE SE DEFENDER NEM COM A VERDADE. A VERDADE É CRIME PARA OS TOTALITÁRIOS!
Governos estão conluiados com terroristas e comprometidos com a destruição da cultura ocidental, meta da nova ordem mundial socialista.
Ângela Merkel, assim como Dilma, está no comando para destruir através do politicamente correto.
*
"Islamofobia" é um termo da língua-de-pau esquerdista inventado para sugerir que ter medo de assassinos e terroristas é doença mental. (Olavo de Carvalho)
"O que está se desdobrando hoje, não é uma guerra ao terrorismo para defender as liberdades, mas uma guerra contra as liberdades que requer a defesa do terrorismo."
G. Edward Griffin
*
Padre Paulo Ricardo tem um vídeo sobre marxismo cultural em que ele compara o politicamente correto à AIDS: ambos neutralizam o sistema de defesa e impedem uma reação saudável contra um mal disfarçado de outra coisa. Foi em nome de justiça social ou de algum bem que os totalitarismos comunistas dominaram algumas sociedades; e com variantes dessa mesma ISCA impõem o desarmamento, a eutanária, o aborto, a censura, a extinção do cristianismo, da educação, da meritocracia, a dissolução das soberanias nacionais e o combate à independência individual e à livre iniciativa, tudo pelo poder.
*
EFEITO NEFASTO DO POLITICAMENTE CORRETO PERMITE ESTUPROS DE BRANCAS POR MUÇULMANOS 
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/o-efeito-nefasto-do-politicamente.html
*
Taharrush‬ Gamea (Arabic Rape Game)
https://youtu.be/rrRgsBugCs8
*
Islã/ Islão/islamismo : epidemia de estupros na europa parte1 /Alemanha
https://youtu.be/raW-TJ247lo
*
Revelando o Stalinismo do modelo multiculturalista na Suécia
https://youtu.be/IRydOwBpzCU
*
O YOUTUBE IMPEDIU DE POSTAR O VÍDEO: ESTÁ BLOQUEADO NO MUNDO INTEIRO
*
Taharrush : jogo do estupro islâmico
*
 More 'Taharrush Gamea' - sex flash mobs - Cologne watch out!
https://youtu.be/eZnbvByJxVg
*
Migrants : Le " TAHARRUSH GAMEA " ou le viol des femmes dans la culture arabe / France Nation 
*
 Muslim Immigrants Attack German Woman and Her Child
https://youtu.be/Kn-RBMGDozk
*
*
VÍDEO ORIGINAL
"O dono do canal "Angry Foreigner" nos explica a epidemia de estupros na Suécia e a desastrosa política de imigração islâmica."
https://www.facebook.com/RevolucaoCoxinha/videos/958950677524984/?pnref=story
*
TOTALITARISMO ISLÂMICO, COMUNISMO, NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/BLOF2sTcls4
Sayyid Qutb um dos fundadores da fraternidade ou irmandade islãmica, dá um sentido político aos versículos do Corão.
A primeira obrigação de todo mulçumano que vive num país não  islãmico é derrubar o governo. O Islã é um estado universal. Onde quer que o Islã se instale, vc tem um Estado dentro de um Estado
.

*
Muslim Refugees Attacking Frenchman. But He Has a Surprise
https://youtu.be/lHX5jsomq_U
*
ISIS ESTA RECRUTANDO "LOBOS SOLITARIOS" JIHADISTAS NO BRASIL PARA ATAQUE ÀS OLIMPIADAS DE 2016
https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1654962621419584&id=1467589786823536&ref=notif&notif_t=notify_me_page
*
OBAMA O PATETA OU OBAMA O TRAIDOR PROMOVE O TERRORRISMO?https://youtu.be/j7gW1d1qqIE
*
AGENTES DE ISLAMIZAÇÃO
O Supremacismo Islâmico começa com a imigracão
https://youtu.be/-3j-9jv7NNA
*
A Ideologia Mais Perigosa da Atualidade https://youtu.be/nvXaTmkO7pE
*
Trump silencioso face a polémica sobre Obama e muçulmanos https://youtu.be/wfxP9ZgT2-I
*
*
OS TRES ESQUEMAS GLOBALISTAS - OLAVO DE CARVALHO http://youtu.be/NwUAm-vM9Mk
*
BARACK OBAMA ISLAMICO E A NOVA ORDEM MUNDIAL - OLAVO DE CARVALHO -
https://youtu.be/Z54JBeJhpk0
*
BARACK OBAMA DITADOR - ATENTADO EM BENGHAZI, LIBIA - OLAVO DE CARVALHO -
https://youtu.be/LBI4GR17mDo
*
O ISLÃ É UM ESTADO DENTRO DO ESTADO ONDE ELE SE INSTALA.- OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/duH0bfFJpZQ
*
CRIMINOSOS ISLÂMICOS TAMBÉM PROTEGIDOS PELO NOSSO GOVERNO QUE NÃO NOS REPRESENTA
http://youtu.be/oHZq3fa5XI8
*
ATAQUE TERRORISTA EM BENGHAZI, LÍBIA: UMA HISTÓRIA MAL CONTADA
http://youtu.be/F7aTxI2mM9Y
*
PNDH-3 - SEMELHANÇAS COM O ISLÃ
http://youtu.be/51XPhYhlQzA
*
Islamic Totalitarianism - Inheritor of Communism and Nazism https://youtu.be/AWqFxvdU6Xs
*
Olavo de Carvalho explica a ajuda esquerdista à ascensão islâmica http://youtu.be/bO3iKUPoHtg
Olavo de Carvalho explica como o esquerdismo, além de desmoralizar o ocidente, está favorecendo a ascensão da religião islâmica e suas consequências sociais em todo ocidente.
*
EXPANSÃO ISLÃMICA NA EUROPA E A ESQUERDA POLÍTICA http://youtu.be/l5uJJgS4wfc
*
Salvando o triunvirato global Olavo de Carvalho http://www.olavodecarvalho.org/semana/121125dc.html
*
*
Islamofobia? Dilma, a esquerda e a sua ajuda para o Califado mundial http://youtu.be/XlJJUp9zZ2c
*
*
Os Islamitas estão chegando...
https://youtu.be/jii4-8Ko7I8
*
*
*
A Verdade sobre a Crise Migratória
https://youtu.be/zJcmivtfyPk
*


 
TERRORISTAS MATAM COM A AJUDA DO POLITICAMENTE CORRETO https://youtu.be/L32hbRx6YpQ

Orban afirmou que ONGs que lutam pelo enfraquecimento da Europa, por meio das imigrações em massa, tem como melhor representante o investidor George Soros, grande financiador de ONGs esquerdistas, inclusive no Brasil. Leia o post “Quem financia a esquerda?“.
*
Islâmicos alemães desenvolvem germanofobia e tudo fica barato
http://lucianoayan.com/2016/01/19/islamicos-alemaes-desenvolvem-germanofobia-e-tudo-fica-barato/
*
OU SE TEM MERITOCRACIA, OU SE TEM APARELHAMENTO COMUNISTA: PARASITAS, PSICOPATAS OCUPANDO CARGOS DE COMANDO http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/ou-se-tem-meritocracia-ou-se-tem.html
*
POLITICAMENTE CORRETO É ARMA DA GUERRA CULTURAL - PADRE PAULO RICARDO
https://youtu.be/3o-3_GDQeSQ
*
*
Marxismo no Direito e a nossa insegurança
http://www.midiasemmascara.org/artigos/direito/16611-2016-07-14-16-31-55.html
*
TAHARRUSH

WIKIPEDIA:

Taharrush jama'i (Arabic: تحرش جماعي taḥarrush jamā'ī, egípcio pronúncia gamā'ī taḥarrush, lit. "assédio coletivo") é um tipo de assédio sexual e agressão sexual de mulheres por grupos de homens na rua que podem envolver estupro, espancamento e nome- telefônicos, tateando, convites sexuais [1] e roubo. O assalto geralmente acontece sob a capa protetora fornecida por grandes reuniões ou multidões, [2] [3] eventos tipicamente massa, incluindo protestos, reuniões, concertos e festivais públicos. [4]

O taharrusch termo geral e outras combinações como Taḥarrush el-ginsy [5] (árabe: تحرش جنسي assédio sexual) têm desempenhado um papel controverso no Egito desde os tumultos políticos na década de 2000. Logo no início forças de segurança egípcias foram acusados ​​de usar assédio sexual em mulheres ativistas e participantes de manifestações públicas e comícios. O comportamento então se espalhou e foi usado por multidões de jovens para assediar mulheres em espaços públicos. De acordo com Farhana Mayer, pesquisador sênior da Fundação Quilliam, departamento de teologia, Taharrush é um sintoma da ideologia misógino em que as mulheres são punidas por serem em público. [6]

Conteúdo

Terminologia e fundo no Egito

Antes de 2006 o termo El taḥarrush refere-se principalmente ao abuso sexual de menores e jovens. [7] Já durante o referendo constitucional egípcia, 2005 ativistas relataram casos de que está sendo assediado por pessoal da polícia e contratou agentes provocadores durante as manifestações e comícios. Taharrush em seguida, começou a ser utilizado como um meio político. No Eid al-Fitr férias em 2006, uma multidão de jovens assediar mulheres e meninas no interior da cidade depois de terem sido negado o acesso a um cinema local ganhou notoriedade na mídia social egípcia. Um estudo fornecida por uma ONG egípcia (e parcialmente financiado pela UE) [5] descreveu várias formas de taharrush e introduziu o termo Taḥarrush el-ginsy, assédio sexual, incluindo incidentes relacionados com grupos. [8]

Em 2008, um cineasta local, Noha Rushdie, foi a primeira mulher a ganhar um processo judicial contra um molester. [9] Os filmes têm alguma importância como um meio, uma vez que permitem representação de eventos e temas atuais, bem como para um público analfabeto em . Egito [10] Ihkî Ya Shahrazad (Les Filles du Caire, de Yusri Nasr Alá, em 2009) [10] e 678 (em árabe: فيلم 678 - feelm sitta seba 'thamaniyya) em 2010 estavam entre os primeiros a mostrar várias formas de tarrush no Egito no cinema. [11] 678 (o número de uma linha de ônibus) causou algumas controvérsias no Egito [11] [12], mas recebeu um prêmio em 2010 no Dubai International Film Festival e foi publicada em vários países (por exemplo, 2012 como Kairo 678 na Alemanha). Ele descreve três mulheres de várias origens: a primeira usa uma faca para se defender contra os ataques, o segundo está sendo assediado em um grupo na presença de seu marido, que não é capaz de ajudá-la. Seu casamento não depois. O terceiro ativa um grupo de pessoas para ajudá-la contra um único molester. Enquanto sua apresentação de um relatório para a polícia está sendo bloqueado por oficiais, ela é convidada para aparecer em um programa de TV, como ela foi a primeira mulher egípcia de apresentar um relatório para o assédio.
A revolução egípcia de 2011 viu uma obrigatoriedade do uso de assédio sexual como um meio de negar às mulheres e ativistas femininas acesso a espaços e manifestações públicas [13] e, como bem um contra-movimento maior por ONGs e organizações de mulheres. [14] [15] As estratégias contra envolvidos foram discutidos em trabalhos de pesquisa. [16] [17] Alguns incidentes relacionados com taharrush feitas notícia nacional no Egito e ganhou notoriedade nas redes sociais. Depois de 9 de março de 2011, um dia após o Dia Internacional da Mulher, alguns ativistas feministas detidas durante um comício na Praça Tahrir foram forçados a ter sua virgindade inspecionados. [5] vídeos de celular, como o sutiã azul ou Tahrir menina, (Sit al Banat em árabe ), uma pessoa desconhecida coberta em um abaya e despiu-se no Cairo se tornou viral. [5] O fenômeno veio pela primeira vez à atenção dos ocidentais mídia depois de uma instância de um taharrush egípcio jama'i ataque ganhou manchetes quando um proeminente estrangeiro fêmea, CBS repórter Lara Logan, foi agredido por centenas de homens na do Cairo Tahrir Square durante seu relato da revolução egípcia de 2011. [18]

Durante o período do Mohammed Mursi governo, os incidentes se tornaram ainda mais violento. Uma reunião de mulheres sobreviventes de tal tratamento, na véspera do segundo aniversário da revolução egípcia (em 25 de Janeiro de 2013) se reuniu no Café Riche (Talaat Harb próximo a Praça Tahrir) concluiu para começar uma iniciativa política maior. Eles ganharam o apoio de uma variedade de ONGs e partidos políticos contra o uso de assédio sexual por parte das forças policiais. Lamis El Hadidy, uma apresentadora de TV e analista político, usou o tópico em uma transmissão de TV em fevereiro de 2013. [19]: 23 A primeira tentativa de mudar a lei penal, apoiada por exemplo, Amr Hamzawy falhou. [19] O partido governante fez mulheres que participam em manifestações públicas pessoalmente responsáveis ​​por estes incidentes. [19] Em março de 2013, a Irmandade Muçulmana forneceu uma declaração contundente contra a ONU a Declaração sobre a Eliminação da Violência contra a Mulher como um perigo para as normas culturais do Egito e da sociedade. [20] [21] A participação maciça das mulheres nos comícios públicos foi uma das razões para as controvérsias. [20]
Um documento de trabalho do Instituto de Estudos de Desenvolvimento (IDS, uma instituição de caridade de pesquisa afiliado à Universidade de Sussex) descreve o fenômeno, a situação jurídica e as respostas da sociedade civil. [19] Depois de mais um incidente em 2014 foi notícia, quando pelo a University College Cairo de Direito uma mulher tinha sido assediado por um grande grupo de homens e teve de ser escoltado para a segurança pela polícia, a lei penal egípcio foi parcialmente modificada. [19] [22]

Ocorrência

IDS chama para ter um olhar mais atento sobre agressões sexuais por motivos políticos em tempos de mudanças políticas e aponta para novos estudos de investigação e de países em por exemplo, Líbia, Tunísia e Iêmen. [26]
Alguns paralelos têm sido atraídos para provocações véspera ea multidão de jovens que harrassed mulheres e casais em um ano 2000 New York Parade (ataques Puerto Rican Day Parade). [23]

Europa

Segundo o jornal Die Welt, o Bundeskriminalamt, o escritório de Crime Federal alemão mencionado Taharrush gameâ em um documento interno colocado para fora depois de uma conferência com os executivos das várias forças policiais dos Länder. [2] O artigo de jornal em 10 de janeiro foi notícia internacional. Frankfurter Allgemeine Zeitung Beirute correspondente Stephan Erhardt relatou sobre a carreira estranho do termo Taharrush gameâ: Por exemplo, a Wikipedia alemã artigo iniciado com base em que o anúncio e usou a transcrição ligeiramente errado (em alemão, Taharrusch dschame'a seria apropriado) do BKA. [ 23]

Um relatório de North Rhine-Westphalia Ministério da Justiça à apreciação do comité parlamentar do Interior descreveu "gameâ taharrush" como o termo árabe para um modus operandi que ele descreveu como uma forma de grupo assédio sexual que ocorre em multidões. [23] Ele comparou bem véspera 2015 de Ano Novo Colônia incidente a incidentes que ocorreram na Praça Tahrir, no Cairo, durante a revolução egípcia de 2011. [24] Relatórios do North Rhine-Westphalia interior ministério e do alemão de Polícia Criminal Federal atribuiu a véspera de Ano Novo sexual assaltos na Alemanha. para a prática [2] [24] Os autores foram disse ter sido "quase exclusivamente" de "Africano do Norte e árabe oriundos da imigração recém-chegados". [2] No entanto, existem algumas diferenças importantes - o principal motor por trás o (grupo relacionado) phenomen no Egito ter sido interesses políticos e até mesmo os próprios governos, que não era o caso em Colónia. [23]

Autoridades migratórias finlandês informou a polícia Helsínquia e fez-los cientes das tentativas Taharrush planejadas antes do Ano Novo de 2015. [25] semelhantes à Colônia, uma grande multidão de (cerca de 20.000) pessoas, incluindo cerca de 1.000 refugiados se reuniram em torno da estação de Helsínquia Central e do Senado praça em Helsínquia. A polícia estava presente com uma força enorme e organizado por uma dúzia de detenções preliminares em asilos de refugiados. Em comparação com Colônia, todo o evento correu bastante pacífica e sem incidentes maiores, mais uma dúzia de homens foi preso durante a noite, mas foram libertados no dia seguinte. [26]

De acordo com o autor russo e comentarista Yulia Latynina, "Taharrush é um novo fenômeno social quando os visitantes da Europa cometer violência contra as mulheres europeias em lugares lotados". [27] 
***


Quando o professor Olavo de Carvalho dizia, novamente, há dez anos ou mais, que existia um plano a longo prazo e muito bem arquitetado para a tomada tanto moral quanto biológica da Europa por parte dos Islâmicos, riram dele; para variar, o mesmo de sempre: Chamaram-no de maluco, conspiracionista e todo tipo de coisa. 
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/08/invasao-islamica.html

GOVERNO ALEMÃO ESTÁ CONIVENTE? Assim como Dilma aqui, Angela Merkel está lá para destruir? Sim, pra mim estão em seus cargos para demolir as soberanias, os direitos dos indivíduos, até mesmo a noção de independência. Estes ataques coletivos são terrorismo, são atos de guerra contra o ocidente: contra as mulheres, contra o indivíduo, contra os povos não islâmicos. A Europa está sendo traída por dentro, seus próprios governantes são aliados dos seus inimigos totalitários.
*
"Graças ao seu conhecimento psicológico específico e à sua convicção de que as pessoas normais são ingênuas, uma patocracia é capaz de aprimorar as suas técnicas "anti-psicoterapêuticas" e, patologicamente egotística como de costume, insinuar seu mundo de conceitos deficientes para os outros em outros países, tornando-os suscetíveis à conquista e à dominação. Os métodos mais freqüentemente utilizados incluem os métodos paralógicos e conversivos, tais como a projeção das qualidades e intenção de uma pessoa sobre as outras, sobre grupos sociais ou nações, a indignação paramoral e o bloqueio reverso. Esse último método é o favorito dos patocratas, utilizado em larga escala, direcionando as mentes das pessoas medianas para um beco sem saída porque, como resultado, faz com que elas busquem pela verdade no meio termo entre a realidade e o seu oposto." (PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER)