CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

terça-feira, 30 de abril de 2019

CLICK TIME - Venezuela e a guerra civil

TRUMP EXIGE QUE CUBA SAIA DA VENEZUELA - TERÇA LIVRE

OLAVO DE CARVALHO - As camadas da personalidade #0.19

Josef Stalin - Dez Vezes Pior que Hitler - Tirano Sanguinário e Psicopata...

URGENTE: Guerra civil na VENEZUELA | Por Renan Santos

.

TERÇA LIVRE
.

LEANDRO RUSCHEL

*

"O extremo horror acontece na Venezuela: população se manifestando de forma legítima sendo atacada e massacrada pelo próprio governo. Governo este que PT de Lula defende com unhas e dentes." Alceu Moreira
https://www.oantagonista.com/brasil/governo-este-que-pt-de-lula-defende-com-unhas-e-dentes/

Bolsonaro reafirma apoio a Juan Guaidó na Venezuela
“O Brasil se solidariza com o sofrido povo venezuelano escravizado por um ditador apoiado pelo PT, PSOL e alinhados ideológicos. Apoiamos a liberdade desta nação irmã para que finalmente vivam uma verdadeira democracia."
https://conexaopolitica.com.br/mundo/bolsonaro-reafirma-apoio-a-juan-guaido-na-venezuela/

Urgente: Governo destina 224 milhões para operação de apoio a venezuelanos
https://www.oantagonista.com/brasil/urgente-governo-destina-224-milhoes-para-operacao-de-apoio-a-venezuelanos/

O petista Paulo Pimenta disse que o que está ocorrendo na Venezuela é um "golpe".
https://www.oantagonista.com/sem-categoria/pimenta-chavista-nos-olhos-dos-outros/


O Antagonista está apoiando a idéia da presidência "autodeclarada": 
Um dos possíveis desdobramentos da nova ação de Juan Guaidó hoje seria sua prisão pela polícia política de Nicolas Maduro.Para observadores militares, isso forçaria um posicionamento mais firme por parte dos 50 países que apoiam a autodeclarada presidência de Guaidó – do Brasil, inclusive.
https://www.oantagonista.com/mundo/o-que-pode-acontecer-na-venezuela/

A Rússia diz que a oposição desarmada, oprimida e massacrada está usando métodos violentos
https://www.oantagonista.com/mundo/russia-diz-que-oposicao-usa-metodos-violentos/
Esta é a linguagem comunocínica.

Gleisi diz que é preciso dialogar com o psicopata Maduro 
https://www.oantagonista.com/brasil/gleisi-diz-que-e-preciso-buscar-o-caminho-do-dialogo-na-venezuela/

"Aqui chegamos à raiz do problema: ninguém jamais deve fazer acordos com funcionários de regimes totalitários, gângsteres ou criminosos, pois pessoas dessa estirpe não representam um Estado legítimo. Tornar-se parceiro dessa gente só faz você um cúmplice no encobrimento do crime, o que compromete sua integridade e pode acarretar sua destruição espiritual, no pior sentido possível. No entanto, os líderes dos atuais governos legítimos parecem estar sempre dispostos a fazer "parcerias" com criminosos totalitários. Ao mesmo tempo, aqueles que já tiveram sua reputação comprometida por causa de suas relações com líderes comunistas ou pós-comunistas se veem obrigados a atacar os homens que estão numa posição moral superior, isto é, aqueles que dizem a verdade a respeito do totalitarismo."   (Jeffrey Nyquist - "O Tolo e seu Inimigo")  


.


*

Foi o psicopata Nikita Khrushchev quem planejou o Holodomor, genocídio que matou 7 milhões de ucranianos pela fome. Não encontrei essa informação na Internet, mas está no livro de Skousen, "O COMUNISTA EXPOSTO":

"Khrushchev logo ganhou o favor de Stálin juntando-se a uma unidade para purgar a máquina partidária local dos inimigos de Stálin. Mais de 500 homens e mulheres foram entregues à polícia secreta para execução. Mais tarde, Stálin disse que, embora julgasse Khrushchev repulsivo, ficou impressionado com a capacidade do ucranianos para matar ou entregar velhos amigos quando a polícia do Partido o exigia. Por isso, Stálin atribuiu a Khrushchev a tarefa de voltar à Ucrânia e forçar seu próprio povo a viver sob o açoite da supressão comunista total. Os líderes vermelhos estavam usando execuções por atacado para sufocar a resistência. Khrushchev sugeriu um método melhor: usaria a fome em massa!"
Khrushchev foi enviado de volta à Ucrânia como ditador em 1938. Mais uma vez, houve uma vasta purga. Reagiu-se com tal violência a essa nova barbárie que, quando a Segunda Guerra Mundial irrompeu e os nazistas invadiram a Ucrânia, foram recebidos como libertadores, algo que Khrushchev nunca perdoou. Antes de fugir para Moscou, derramou sua vingança sobre o povo. Os relatórios oficiais mostram que, quando os nazistas chegaram, encontraram numerosas valas comuns com milhares de corpos. 
Depois que os alemães se foram, Khrushchev retornou mais uma vez à Ucrânia. Houve deportações em massa, igrejas foram liquidadas, líderes populares executados, e a NKVD caiu sobre a população com uma ferocidade terrível, com a intenção de aterrorizar e eliminar qualquer resistência. Khrushchev ficou conhecido como o "Carrasco da Ucrânia". 
W. C. Skousen

*
Da Internet:
"Latino Max - Será que não sabem que Rússia sempre foi o carrasco da Ucrânia? Acaso nunca escutaram falar sobre Holodomor, Holocausto Ucraniano? Holodomor, 7 milhões de Ucranianos assassinados pela Rússia em apenas um ano, 1932-1933! Morreram sobre o jugo da ideologia comunista, a mesma ideologia que agora mata de fome a milhares de Venezuelanos. Será que isso não é o suficiente para entender que a Rússia não é um país sério? O povo ucraniano sofre sob as mãos da Rússia desde a época de Lênin e Stalin!
Bem, vou deixar links de documentários sobre Holodomor: -https://m.youtube.com/watch?v=AsGBKNWhNYg -https://m.youtube.com/watch?v=2sCmPVMp51s&t=37s -https://m.youtube.com/watch?v=_R2bq4NQhzE -https://m.youtube.com/watch?v=n_7MOf9pokM



A GRANDE FOME DE MAO 
https://conspiratio3.blogspot.com/2016/10/a-grande-fome-de-mao.html

*
Parace óbvio, mas a ficha não cai para os brasileiros: o comunismo é um câncer em metástase que deve ser combatido para não se espalhar para o mundo todo. Esta é sua natureza, sua intenção e sua atividade incessante DESDE SEMPRE. O livro de Skousen, O COMUNISTA EXPOSTO, lançado em 1958, tem vários episódios desta expansão comunista (China, Coréia, Cuba, etc.) com o mesmo modus operandi de: traidores, ignorância, mentiras, golpes baixos numa guerra assimétrica em que moralidade, tratados e leis servem apenas para amarrar um lado. 

É um erro respeitar o comunismo, um sistema de dominação que não respeita nada, diz W. Cleon Skousen em "O Comunista Exposto":



"Fomos induzidos a aceitar a idéia de que o comunismo é uma expressão legítima de ação política. A verdade é que o comunismo é uma quadrilha criminosa. É um erro tratar o comunismo como partido político. Grupos políticos resolvem seus problemas entrando em negociações, participando de conferências e trabalhando suas diferenças com compromissos de boa-fé que todos os partidos devem cumprir. Isso nunca funcionou com os comunistas, pois eles usam de engano, desprezo pelas leis, violação de tratados, intimidação, subversão e insurreição aberta como ferramentas básicas de conquista. É isso o que torna o comunismo uma conspiração criminosa.
Quando percebemos que o comunismo é uma operação criminosa, muitos novos caminhos de ação se abrem diante de nós. Por exemplo, um problema criminal não é tratado por negociação e compromisso, mas seguindo quatro etapas:
1. Imobilize o criminoso.

2. Torne-o inofensivo.
3. Ganhe sua confiança.
4. Reabilite-o.
Skousen, O COMUNISTA EXPOSTO
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/02/livro-do-comunismo-vladimir-tismaneanu.html

*

O sonho comunista de contaminar o mundo com a própria doença, mencionado por Cyril E. Black no livro Anatomia da Subversão: 

"Em 1958, por exemplo, eu tive ocasião de perguntar a Khrushchev acerca das possíveis formas de governo, economia, idiomas e organização em geral, quando os princípios marxistas de sociedade como a que imperava na URSS fossem adotados no resto do mundo. Ele nem por um momento negou a presunção que estava por baixo desta pergunta  realmente explosiva - o sucesso da revolução mundial - e respondeu que ainda era cedo para se dizer como seria um Estado comunista mundial. Quando se chegar a esse ponto, disse ele, seriam encontrados os meios e formas adequados. Ele considerava o Estado mundial ainda no mundo da fantasia e dizia que ainda era impossível dizer como seriam os arranjos de organização em detalhes. Afirmou que os princípios gerais já estavam delineados em Marx, Engels e Lenin."

Cyril E. Black encontrou-se com o psicopata Khrushchev em 1958, quando membro de uma delegação para observar as eleições na URSS. 

PERCIVAL PUGGINA - A ARMADILHA COMUNISTA E O GENOCÍDIO VENEZUELANO - CONTROLE PELA FOME

.


*

Foi o psicopata Nikita Khrushchev quem planejou o Holodomor, genocídio de 7 milhões de ucranianos pela fome. Não encontrei essa informação na Internet, mas está no livro de Skousen, "O COMUNISTA EXPOSTO":

"Khrushchev logo ganhou o favor de Stálin juntando-se a uma unidade para purgar a máquina partidária local dos inimigos de Stálin. Mais de 500 homens e mulheres foram entregues à polícia secreta para execução. Mais tarde, Stálin disse que, embora julgasse Khrushchev repulsivo, ficou impressionado com a capacidade do ucranianos para matar ou entregar velhos amigos quando a polícia do Partido o exigia. Por isso, Stálin atribuiu a Khrushchev a tarefa de voltar à Ucrânia e forçar seu próprio povo a viver sob o açoite da supressão comunista total. Os líderes vermelhos estavam usando execuções por atacado para sufocar a resistência. Khrushchev sugeriu um método melhor: usaria a fome em massa!"
Khrushchev foi enviado de volta à Ucrânia como ditador em 1938. Mais uma vez, houve uma vasta purga. Reagiu-se com tal violência a essa nova barbárie que, quando a Segunda Guerra Mundial irrompeu e os nazistas invadiram a Ucrânia, foram recebidos como libertadores, algo que Khrushchev nunca perdoou. Antes de fugir para Moscou, derramou sua vingança sobre o povo. Os relatórios oficiais mostram que, quando os nazistas chegaram, encontraram numerosas valas comuns com milhares de corpos. 
Depois que os alemães se foram, Khrushchev retornou mais uma vez à Ucrânia. Houve deportações em massa, igrejas foram liquidadas, líderes populares executados, e a NKVD caiu sobre a população com uma ferocidade terrível, com a intenção de aterrorizar e eliminar qualquer resistência. Khrushchev ficou conhecido como o "Carrasco da Ucrânia". 
W. C. Skousen

*
Da Internet:
"Latino Max - Será que não sabem que Rússia sempre foi o carrasco da Ucrânia? Acaso nunca escutaram falar sobre Holodomor, Holocausto Ucraniano? Holodomor, 7 milhões de Ucranianos assassinados pela Rússia em apenas um ano, 1932-1933! Morreram sobre o jugo da ideologia comunista, a mesma ideologia que agora mata de fome a milhares de Venezuelanos. Será que isso não é o suficiente para entender que a Rússia não é um país sério? O povo ucraniano sofre sob as mãos da Rússia desde a época de Lênin e Stalin!
Bem, vou deixar links de documentários sobre Holodomor: -https://m.youtube.com/watch?v=AsGBKNWhNYg -https://m.youtube.com/watch?v=2sCmPVMp51s&t=37s -https://m.youtube.com/watch?v=_R2bq4NQhzE -https://m.youtube.com/watch?v=n_7MOf9pokM

*
"Khrushchev apresentou formalmente a estratégia soviética. Os chineses eram bons, mas os serviços de inteligência do Bloco Soviético “tinham uma organização muito superior e deveriam se mover o mais rápido possível para usar drogas e narcóticos, tanto para aleijar a sociedade capitalista como para financiar mais atividades revolucionárias”.

(Cocaína Vermelha - A Narcotização da América
Joseph Douglass)
A GRANDE FOME DE MAO 
https://conspiratio3.blogspot.com/2016/10/a-grande-fome-de-mao.html

*
Parace óbvio, mas a ficha não cai para os brasileiros: o comunismo é um câncer em metástase que deve ser combatido para não se espalhar para o mundo todo. Esta é sua natureza, sua intenção e sua atividade incessante DESDE SEMPRE. O livro de Skousen, O COMUNISTA EXPOSTO, lançado em 1958, tem vários episódios desta expansão comunista (China, Coréia, Cuba, etc.) com o mesmo modus operandi de: traidores, ignorância, mentiras, golpes baixos numa guerra assimétrica em que moralidade, tratados e leis servem apenas para amarrar um lado. 
É um erro respeitar o comunismo, um sistema de dominação que não respeita nada, diz W. Cleon Skousen em "O Comunista Exposto":


"Fomos induzidos a aceitar a idéia de que o comunismo é uma expressão legítima de ação política. A verdade é que o comunismo é uma quadrilha criminosa. É um erro tratar o comunismo como partido político. Grupos políticos resolvem seus problemas entrando em negociações, participando de conferências e trabalhando suas diferenças com compromissos de boa-fé que todos os partidos devem cumprir. Isso nunca funcionou com os comunistas, pois eles usam de engano, desprezo pelas leis, violação de tratados, intimidação, subversão e insurreição aberta como ferramentas básicas de conquista. É isso o que torna o comunismo uma conspiração criminosa.
Quando percebemos que o comunismo é uma operação criminosa, muitos novos caminhos de ação se abrem diante de nós. Por exemplo, um problema criminal não é tratado por negociação e compromisso, mas seguindo quatro etapas:
1. Imobilize o criminoso.

2. Torne-o inofensivo.
3. Ganhe sua confiança.
4. Reabilite-o.
Skousen, O COMUNISTA EXPOSTO
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/02/livro-do-comunismo-vladimir-tismaneanu.html 

PERCIVAL PUGGINA - QUANDO IGNORÂNCIA E MENTIRA VIRAM MATÉRIA ESCOLAR PARA MANIPULAR O POVO BRASILEIRO

DANIEL LOPEZ - BOLSONARO FAZ IMPÉRIO MAIS PODEROSO DA DOUTRINAÇÃO NO BRASIL COMEÇAR A CAIR - E MAIS NOTÍCIAS QUE A IMPRENSA MILITANTE ESCONDE

JUAN GUAIDÓ INICIA AÇÃO CONTRA MADURO - TERÇA LIVRE - GUAIDÓ É PRESIDENTE INTERINO, E NÃO AUTOPROCLAMADO

.

*

"O extremo horror acontece na Venezuela: população se manifestando de forma legítima sendo atacada e massacrada pelo próprio governo. Governo este que PT de Lula defende com unhas e dentes." Alceu Moreira
https://www.oantagonista.com/brasil/governo-este-que-pt-de-lula-defende-com-unhas-e-dentes/

Bolsonaro reafirma apoio a Juan Guaidó na Venezuela
“O Brasil se solidariza com o sofrido povo venezuelano escravizado por um ditador apoiado pelo PT, PSOL e alinhados ideológicos. Apoiamos a liberdade desta nação irmã para que finalmente vivam uma verdadeira democracia."
https://conexaopolitica.com.br/mundo/bolsonaro-reafirma-apoio-a-juan-guaido-na-venezuela/

Urgente: Governo destina 224 milhões para operação de apoio a venezuelanos
https://www.oantagonista.com/brasil/urgente-governo-destina-224-milhoes-para-operacao-de-apoio-a-venezuelanos/

O petista Paulo Pimenta disse que o que está ocorrendo na Venezuela é um "golpe".
https://www.oantagonista.com/sem-categoria/pimenta-chavista-nos-olhos-dos-outros/

Empresário venezuelano diz a Bolsonaro que queda de Maduro é ‘irreversível’
https://www.oantagonista.com/mundo/empresario-venezuelano-diz-a-bolsonaro-que-queda-de-maduro-e-irreversivel/

O Antagonista está apoiando a idéia da presidência "autodeclarada": 
Um dos possíveis desdobramentos da nova ação de Juan Guaidó hoje seria sua prisão pela polícia política de Nicolas Maduro.Para observadores militares, isso forçaria um posicionamento mais firme por parte dos 50 países que apoiam a autodeclarada presidência de Guaidó – do Brasil, inclusive.
https://www.oantagonista.com/mundo/o-que-pode-acontecer-na-venezuela/

A Rússia diz que a oposição desarmada, oprimida e massacrada está usando métodos violentos
https://www.oantagonista.com/mundo/russia-diz-que-oposicao-usa-metodos-violentos/
Esta é a linguagem comunocínica.

Gleisi diz que é preciso dialogar com o psicopata Maduro 
https://www.oantagonista.com/brasil/gleisi-diz-que-e-preciso-buscar-o-caminho-do-dialogo-na-venezuela/

"Aqui chegamos à raiz do problema: ninguém jamais deve fazer acordos com funcionários de regimes totalitários, gângsteres ou criminosos, pois pessoas dessa estirpe não representam um Estado legítimo. Tornar-se parceiro dessa gente só faz você um cúmplice no encobrimento do crime, o que compromete sua integridade e pode acarretar sua destruição espiritual, no pior sentido possível. No entanto, os líderes dos atuais governos legítimos parecem estar sempre dispostos a fazer "parcerias" com criminosos totalitários. Ao mesmo tempo, aqueles que já tiveram sua reputação comprometida por causa de suas relações com líderes comunistas ou pós-comunistas se veem obrigados a atacar os homens que estão numa posição moral superior, isto é, aqueles que dizem a verdade a respeito do totalitarismo."   (Jeffrey Nyquist - "O Tolo e seu Inimigo")
  


.


*

Foi o psicopata Nikita Khrushchov quem planejou o Holodomor, o genocidio que matou 7 milhões de ucranianos, pela fome. Não encontrei essa informação na Internet, mas está no livro de Skousen, "O COMUNISTA EXPOSTO".

*
A GRANDE FOME DE MAO 
https://conspiratio3.blogspot.com/2016/10/a-grande-fome-de-mao.html

*
Parace óbvio, mas a ficha não cai para os brasileiros: o comunismo é um câncer em metástase que deve ser combatido para não se espalhar para o mundo todo. Esta é sua natureza, sua intenção e sua atividade incessante DESDE SEMPRE. O livro de Skousen, O COMUNISTA EXPOSTO, lançado em 1958, tem vários episódios desta expansão comunista (China, Coréia, Cuba, etc.) com o mesmo modus operandi de: traidores, ignorância, mentiras, golpes baixos numa guerra assimétrica em que moralidade, tratados e leis servem apenas para amarrar um lado. 

É um erro respeitar o comunismo, um sistema de dominação que não respeita nada, diz W. Cleon Skousen em "O Comunista Exposto":


"Fomos induzidos a aceitar a idéia de que o comunismo é uma expressão legítima de ação política. A verdade é que o comunismo é uma quadrilha criminosa. É um erro tratar o comunismo como partido político. Grupos políticos resolvem seus problemas entrando em negociações, participando de conferências e trabalhando suas diferenças com compromissos de boa-fé que todos os partidos devem cumprir. Isso nunca funcionou com os comunistas, pois eles usam de engano, desprezo pelas leis, violação de tratados, intimidação, subversão e insurreição aberta como ferramentas básicas de conquista. É isso o que torna o comunismo uma conspiração criminosa.
Quando percebemos que o comunismo é uma operação criminosa, muitos novos caminhos de ação se abrem diante de nós. Por exemplo, um problema criminal não é tratado por negociação e compromisso, mas seguindo quatro etapas:
1. Imobilize o criminoso.

2. Torne-o inofensivo.
3. Ganhe sua confiança.
4. Reabilite-o.
Skousen, O COMUNISTA EXPOSTO
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/02/livro-do-comunismo-vladimir-tismaneanu.html


segunda-feira, 29 de abril de 2019

ELEIÇÕES ESPANHOLAS E O AVANÇO DA DIREITA - TERÇA LIVRE

PROPRIEDADE PRIVADA É SAGRADA - Bolsonaro quebra o MST com defesa da propriedade privada / Impostos para igrejas?

.


*

GUERRA DIGITAL ASSIMÉTRICA
Vcs já assistiram a entrevista do Lula? Eu não me dei ao trabalho. Comunismo é mentirismo, então a gente tem o trabalho de ir e depois o de voltar e não tenho energia pra isso. Mas me ocorreu uma coisa. O Google já confessou que é político, e a cada vez que entro no Youtube, essa "entrevista" é a primeira opção que me apresentam e está com mais de 1 milhão de views. Bom, se o youtube nos sacaneia de todas as formas, porque ele não pode favorecer a esquerda alterando algorítmos, falseando o número de views, likes, etc? É a mesma coisa que ele faz com meu canal, só que ao contrário. Depois a esquerda reclama de robots e artifícios que os bolsonarista estariam utilizando. Ela vive de falsear números.

O ESQUERDISMO SOBREVIVE DA OCULTAÇÃO DE EVIDÊNCIAS
No embate político entre esquerda e direita, uma questão se expõe evidente: a esquerda nunca teve a realidade factual a seu lado, tendo ela sempre precisado recorrer a toda sorte de embustes para provar o contrário do que estava evidente à luz clara da razão. A cosmovisão da esquerda é como a feminilidade de um travesti. Um travesti precisa se valer de substâncias que bloqueiem a produção dos hormônios masculinos, se a injeção dessas substâncias for descontinuada, naturalmente as características sexuais masculinas voltam a aparecer. Assim também é a cosmovisão da esquerda. Para manter a população favorável à agenda da esquerda, a elite política esquerdista precisa bloquear o acesso à informação, aos dados factuais. Não é à toa que em todos os países nos quais a esquerda governa, os meios de comunicação são controlados pelo governo para que as pessoas possam entrar em contato apenas com o que interessa ao regime. Repetindo: não basta apenas ter a supremacia da produção de narrativas, é preciso controlá-la completamente, estabelecer uma hegemonia absoluta, não permitir nenhum acesso a nenhum contraponto, alcançar a completa supressão do dissenso.


SANDRO ROCHA - A MAIOR CONSPIRAÇÃO DA ESQUERDA ESTÁ ACONTECENDO DEBAIXO DE NOSSOS OLHOS...

MARIANA GODOY ENTREVISTA EDUARDO BOLSONARO - 26/04/19

.

Projeto “Made in China 2025” continua em ritmo acelerado
Plano da China de eliminar seus concorrentes tecnológicos é uma questão política, independentemente dos esforços de relações públicas dos líderes chineses para acabar com os temores ocidentais 
https://www.epochtimes.com.br/projeto-made-china-2025-continua-ritmo-acelerado/

A MÍDIA NÃO MOSTROU, MAS BOLSONARO QUEBROU O MONOPÓLIO MAIS PODEROSO DO BRASIL - DANIEL LOPEZ

.


*
GUERRA DIGITAL ASSIMÉTRICA
Vcs já assistiram a entrevista do Lula? Eu não me dei ao trabalho. Comunismo é mentirismo, então a gente tem o trabalho de ir e depois o de voltar e não tenho energia pra isso. Mas me ocorreu uma coisa. O Google já confessou que é político, e a cada vez que entro no Youtube, essa "entrevista" é a primeira opção que me apresentam e está com mais de 1 milhão de views. Bom, se o youtube nos sacaneia de todas as formas, porque ele não pode favorecer a esquerda alterando logaritmos, falseando o número de views, likes, etc? É a mesma coisa que ele faz com meu canal, só que ao contrário. Depois a esquerda reclama de robots e artifícios que os bolsonarista estariam utilizando. Ela vive de falsear números.

O ESQUERDISMO SOBREVIVE DA OCULTAÇÃO DE EVIDÊNCIAS
No embate político entre esquerda e direita, uma questão se expõe evidente: a esquerda nunca teve a realidade factual a seu lado, tendo ela sempre precisado recorrer a toda sorte de embustes para provar o contrário do que estava evidente à luz clara da razão. A cosmovisão da esquerda é como a feminilidade de um travesti. Um travesti precisa se valer de substâncias que bloqueiem a produção dos hormônios masculinos, se a injeção dessas substâncias for descontinuada, naturalmente as características sexuais masculinas voltam a aparecer. Assim também é a cosmovisão da esquerda. Para manter a população favorável à agenda da esquerda, a elite política esquerdista precisa bloquear o acesso à informação, aos dados factuais. Não é à toa que em todos os países nos quais a esquerda governa, os meios de comunicação são controlados pelo governo para que as pessoas possam entrar em contato apenas com o que interessa ao regime. Repetindo: não basta apenas ter a supremacia da produção de narrativas, é preciso controlá-la completamente, estabelecer uma hegemonia absoluta, não permitir nenhum acesso a nenhum contraponto, alcançar a completa supressão do dissenso.


ALLAN RECEBE MAIS UMA AMEAÇA - A IMPRENSA É PARTE DA ORCRIM?

.


*

AVIÃO DE EDUARDO CAMPOS FOI SABOTADO? - LISTA DE "ACIDENTES" E ATENTADOS
https://conspiratio3.blogspot.com/2018/04/aviao-de-eduardo-campos-foi-sabotado.html

*
Vcs já assistiram a entrevista do Lula? Eu não me dei ao trabalho. Comunismo é mentirismo, então a gente tem o trabalho de ir e depois o de voltar e não tenho energia pra isso. Mas me ocorreu uma coisa. O Google já confessou que é político, e a cada vez que entro no Youtube, essa "entrevista" é a primeira opção que me apresentam e está com mais de 1 milhão de views. Bom, se o youtube nos sacaneia de todas as formas, porque ele não pode favorecer a esquerda alterando algoritmos, falseando o número de views, likes, etc? É a mesma coisa que ele faz com meu canal, só que ao contrário. Depois a esquerda reclama de robots e artifícios que os bolsonarista estariam utilizando. Ela vive de falsear números.

O ESQUERDISMO SOBREVIVE DA OCULTAÇÃO DE EVIDÊNCIAS
No embate político entre esquerda e direita, uma questão se expõe evidente: a esquerda nunca teve a realidade factual a seu lado, tendo ela sempre precisado recorrer a toda sorte de embustes para provar o contrário do que estava evidente à luz clara da razão. A cosmovisão da esquerda é como a feminilidade de um travesti. Um travesti precisa se valer de substâncias que bloqueiem a produção dos hormônios masculinos, se a injeção dessas substâncias for descontinuada, naturalmente as características sexuais masculinas voltam a aparecer. Assim também é a cosmovisão da esquerda. Para manter a população favorável à agenda da esquerda, a elite política esquerdista precisa bloquear o acesso à informação, aos dados factuais. Não é à toa que em todos os países nos quais a esquerda governa, os meios de comunicação são controlados pelo governo para que as pessoas possam entrar em contato apenas com o que interessa ao regime. Repetindo: não basta apenas ter a supremacia da produção de narrativas, é preciso controlá-la completamente, estabelecer uma hegemonia absoluta, não permitir nenhum acesso a nenhum contraponto, alcançar a completa supressão do dissenso.


domingo, 28 de abril de 2019

Dicas de um medico na relação com um psicopata

.

20 características do PSICOPATA - Você conhece um

TRADUTORES DE DIREITA - Algo horrível está acontecendo com os homens

DIREITA X ESQUERDA NA UNIVERSIDADE - RODRIGO JUNGMANN - CURSOS DE HUMANAS




*

Universidade, campus avançado da ideologia.
https://otambosi.blogspot.com/2019/04/universidade-campus-avancado-da.html


*
O fim das faculdades de sociologia e filosofia? - por paula marisa
https://criticanacional.com.br/2019/04/29/o-fim-das-faculdades-de-sociologia-e-filosofia/

PAULA MARISA - COISAS QUE NÃO DEVEM SER DITAS NO YOUTUBE - Vídeo censurado pela plataforma

.


*

Vcs já assistiram a entrevista do Lula? Eu não me dei ao trabalho. Comunismo é mentirismo, então a gente tem o trabalho de ir e depois o de voltar e não tenho energia pra isso. Mas me ocorreu uma coisa. O Google já confessou que é político, e a cada vez que entro no Youtube, essa "entrevista" é a primeira opção que me apresentam e está com mais de 1 milhão de views. Bom, se o youtube nos sacaneia de todas as formas, porque ele não pode favorecer a esquerda alterandoalgoritmos, falseando o número de views, likes, etc? É a mesma coisa que ele faz com meu canal, só que ao contrário. Depois a esquerda reclama de robots e artifícios que os bolsonarista estariam utilizando. Ela vive de falsear números.

O ESQUERDISMO SOBREVIVE DA OCULTAÇÃO DE EVIDÊNCIAS
No embate político entre esquerda e direita, uma questão se expõe evidente: a esquerda nunca teve a realidade factual a seu lado, tendo ela sempre precisado recorrer a toda sorte de embustes para provar o contrário do que estava evidente à luz clara da razão. A cosmovisão da esquerda é como a feminilidade de um travesti. Um travesti precisa se valer de substâncias que bloqueiem a produção dos hormônios masculinos, se a injeção dessas substâncias for descontinuada, naturalmente as características sexuais masculinas voltam a aparecer. Assim também é a cosmovisão da esquerda. Para manter a população favorável à agenda da esquerda, a elite política esquerdista precisa bloquear o acesso à informação, aos dados factuais. Não é à toa que em todos os países nos quais a esquerda governa, os meios de comunicação são controlados pelo governo para que as pessoas possam entrar em contato apenas com o que interessa ao regime. Repetindo: não basta apenas ter a supremacia da produção de narrativas, é preciso controlá-la completamente, estabelecer uma hegemonia absoluta, não permitir nenhum acesso a nenhum contraponto, alcançar a completa supressão do dissenso.


O CRIME DE HILLARY EM BENGHAZI - DANIEL LOPEZ

Entrevista do Lula - Denúncia do Arthur (mamãe falei) Bruno e Camila ao ...

BERNARDO KUSTER - Seu terraplanista homofóbico!

O MAMAEFALEI PRECISA DA SUA AJUDA! | Por Renan Santos

MORANDO NO CANADÁ

.

Faltou falar da política e das perpectivas sociais com o avanço do controle globalista. 

LUIZ PHILIPPE - Acordo Base de Alcântara

BARROSO, Ministro do STF, solta o verbo

Manifesto Publico - LAVA TOGA JA

DANIEL LOPEZ - FONTE DO PLANALTO FAZ REVELAÇÃO BOMBÁSTICA DA TENSÃO BOLSONARO X MOURÃO - TRAIDORES - GOLPE

.


NÊUMANNE - Cambalacho pró Lula em STJ e STF

.


*
2011 - LULA EM SEU SÍTIO EM ATIBAIA


O ESTADO DE SÃO PAULO EM CACHE:
Lula está com a família em seu sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, onde descansa. Na semana passada, ele teve um breve encontro com a presidente Dilma Rousseff, em São Paulo.
https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:kU6nYjT1cv0J:https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lula-comecara-sessoes-de-radioterapia-dia-4-de-janeiro,816544+&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br
 NA MÁQUINA DO TEMPO:
Lula está com a família em seu sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, onde descansa. Na semana passada, ele teve um breve encontro com a presidente Dilma Rousseff, em São Paulo.
https://web.archive.org/web/20190127055837/https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lula-comecara-sessoes-de-radioterapia-dia-4-de-janeiro,816544

ORIGINAL:
https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lula-comecara-sessoes-de-radioterapia-dia-4-de-janeiro,816544

*
A FOLHA DE SÃO PAULO
"O ex-presidente estará em férias com a família em sua casa de veraneio no município de Atibaia, no interior de São Paulo, e de acordo com informações fornecidas por amigos, as sequelas da quimioterapia foram mínimas." 
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2011/12/1027921-lula-iniciara-tratamento-de-radioterapia-na-semana-que-vem.shtml


ESCÂNDALOS DO PT
.



sábado, 27 de abril de 2019

2011 - LULA EM SEU SÍTIO EM ATIBAIA



O ESTADO DE SÃO PAULO EM CACHE:
Lula está com a família em seu sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, onde descansa. Na semana passada, ele teve um breve encontro com a presidente Dilma Rousseff, em São Paulo.
https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:kU6nYjT1cv0J:https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lula-comecara-sessoes-de-radioterapia-dia-4-de-janeiro,816544+&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br
 NA MÁQUINA DO TEMPO:
Lula está com a família em seu sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, onde descansa. Na semana passada, ele teve um breve encontro com a presidente Dilma Rousseff, em São Paulo.
https://web.archive.org/web/20190127055837/https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lula-comecara-sessoes-de-radioterapia-dia-4-de-janeiro,816544

ORIGINAL:
https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,lula-comecara-sessoes-de-radioterapia-dia-4-de-janeiro,816544

*
A FOLHA DE SÃO PAULO
"O ex-presidente estará em férias com a família em sua casa de veraneio no município de Atibaia, no interior de São Paulo, e de acordo com informações fornecidas por amigos, as sequelas da quimioterapia foram mínimas." 
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2011/12/1027921-lula-iniciara-tratamento-de-radioterapia-na-semana-que-vem.shtml


ESCÂNDALOS DO PT
.



O ATAQUE DE MOSCOU AO VATICANO - ION MIHAI PACEPA

O site Mídia Sem Máscara está indisponível há bastante tempo, por isso estou repostando alguns dos seus artigos aqui. Para recuperá-los utilizo a máquina do tempo da web: https://web.archive.org
 


O ATAQUE DE MOSCOU AO VATICANO


Escrito por Ion Mihai Pacepa
16 Janeiro 2015 
Artigos - Desinformação

Corromper a Igreja é uma das prioridades da KGB.

A União Soviética jamais se sentiu à vontade tendo que conviver com o Vaticano neste mundo. Descobertas recentes provam que o Kremlin estava disposto a não medir esforços para neutralizar o forte anti-comunismo da Igreja Católica.

Em março de 2006, uma comissão parlamentar italiana concluiu que “além de toda dúvida razoável, os líderes da União Soviética tomaram a iniciativa de eliminar o papa Karol Wojtyla” em retaliação à sua ajuda ao movimento dissidente Solidariedade na Polônia. Em janeiro de 2007, quando documentos mostraram a colaboração do recém-nomeado arcebispo de Warsaw, Stanislaw Wielgus, com a polícia política na época da Polônia comunista, ele admitiu a acusação e se aposentou. No dia seguinte, o prior da Catedral Wawel de Cracóvia, local de sepultamento de reis e rainhas poloneses, se aposentou pela mesma razão. Em seguida, soube-se que Michal Jagosz, um membro do tribunal do Vaticano que estuda a santidade do depois Papa João Paulo II, foi acusado de ser um antigo agente da polícia secreta comunista; de acordo com a mídia polonesa, ele foi recrutado em 1984, antes de deixar a Polônia para assumir um cargo no Vaticano. Atualmente, está prestes a ser publicado um livro que irá revelar a identidade de outros 39 sacerdotes cujos nomes foram descobertos nos arquivos da polícia secreta de Cracóvia, alguns deles bispos atualmente. Além disso, essas revelações parecem ser apenas a ponta do iceberg. Uma comissão especial em breve iniciará uma investigação sobre a atuação de todos os religiosos durante a era comunista, quando, acredita-se, milhares de sacerdotes católicos daquele país colaboraram com a polícia secreta. Isto apenas na Polônia – os arquivos da KGB e os da polícia política nos demais países do antigo bloco soviético ainda precisam ser abertos para investigar as operações contra o Vaticano.

Na minha outra vida, quando estava no centro das operações de guerra de inteligência estrangeira de Moscou, me vi envolvido em um esforço deliberado do Kremlin para manchar a reputação do Vaticano, retratando o Papa Pio XII como um frio simpatizante do nazismo. No fim das contas, a operação não causou nenhum dano duradouro, mas deixou um amargo sabor residual de difícil eliminação. A história jamais foi contada antes.

O ATAQUE À IGREJA Em fevereiro de 1960, Nikita Khrushchev aprovou um plano ultra-secreto para destruir a autoridade moral do Vaticano na Europa Ocidental. O plano era um criativo fruto de Aleksandr Shelepin, chefe da KGB, e de Aleksey Kirichenko, membro do Politburo soviético responsável por políticas internacionais. Até aquele momento, a KGB tinha lutado contra o seu “inimigo mortal” na Europa Oriental, onde a Santa Sé havia sido cruelmente atacada como um covil de espiões a soldo do imperialismo americano, e os seus representantes haviam sido sumariamente presos sob acusação de espionagem. Agora, Moscou queria desacreditar o Vaticano imputando-lhe a pecha de bastião do nazismo, usando os seus próprios sacerdotes, em seu próprio território.

Eugenio Pacelli, o Papa Pio XII, foi escolhido como alvo prioritário da KGB – a sua encarnação do demônio – pois havia deixado este mundo em 1958. “Mortos não podem se defender” era o slogan da KGB na época. Moscou acabara de ganhar um soco no olho por ter falsamente incriminado e encarcerado um prelado do Vaticano, o cardeal József Mindszenty, primaz da Hungria, em 1948. Durante a revolução húngara de 1956, ele escapara da prisão e pedira asilo na embaixada americana em Budapeste, onde começou escrever as suas memórias. Quando os detalhes de como ele havia sido condenado se tornaram conhecidos de jornalistas ocidentais, foi visto por todos como um santo herói e mártir.

Como Pio XII havia sido núncio papal em Munique e em Berlin quando os nazistas estavam iniciando a sua tentativa de chegar ao poder, a KGB queria retratá-lo como um anti-semita encorajador do Holocausto. O desafio era realizar a operação sem dar o menor sinal do envolvimento do bloco soviético. Todo o trabalho sujo devia ser feito por mãos ocidentais, usando evidências do próprio Vaticano. Isto corrigiria outro erro cometido no caso de Mindszenty, incriminado com documentos soviéticos e húngaros falsificados. (Em 6 de fevereiro de 1949, alguns dias após o julgamento de Mindszenty, Hanna Sulner, a especialista húngara em caligrafia que havia fabricado a “evidência” usada para incriminar o cardeal, fugiu para Viena e exibiu os microfilmes dos “documentos” em que se baseara o julgamento encenado. Hanna demonstrou, em um testemunho minuciosamente detalhado, que os documentos eram todos forjados, produzidos por ela, “alguns pretensamente escritos pelo cardeal, outras exibindo a sua suposta assinatura”.)

Para evitar outra catástrofe como a de Mindszently, a KGB precisava de alguns documentos originais do Vaticano, mesmo remotamente ligados a Pio XII, os quais os seus especialistas em desinformação poderiam modificar levemente e projetar “na luz apropriada” para provar as “verdadeiras cores” do Papa. A KGB, entretanto, não tinha acesso aos arquivos do Vaticano, e aí entrou o meu DIE, o serviço romeno de inteligência estrangeira. O novo chefe do serviço de inteligência estrangeira soviético, general Aleksandr Sakharovsky, havia criado o DIE em 1949 e havia sido até pouco tempo antes o nosso conselheiro-chefe soviético; o DIE, ele sabia, estava em excelente posição para contactar o Vaticano e obter aprovação para pesquisa em seus arquivos. Em 1959, quando fui nomeado para a Alemanha Oriental no disfarçado cargo de representante-chefe da Missão Romena, havia conduzido uma “troca de espiões” na qual dois oficiais do DIE (coronel Gheorghe Horobet e major Nicolae Ciuciulin), pegos com em flagrante na Alemanha Ocidental, foram trocados pelo bispo católico Augustin Pacha, preso pela KGB sob uma espúria acusação de espionagem, e que finalmente retornava ao Vaticano via Alemanha Ocidental.

INFILTRAÇÃO NO VATICANO “Seat 12” era o codinome dado a essa operação contra Pio XII e eu me tornei o seu ponta-de-lança romeno. Para facilitar o meu trabalho, Sakharovsky me autorizou a informar (falsamente) o Vaticano que a Romênia estava pronta para restabelecer as relações cortadas com a Santa Sé, em troca ao acesso aos seus arquivos e um empréstimo sem juros de um bilhão de dólares por 25 anos. (As relações da Romênia com o Vaticano haviam sido cortadas em 1951, quando Moscou acusou a nunciatura do Vaticano na Romênia de ser um front da CIA disfarçado e fechou os seus escritórios. Os edifícios da nunciatura em Bucareste haviam sido revertidos ao DIE e hoje abrigam uma escola de idioma estrangeiro.) O acesso aos arquivos papais, eu havia dito ao Vaticano, era necessário para encontrar raízes históricas que ajudariam o governo romeno a justificar publicamente a sua mudança de atitude em relação à Santa Sé. O dinheiro – bilhão de dólares (não, isto não é erro de digitação) -, me disseram, havia sido introduzido no jogo para tornar a alegada mudança de opinião romena mais plausível. “Se há uma coisa que estes monges entendem é de dinheiro” disse Sakharovsky.

A minha atuação na troca do bispo Pacha pelos dois oficiais do DIE realmente abriram as portas para mim. Um mês após ter recebido as instruções da KGB, fiz meu primeiro contato com um representante do Vaticano. Por razões de segredo, o encontro – e a maioria das reuniões seguintes – ocorreu em um hotel em Genebra, Suíça. Fui apresentado a um “membro influente do corpo diplomático” que, me disseram, havia começado a carreira trabalhando nos arquivos do Vaticano. O seu nome era Agostino Casaroli, e eu logo perceberia a sua grande influência. Imediatamente, este monsenhor deu-me acesso aos arquivos do Vaticano, e logo três jovens oficiais do DIE disfarçados de sacerdotes romenos estavam mergulhados nos arquivos papais. Casaroli também concordou “em princípio” com o pedido de Bucareste pelo empréstimo sem juros, mas disse que o Vaticano desejava impor certas condições. (Até 1978, quando deixei a Romênia para sempre, eu ainda estava negociando o empréstimo, diminuído então para 200 milhões de dólares.)

Durante os anos 1960-62, o DIE conseguiu furtar dos Arquivos do Vaticano e da Biblioteca Apostólica centenas de documentos ligados, de alguma forma, ao Papa Pio XII. Tudo era imediatamente enviado para a KGB por um correio especial. Na realidade, nenhum material incriminador contra o Pontífice emergiu de todos aqueles documentos secretamente fotografados. A maior parte eram cópias de cartas pessoais e transcrições de reuniões e discursos, tudo formatado na rotineira linguagem diplomática esperada. A KGB, entretanto, continuava pedindo mais documentos. E nós enviávamos mais.

A KGB PRODUZ UMA PEÇA Em 1963, o general Ivan Agayants, o famoso chefe do departamento de desinformação da KGB, foi a Bucareste para nos agradecer pela ajuda. Disse-nos que a operação “Seat-12” havia se materializado em uma poderosa peça de ataque contra o Papa Pio XII intitulada The Deputy (O Representante), uma referência indireta ao Papa como representante de Cristo na terra. Agayants levou o crédito pelo formato da peça, e nos disse que ela tinha extensos apêndices de documentos para lhe dar sustentação, anexados pelos seus especialistas com a ajuda de documentos furtados por nós do Vaticano. Agayants também nos disse que o produtor da The Deputy, Erwin Piscator, era um comunista devoto com um relacionamento de longa data com Moscou. Em 1929, ele havia fundado o Teatro do Proletariado em Berlim, e em seguida procurado asilo político na União Soviética quando Hitler chegou ao poder, e, poucos anos depois, “emigrou” para os EUA. Em 1962, Piscator voltou a Berlim Ocidental para produzir The Deputy.

Em todos os meus anos na Romênia, sempre lidei com os meus chefes da KGB com um certo cuidado pois eles costumavam manejar os acontecimentos de forma a fazer a inteligência soviética a mãe e o pai de tudo. Mas eu tinha razões para acreditar na declaração auto-elogiosa de Agayants. Ele era uma lenda viva no campo da desinformação. Em 1943, morando no Irã, Agayants lançara o relatório de desinformação segundo o qual Hitler havia montado uma equipe especial para sequestrar o presidente Franklin Roosevelt da embaixada americana em Teerã durante a Conferência de Cúpula Aliada a ser realizada lá. Por isso, Roosevelt concordou em montar o seu quartel-general em uma vila sob a “segurança” do complexo da Embaixada Soviética, protegida por uma grande unidade militar. Todo o pessoal soviético designado para aquela vila era composto por oficiais de inteligência disfarçados, com domínio do idioma inglês, mas, com poucas exceções, eles mantinham isto em segredo para poder escutar as conversas. Mesmo com as capacidades técnicas limitadas da época, Agayants conseguiu proporcionar a Stalin, de hora em hora, relatórios de acompanhamento sobre os hóspedes americanos e britânicos. Isto ajudou Stalin a obter o acordo tácito de Roosevelt para deixá-lo manter sob domínio os países bálticos e os demais territórios ocupados pela União Soviética em 1939-40. Agayants também levou o crédito por ter induzido Roosevelt a usar o familiar tratamento “Tio Joe” para Stalin naquele encontro. De acordo com o relato de Sakharovsky para nós, Stalin estava mais orgulhoso disso até mesmo do que dos territórios ganhos. “O aleijado é meu!” teria exultado.

Exatamente um ano antes do lançamento da peça The Deputy, Agayants realizou outra ação bem sucedida. Inventou um manuscrito concebido para convencer o Ocidente de que, no fundo, o Kremlin pensava bem dos judeus; isto foi publicado na Europa Ocidental, com muito sucesso entre o público, na forma de um livro intitulado Notes for a Journal. O manuscrito foi abribuído a Maxim Litvinov, nascido Meir Walach, o aposentado comissário soviético para relações exteriores, demitido em 1939 quando Stalin purgou o seu aparato diplomático de judeus em preparação para a assinatura do pacto de “não-agressão” com Hitler. (O Pacto de Nâo-Agressão Stalin-Hitler foi assinado em 23 de agosto de 1939 em Moscou. Continha um Protocolo secreto dividindo a Polônia entre os dois signatários e dava aos soviéticos autoridade sobre Estônia, Letônia, Finlândia, Bessarábia e Bucovina do Norte.) Este livro de Agayants estava tão perfeitamente falsificado que o mais proeminente estudioso da Rússia Soviética, o historiador Edward Hallet Carr, ficou totalmente convencido da sua autenticidade e até escreveu uma introdução para ele. (Carr havia escrito uma História da Rússia Soviética, em 10 volumes.)

A peça The Deputy foi lançada em 1963 como um trabalho de um desconhecido alemão oriental chamado Rolf Hochhuth, sob o título Der Stellvertreter, Ein christliches Trauerspiel (The Deputy, a Christian Tragedy). A tese central era que Pio XII havia apoiado Hitler e o encorajara a ir adiante com o Holocausto Judeu. O livro acendeu imediatamente uma gigantesca controvérsia acerca de Pio XII, descrito como um homem frio e sem coração, mais preocupado com as propriedades do Vaticano do que com o destino das vítimas de Hitler. O texto original apresentava uma peça de oito horas, apoiada por cerca de 40 a 80 páginas (dependendo da edição) do que Hochhuth chamou de “documentação histórica”. Em um artigo de jornal publicado na Alemanha em 1963, Hochhuth defende a sua representação de Pio XII dizendo: “Os fatos estão aí – quarenta páginas repletas de documentos no apêndice da minha peça.” Em uma entrevista de rádio em Nova Iorque em 1964, quando The Deputy estreiou naquela cidade, Hochhuth disse “Eu considerei necessário adicionar à peça um apêndice histórico, de cinquenta a oitenta páginas (dependendo do tamanho da impressão)”. Na edição original, o apêndice é intitulado Historische Streiflichter (fragmentos históricos). The Deputy foi traduzida para cerca de 20 idiomais, drasticamente cortada e normalmente sem o apêndice.

Antes de escrever The Deputy, Hochhuth, que não tinha diploma secundário (Abitur), estava trabalhando em diversos trabalhos desimportantes para o grupo editorial Bertelsmann. Em entrevista, declarou que em 1959 obtivera uma licença de ausência de trabalho e fôra a Roma, onde passara três meses conversando e, em seguida, escrevento o primeiro rascunho da peça, e onde havia proposto uma “série de questões” a um bispo cujo nome recusou a revelar. Até parece! Quase na mesma época, eu costumava visitar o Vaticano regularmente como representante credenciado de um chefe de estado, e nunca encontrei nenhum bispo tagarela para conversar no corredor comigo – e não foi por falta de tentativa. Os oficiais ilegais do DIE infiltrados por nós no Vaticano também encontraram quase as mesmas dificuldades insuperáveis para penetrar nos arquivos secretos do Vaticano, mesmo com o inexpugnável disfarce de sacerdote.

Nos meus velhos tempos do DIE, quando podia pedir ao meu chefe pessoal, general Nicolae Ceausescu (o irmão do ditador) um relatório detalhado sobre algum subordinado, ele sempre perguntava “Para promover ou rebaixar?” (NT: For promotion or demotion?, no original.) Durante os seus primeiros dez anos de vida, The Deputy tendeu na direção do rebaixamento do Papa. Gerou uma enxurrada de livros e artigos, alguns acusando, outros defendendo o pontífice. Alguns chegaram até a jogar a culpa pelas atrocidades em Auschwitz nas costas do Papa, outros meticulosamente reduziram os argumentos de Hochhuth a pó, mas todos contribuíram para a enorme atenção recebida na época por esta peça trapaceira. Hoje, muitas pessoas que jamais ouviram falar na The Deputy estão sinceramente convencidas que Pio XII foi um homem frio e malvado que odiava os judeus e ajudou Hitler a eliminá-los. Como Yury Andropov – chefe da KGB e inigualável mestre da enganação soviética – costumava me dizer, as pessoas são mais propensas a acreditar em sujidade do que em santidade.

CALÚNIAS ENFRAQUECIDAS Em meados da década de 1970, The Deputy começou a perder força. Em 1974, Andropov admitiu para nós que, se soubéssemos antes o que sabíamos então, jamais teríamos ido atrás do Papa Pio XII. Referia-se a informações recentemente liberadas mostrando que Hitler, longe de ser amigo de Pio XII, na verdade tramou contra ele.

Poucos dias antes da admissão de Andropov, o antigo comandante supremo do esquadrão da SS alemã (Schutztaffel) na Itália durante a Segunda Guerra Mundial, general Friedrich Otto Wolff, havia sido solto da cadeia e confessado que em 1943 Hitler havia lhe ordenado que raptasse o Papa Pio XII do Vaticano. Aquela ordem havia sido tão confidencial que jamais foi trazida à tona após a guerra em nenhum arquivo nazista. Nem surgiu em nenhuma das inúmeras prestações de contas de oficiais da Gestapo e SS conduzidas pelos Aliados vitoriosos. Segundo a sua confissão, Wolff teria replicado a Hitler que a ordem levaria seis semanas para ser cumprida. Hitler, que culpava o Papa pela derrota do ditador italiano Benito Mussolini, queria a ordem cumprida imediatamente. Por fim, Wolff persuadiu Hitler que haveria uma forte reação negativa se o plano fôsse implementado, e o Führer o abandonou.

Também em 1974, o cardeal Mindszenty publicou o seu livro Memoirs, no qual descreve em dolorosos detalhes como foi falsamente incriminado na Hungria comunista. Com provas baseadas em documentos fabricados, ele foi acusado de “traição, mal uso de moeda estrangeira e conspiração”, ofensas “todas passíveis de pena de morte ou prisão perpétua”. Ele também desceve como a sua falsa “confissão” ganhou então vida própria. “Qualquer um, parecia para mim, podia ter reconhecido imediatamente este documento como uma falsificação grosseira, pois era o produto de um trabalho malfeito e de uma mente inculta”, escreveu o cardeal. “Mas quando depois eu li os livros, jornais e revistas estrangeiros que lidaram com o meu caso e comentaram a minha “confissão”, percebi que o público deve ter concluído que a “confissão” havia sido realmente feita por mim, apesar de ter sido feita em estado semiconsciente e sob a influência de lavagem cerebral… o fato de a polícia ter publicado um documento fabricado por ela mesma parecia muito descarado para se acreditar”. Além de tudo isso, Hanna Sulner, a especialista em caligrafia húngara usada incriminar o cardeal, havia escapado para Viena, e confirmou ter forjado a “confissão” de Mindszenty.

Alguns anos depois, o Papa João Paulo II iniciou o processo de beatificação de Pio XII, e testemunhas do mundo inteiro provaram, de modo constrangedor para os adversários, que Pio XII era um inimigo, não um amigo, de Hitler. Israel Zoller, o rabi-chefe de Roma entre 1943-44, quando Hitler tomou a cidade, devotou um capítulo inteiro das suas memórias louvando a liderança de Pio XII. “O Santo Padre enviou uma carta para ser entregue em mãos aos bispos instruindo-os para levantar o claustro de conventos e monastérios, para poderem se tornar refúgio para os judeus. Sei de um convento onde as Irmãs dormiram no porão, emprestando as suas camas para os refugiados judeus”. Em 25 de julho de 1944, Zoller foi recebido pelo Papa Pio XII. Notas tomadas pelo secretário de estado do Vaticano, Giovanni Battista Montini (que se tornaria o Papa Paulo VI) mostram a gratidão do rabi Zoller ao Santo Padre por toda a sua ajuda para salvar a comunidade judaica em Roma – e os seus agradecimentos foram transmitidos pelo rádio. Em 13 de fevereiro de 1945, o rabi Zoller foi batizado pelo bispo auxiliar de Roma, Luigi Traglia, na igreja de Santa Maria degli Angeli. Em agradecimento a Pio XII, Zoller tomou o nome cristão de Eugênio (o nome do Papa). Um ano depois, a esposa e a filha de Zoller também foram batizadas.

David G. Dalin, em The Myth of Hitler´s Pope: How Pope Pius XII Rescued Jews From the Nazis, publicado poucos meses atrás, compilou provas indiscutíveis da amizade entre Eugenio Pacelli e os judeus, iniciada bem antes dele ser papa. No começo da Segunda Guerra Mundial, a primeira encíclica do Papa Pio XII foi tão anti-Hitler que a Real Força Aérea e a força aérea francesa lançaram 88 mil cópias do documento sobre a Alemanha.

Ao longo dos 16 últimos anos, a liberdade de religião foi restaurada na Rússia e uma nova geração vem lutando para desenvolver uma nova identidade nacional. Só podemos esperar que o presidente Vladimir Putin decida abrir os arquivos da KGB e os coloque sobre a mesa para que todos possam ver como os comunistas caluniaram um dos mais importantes Papas do último século.

O general Ion Mihai Pacepa é o oficial de mais alta patente que desertou do Bloco Soviético. O seu livro Red Horizons foi traduzido para 27 idiomas.

Este texto é tradução do artigo Moscow’s Assault on the Vatican, publicado no National Review em 25 de janeiro de 2007.

Tradução: Ricardo R Hashimoto
https://web.archive.org/web/20160411093517/http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/15631-o-ataque-de-moscou-ao-vaticano.html


ATENÇÃO: FRANCISCO ENVOLVIDO EM NOVO GRANDE ESCÂNDALO
https://youtu.be/6FmWKBnZ0l8 

PAPA BENTO XVI, WikiLeaks e o Deep State - Daniel Ferraz
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/04/papa-bento-xvi-wikileaks-e-o-deep-state.html


*

OLAVO, O HOMEM QUE ME SALVOU DA MENTIRA
Paulo Briguet

"Um só é o vosso mestre, Cristo." (Mt 23, 10)

Há cerca de 20 anos, eu estava mergulhado na mentira, no hedonismo e no desespero. Não acreditava em Deus, não acreditava na verdade, não acreditava em ninguém. Minhas únicas fontes de consolação eram meus pais e uns poucos amigos (Preto, Zé, Marcelo...). Trabalhava apenas por obrigação; não tinha o menor amor por aquilo que fazia. Só acreditava em um deus chamado Revolução. Com a alma absolutamente desordenada, caminhava a passos largos para a loucura ou a morte.

Meu problema não era exatamente a ideologia, nem a descrença; era combinação explosiva das duas coisas, que eu chamo hoje de rebelião metafísica. Não se tratava apenas lutar contra o poder político, o sistema econômico ou a religião: muito mais do que isso, minha revolta e meu ódio tinham como alvo a própria realidade. Eu odiava a existência em si, e queria destruí-la.

Alguns acontecimentos me fizeram despertar desse pesadelo. Hoje falarei sobre um deles. Em julho de 2000, logo após ter pedido demissão do emprego, e bastante deprimido, li numa revista um artigo intitulado "Sem testemunhas", do filósofo Olavo de Carvalho. No texto, Olavo contava uma história sobre a infância do médico, teólogo e filantropo Albert Schweitzer. Aos três anos de idade, o pequeno Albert fora picado por uma abelha, e começou a chorar. Imediatamente, familiares e vizinhos correram para acudir o menino. Em determinado instante, Albert percebeu que a dor havia passado, mas mesmo assim continuava chorando apenas para chamar a atenção dos outros.

Essa minúscula mentira, que um homem septuagenário lembrava com vergonha, e da qual ele próprio havia sido a única testemunha, é utilizada por Olavo de Carvalho, no referido artigo, como poderosa imagem ilustrativa do drama da consciência humana. A verdade mais absoluta vem a ser aquela que o indivíduo conhece na solidão de sua consciência, diante de Deus. Não é por acaso que a própria Verdade acabou sendo pregada e abandonada por todos na cruz.

Naquele momento, descobri que minha vida estava absolutamente dominada pela mentira. Ela, a mentira, era o ar que eu respirava, a bebida que eu bebia, a roupa que eu vestia, a língua que eu falava. A mentira era o meu deus. Toda minha alma se concentrava em uma única atividade: enganar a mim mesmo.

Jamais poderia imaginar que, alguns anos depois, o homem que começou a me tirar do pântano do desespero se tornaria meu amigo e meu professor. Muito menos poderia supor que esse homem começaria a tirar o Brasil do lamaçal da mentira em que estivemos mergulhados por tanto tempo. Ele ajudou a salvar minha vida, e agora ajuda a salvar o País.

Quando vejo Olavo sendo atacado por pessoas que jamais se deram ao trabalho de ler um livro seu, e que pinçam frases soltas e piadas para tentar assassinar a sua reputação, sinto-me pessoalmente ofendido. Mas aí me lembro de outro ensinamento do professor: o de que o perdão é a lei estrutural do universo. Tudo que é nunca deixará de ser - exceto os nossos pecados, apagados com o sangue de Jesus Cristo.

Fale com o colunista:
avenidaparana@folhadelondrina.com.br
https://www.folhadelondrina.com.br/blogs/paulo-briguet/olavo-o-homem-que-me-salvou-da-mentira-1024250.html




A DOUTRINAÇÃO ESQUERDISTA NO SISTEMA DE ENSINO - 2016 - MPF em Goiás

.

Audiencia Publica MPF GO
https://youtu.be/nJWz_thqQJA

Publicado em 21 de out de 2016 - Audiência Pública realizada no Ministério Público Federal em Goiás (Procuradoria da República em Goiás), cujo objeto é: "Doutrinação Político-Partidária no Sistema de Ensino"

PAPA BENTO XVI, WikiLeaks e o Deep State - Daniel Ferraz

.


Matéria - Terça Livre: https://www.tercalivre.com.br/wikileaks-papa-conservador-foi-forcado-renunciar-pelo-deep-state/
Artigo - Original: https://newspunch.com/wikileaks-pope-benedict-deep-state/
Boletim da Noite com Bruno Dornelles: https://www.youtube.com/watch?v=dxBKRIQ1e3M&t=1450s

*

SOROS, OBAMA E HILLARY DERRUBARAM O PAPA BENTO XVI, SEGUNDO WIKILEAKS
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/04/soros-obama-e-hillary-derrubaram-o-papa.html

*
CONSPIRAÇÕES NA IGREJA - O ATAQUE DE MOSCOU À IGREJA - ION MIHAI PACEPA
https://conspiratio3.blogspot.com/2015/01/conspiracoes-na-igreja-corromper-igreja.html

*
ATENÇÃO: FRANCISCO ENVOLVIDO EM NOVO GRANDE ESCÂNDALO
https://youtu.be/6FmWKBnZ0l8 


CONSPIRAÇÃO DA KGB CONTRA O VATICANO
Escrito por Ion Mihai Pacepa - 2015
Corromper a Igreja é uma das prioridades da KGB. 
Atualmente, está prestes a ser publicado um livro que irá revelar a identidade de outros 39 sacerdotes cujos nomes foram descobertos nos arquivos da polícia secreta de Cracóvia, alguns deles bispos atualmente. Além disso, essas revelações parecem ser apenas a ponta do iceberg. Uma comissão especial em breve iniciará uma investigação sobre a atuação de todos os religiosos durante a era comunista, quando, acredita-se, milhares de sacerdotes católicos daquele país colaboraram com a polícia secreta. Isto apenas na Polônia – os arquivos da KGB e os da polícia política nos demais países do antigo bloco soviético ainda precisam ser abertos para investigar as operações contra o Vaticano.
https://web.archive.org/web/20160411093517/http://www.midiasemmascara.org/artigos/desinformacao/15631-o-ataque-de-moscou-ao-vaticano.html


.

Daniel, antes da nova era já existia o cultivo do corpo são através de uma alimentação mais vegetariana, exercícios, etc. Meu avô praticava. Ele teve uma doença incapacitante para a qual os médicos convencionais não tinham a cura. Então consultou um médico naturalista estrangeiro, talvez alemão, e foi o que o salvou. Isso aconteceu em meados da década de 30 ou 40.

PAULA MARISA - CENSURA - O que aconteceu com os vídeos do canal? - Canais são perigosos - a verdade ameaça os mentirosos

.


*

A gente sabe qual é o critério, mas o youtube não pode confessar. 
"Google, Facebook e Twitter deixam de ser plataformas de liberdade de expressão e passam a adotar censura de acordo com documento do Google O documento diz que as empresas atenderam os pedidos de usuários, governos e anunciantes que exigem maior censura " Petr Svab 
Gente, censura acaba com a democracia, é um perigo muito maior do que qualquer "mal" que ela esteja "evitando". 

GOOGLE POLÍTICO - CENSURA POLÍTICA DO GOOGLE, FACEBOOK E TWITTER AGORA É OFICIAL 
https://conspiratio3.blogspot.com/2018/10/atencao-censura-oficial-do-google.html

*
GOOGLE EXERCE SEU MONOPÓLIO DA BUSCA INFORMAÇÃO E CENSURA MÍDIA INDEPENDENTE 
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/04/google-exerce-seu-monopolio-da-busca.html

Vcs já assistiram a entrevista do Lula? Eu não me dei ao trabalho. Comunismo é mentirismo, então a gente tem o trabalho de ir e depois o de voltar e não tenho energia pra isso. Mas me ocorreu uma coisa. O Google já confessou que é político, e a cada vez que entro no Youtube, essa "entrevista" é a primeira opção que me apresentam e está com mais de 1 milhão de views. Bom, se o youtube nos sacaneia de todas as formas, porque ele não pode favorecer a esquerda alterando algoritmos, falseando o número de views, likes, etc? É a mesma coisa que ele faz com meu canal, só que ao contrário. Depois a esquerda reclama de robots e artifícios que os bolsonarista estariam utilizando. Ela vive de falsear números.

O ESQUERDISMO SOBREVIVE DA OCULTAÇÃO DE EVIDÊNCIAS
No embate político entre esquerda e direita, uma questão se expõe evidente: a esquerda nunca teve a realidade factual a seu lado, tendo ela sempre precisado recorrer a toda sorte de embustes para provar o contrário do que estava evidente à luz clara da razão. A cosmovisão da esquerda é como a feminilidade de um travesti. Um travesti precisa se valer de substâncias que bloqueiem a produção dos hormônios masculinos, se a injeção dessas substâncias for descontinuada, naturalmente as características sexuais masculinas voltam a aparecer. Assim também é a cosmovisão da esquerda. Para manter a população favorável à agenda da esquerda, a elite política esquerdista precisa bloquear o acesso à informação, aos dados factuais. Não é à toa que em todos os países nos quais a esquerda governa, os meios de comunicação são controlados pelo governo para que as pessoas possam entrar em contato apenas com o que interessa ao regime. Repetindo: não basta apenas ter a supremacia da produção de narrativas, é preciso controlá-la completamente, estabelecer uma hegemonia absoluta, não permitir nenhum acesso a nenhum contraponto, alcançar a completa supressão do dissenso.


FACEBOOK PRESSIONADO - FUCKERBERG CONTRA A PAREDE

NÊUMANNE - LULA SÓ MENTIU em "fala do trono"

.


*

2015 - Senado recebe pedido de impeachment do ministro do STF Dias Toffoli
"Carneiro argumenta que o ministro Toffoli teria incorrido em crime de responsabilidade ao participar de julgamentos em que deveria ter declarado suspeição. O procurador cita o caso específico do Banco Mercantil, onde o ministro contraiu empréstimo em 2011. Posteriormente, Toffoli participou de julgamentos que envolviam o banco.— Ele foi relator e julgou ações em que era parte o Banco Mercantil. Ao fazê-lo, julgou em estado de suspeição. Não interessa se julgou a favor ou contra o banco, mas o fato é que não poderia julgar. Ao julgar, incorreu em crime de responsabilidade. São fatos objetivos e notórios, não há discricionariedade [na denúncia]"
https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2015/04/09/senado-recebe-pedido-de-impeachment-do-ministro-do-stf-dias-toffoli

PERCIVAL PUGGINA - AOS ELEITORES DO PRESIDENTE - A DEMOCRACIA DAS REDES SOCIAIS

.

Pela primeira vez na História, a cidadania ganhou condições de ser exercida de modo permanente. Faça isso para o bem do Brasil!
https://youtu.be/A-arloA2azo

*

Desde a época do Marco Civil da Internet percebo a pouca importância que a liberdade de expressão tem para as pessoas. Quem está consciente de que sabemos cada vez mais, apesar das fake news, por causa da liberdade na Internet? De que a direita existe porque, sem querer, a Internet lhe restituiu a voz? Porque ainda podemos nos comunicar, informar e ser informados, alertar e ser alertados, confrontar as informações, pedir socorro e socorrer? A liberdade de expressão garante nossa vida. Sem NOSSA vigilância, o Estado de Direito e a democracia sucumbem à predação de psicopatas e o Estado se transforma numa máquina escravocrata e genocida. A Liberdade de expressão serve não só para manter nossa sanidade mental, mas para manter a justiça que mantém a vida.

Sua segurança depende da liberdade de expressão.

Somos maioria e acreditamos na verdade, nada pode nos derrotar, a não ser a censura. Censura é desarmamento e anuncia crimes maiores.

Olavo de Carvalho Todos os que votaram no atual presidente estão amordaçados, só podem falar pela internet. A opinião majoritária dos brasileiros está proibida em todos os "meios de comunicação". Só a elite dominante pode falar nos jornais e na TV.. Que é isso, senão ditadura?




 

BOLSOMINI E O VICE DO BARULHO (com Arthurzinho)

BOLSONARO ACABOU DE QUEBRAR A ESPINHA DORSAL DA DOUTRINAÇÃO ESQUERDISTA - DANIEL LOPEZ

.


*

O MEC POSITIVISTA DE ABRAHAM

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Advogado denuncia censura e abusos do Facebook em Audiência Pública do MPF...

CLICK TIME - Os Canudos de papel da China - (Isso é comunismo!)

.

-

Isso me lembrou aquele caso dos incêndios em favelas que motivaram a substituição do alcool líquido por gel. E agora o alcool tem 50% de água. 

*
Por equipe editorial dos “Nove Comentários sobre o Partido Comunista Chinês
Prefácio
Introdução
Capítulo 1: As estratégias do diabo para destruir a humanidade
Capítulo 2: O início do comunismo na Europa
Capítulo 3: Matança no Oriente
Capítulo 4: Exportando a revolução
Capítulo 5: Infiltrando-se no Ocidente
Capítulo 6: A revolta contra Deus
Capítulo 7: A destruição da família
Capítulo 8: Como o comunismo semeia o caos na política
Capítulo 9: A armadilha econômica comunista
Capítulo 10: Usando a lei para o mal
Capítulo 11: Profanando as artes
Capítulo 12: Sabotando a educação
Capítulo 13: Sequestrando os meios de comunicação
Capítulo 14: Cultura popular, uma indulgência decadente
Capítulo 15: As raízes comunistas do terrorismo
Capítulo 16: O comunismo por trás do ambientalismo
Capítulo 17: Globalização: comunismo no seu cerne
Capítulo 18: As ambições globais do Partido Comunista Chinês
Conclusão
 

BRASIL DENUNCIADO POR VIOLAÇÃO DO DIREITO À LIVRE EXPRESSÃO




O advogado Emerson Grigollette apresentou ontem uma denúncia contra o Brasil na Comissão Interamericana de Direitos Humanos por violação do direito à livre manifestação do pensamento.
Entre os motivos, está a censura aplicada pelo ministro Alexandre de Moraes à Crusoé e a O Antagonista e diversas remoções de conteúdo e bloqueios de usuários realizados pelo Facebook no país.
A denúncia pede que a Corte Interamericana, órgão de deliberação superior, recomende ao Supremo Tribunal Federal o arquivamento do inquérito aberto por Dias Toffoli para investigar “fake news” contra os ministros.
“Aqueles a quem competia proteger os direitos fundamentais abarcados pela Constituição estão, em verdade, negando a sua vigência, inclusive desrespeitando frontalmente o princípio da eficácia horizontal e vertical dos direitos fundamentais, sobretudo se considerarmos o poder da Suprema Corte, parte incomensuravelmente mais forte que os indivíduos em si considerados, ainda que se admitisse a ocorrência de crimes de calúnia, difamação ou injúria, infinitamente menores que a necessidade de manutenção da liberdade de expressão e da livre manifestação do pensamento”, diz a denúncia.
Outro pedido é de recomendação para que o Congresso Nacional edite leis que ampliem o direto à livre expressão, inclusive revogando a criminalização de manifestações que atinjam a honra de qualquer autoridade pública.
Nesse ponto, a denúncia cita a pretensão de parlamentares em criar uma CPI para investigar “fake news”, “o que revela a contaminação de todo o Estado pela ideia de controle de conteúdo, num claro reforço à prática de censura”.
Pelo menos desde 2014, Grigollette atua em defesa de jornalistas, humoristas, escritores e influenciadores digitais que têm páginas ou mensagens removidas do Facebook.
O advogado diz que a rede social faz um controle político de conteúdo e processa a empresa por violar não só a direito à livre expressão, como também o Código de Defesa do Consumidor.
A denúncia agora passa por exame de admissibilidade na Comissão de Direitos Humanos e, se cumprir os requisitos, segue para julgamento na Corte Interamericana de Direitos Humanos.
https://www.oantagonista.com/brasil/advogado-denuncia-brasil-por-violacao-a-liberdade-de-expressao-na-comissao-interamericana-de-direitos-humanos/




Brasil é denunciado a Comissão Americana de Direitos Humanos por violar a liberdade de expressão 

AS PROVAS
Amparada por robusta prova documental, retirada de dezenas de processos judiciais em curso contra a rede social denominada Facebook, os denunciantes demonstram que a situação do STF é apenas a "ponta do iceberg", de uma situação em verdade já ocorrida há muito tempo, graças a conivência de órgãos vinculados aos Poderes Públicos brasileiros. 

Completo:
https://egadvocacia.blogspot.com/2019/04/brasil-e-denunciado-comissao-americana.html

Emerson Grigollette no Youtube
https://www.youtube.com/user/Emersontkg1/
No Facebook
https://www.facebook.com/emersongrigollette  

2015 - Senado recebe pedido de impeachment do ministro do STF Dias Toffoli
"Carneiro argumenta que o ministro Toffoli teria incorrido em crime de responsabilidade ao participar de julgamentos em que deveria ter declarado suspeição. O procurador cita o caso específico do Banco Mercantil, onde o ministro contraiu empréstimo em 2011. Posteriormente, Toffoli participou de julgamentos que envolviam o banco.— Ele foi relator e julgou ações em que era parte o Banco Mercantil. Ao fazê-lo, julgou em estado de suspeição. Não interessa se julgou a favor ou contra o banco, mas o fato é que não poderia julgar. Ao julgar, incorreu em crime de responsabilidade. São fatos objetivos e notórios, não há discricionariedade [na denúncia]"
https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2015/04/09/senado-recebe-pedido-de-impeachment-do-ministro-do-stf-dias-toffoli



O livro do Cristian Derosa, "FAKE NEWS - Quando os Jornais Fingem Fazer Jornalismo", seria útil para essa pesquisa.

"as eleições de 2018, tão marcadas por alegações de fake news, começaram com a maior delas: a candidatura presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva, preso pela Polícia Federal e condenado a doze anos de cadeia por lavagam de dinheiro. Mesmo encarcerado, Lula esteve presente na imensa maioria das sondagens de intenção de voto, e isso foi uma escolha deliberada dos próprios jornais. Este blefe do PT, que contou com ampla ajuda da mídia, não foi nunca mencionado como uma notícia falsa. Mas o fato é que foi justamente essa mentira que garantiu grande parte dos votos conquistados pelo "candidato-poste" Fernando Haddad. A ampla votação permitiu ao PT e à esquerda fortalecerem a narrativa de "país dividido". Ao contrário, portanto, do que diz a narrativa oficial sobre o fenômeno das notícias falsas, é no terreno do establishment midiático que circulam as maiores e mais poderosas mentiras."

NOVO LIVRO DE CRISTIAN DEROSA - "FAKE NEWS: QUANDO OS JORNAIS FINGEM FAZER JORNALISMO" 
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/03/novo-livro-de-cristian-derosa-fake-news.html.

*
IMPRENSA CRIMINOSA
https://youtu.be/bPwdGUz2nYs

*
PERCIVAL PUGGINA - A DEMOCRACIA DAS REDES
https://youtu.be/A-arloA2azo

*
NINGUÉM VAI FALAR MAL DO STF