DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

terça-feira, 31 de maio de 2016

DILMA JÁ TEVE 11 DELAÇÕES DE PAULO ROBERTO COSTA, 5 DE YOUSSEF E 72 DE DELCÍDIO AMARAL

GOLPE - GREGÓRIO DUVIVIER MENTINDO EM PORTUGAL
Goste ou não do presidente interino, Temer sequer é investigado pela Lava Jato (ele teve duas citações em delações que não se sustentaram para a abertura de inquérito, segundo a Procuradoria Geral da República). Dilma já foi citada ao menos 11 vezes em delações de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, 5 vezes nas de Pedro Corrêa e outras 72 vezes nas de Delcídio Amaral. E é com base nessas delações que, há duas semanas, Rodrigo Janot, Procurador-Geral da República, pediu ao STF que a presidente afastada seja investigada por obstruir a Justiça em ao menos cinco oportunidades. Ou seja: Gregorio não apenas mente em relação a Temer, como omite em relação a Dilma.
Dilma só não foi investigada porque tem um "cão de guarda" chamado Janot.

*

CRIMES DA DILMA - ALGUNS MOTIVOS ÓBVIOS PARA ELA SAIR
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/11/por-enquanto-fica-dilma.html

O PROBLEMA DO PT  É QUE O ROUBO SERVE A UM PROJETO DE PODER TOTALITÁRIO -  JAIR BOLSONAROhttps://youtu.be/WG7G-zkfCOg
 ELES LUTAM PELA VOLTA DE DILMA QUE MENTIU E FRAUDOU PARA SER ELEITA, QUE DEPREDOU E TRAIU A NAÇÃO
https://youtu.be/9YSH3mDIRn4

DILMA PEDIU R$ 12 MILHÕES, DIZ ODEBRECHT
 http://www.oantagonista.com/posts/istoe-dilma-pediu-r-12-milhoes-diz-odebrecht

"Dilma é maluca"
 http://www.oantagonista.com/posts/dilma-e-maluca

Dilma Rousseff tinha pleno conhecimento do vale-tudo orçamentário que mergulhou o país na crise em que estamos
http://www.oantagonista.com/posts/dilma-coordenou-o-vale-tudo-orcamentario

FOLHA ENTREVISTA IVAN IZQUIERDO E PERGUNTA SOBRE O "GOLPE"
O senhor veio para o Brasil com a ditadura na Argentina. Agora vivemos um processo no Brasil que alguns chamam de golpe, é uma memória em disputa. O que o senhor acha disso enquanto cientista?
Eu vim por conta de uma ameaça. Não considero um golpe, mas um processo muito esperto. Mudar uma palavra ressignifica toda uma memória. Há de fato uma disputa de como essa memória coletiva vai ser construída. A esquerda usa o termo "golpe" para evocar memórias de medo de um país que já passou por um golpe. Conforme essa palavra é repetida, isso cria um efeito poderoso. Ainda não sabemos como essa memória será consolidada, mas a estratégia é muito esperta.
http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2016/06/1783036-estudos-de-neurociencia-superaram-a-psicanalise-diz-pesquisador-brasileiro.shtml
CORREÇÃO: ...para evocar memórias de medoforjadas pela própria esquerda, de um país que já passou por um golpe.

O estranho é encontrar pessoas que conviveram com testemunhas daquela época, mas com a memória modificada. Tive um primo em segundo grau que participou da luta armada e foi preso com 18 anos. Ele nunca afirmou que foi torturado. Aliás, ele e a sua turma pareciam se divertir na prisão, pelo que diz minha mãe, minha avó e outros que iam visitá-lo e levar mantimentos, livros, etc. Inclusive eles podiam cozinhar lá dentro. Pois bem, meu irmão veio me dizer que meu primo tinha sido HORRIVELMENTE TORTURADO, e que aquela época era de terror constante! De alguma forma, a esquerda fabricou uma falsa memória nele. O livro DESINFORMAÇÃO , de Ion Pacepa, diz que é uma especialidade comunista a falsificação da História e do passado. Isso já está acontecendo aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário