DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

quinta-feira, 2 de março de 2017

O ESQUERDISMO AFRONTA A NATUREZA HUMANA - A MENTE ESQUERDISTA



A AGENDA ESQUERDISTA COMO UM MAL
Dr. Lyle H. Rossiter

A agenda radical, por qualquer nome que tenha sido implementada - comunismo, socialismo, progressismo, assistencialismo - resultou invariavelmente no declínio social em larga escala. Não é difícil encontrar as razões para isso. Uma vez traduzido em políticas sociais, o esquerdismo radical entra imediatamente em conflito com as características que definem a natureza humana: sua capacidade de escolha racional, vontade, autonomia, iniciativa, propósito, reconhecimento, moralidade, atividade, identidade e competência. Ele então prossegue com o enfraquecimento das virtudes essenciais à liberdade civilizada: boa vontade, bons propósitos, auto-confiança, cooperação, reciprocidade e responsabilidade. Além disso, a ideologia viola todos os direitos que compõem o núcleo da liberdade ordenada, tenta revogar as leis da economia, condena as tradições fundamentais à sociedade civil e aplaude a banalidade afrontando a excelência. As recompensas não merecidas e os crimes não punidos endossados pela agenda esquerdista corrompem o senso de justiça das pessoas. Ao favorecer o secularismo, a ideologia ataca as bases religiosas da moralidade e do altruísmo e substitui a fé em Deus pela idolatria do governo. O esquerdismo radical ataca, assim, os funfamentos da liberdade civilizada, e por essa razão é um mal genuíno. Mais ainda, considerados seus objetivos irracionais, seus métodos coercitivos e seus fracassos históricos, e dados seus efeitos perversos sobre o desenvolvimento humano, não restam dúvidas sobre a loucura da agenda radical.


A MENTE ESQUERDISTA - AS CAUSAS PSICOLÓGICAS DA LOUCURA POLÍTICA
Dr. Lyle H. Rossiter







"A instituição do "politicamente correto" foi uma estratégia de genocídio cultural destinada a desarmar a cultura ocidental para que não pudesse se defender de ataques provenientes de "minorias" internas ou de culturas concorrentes. O passo seguinte é a transição do genocídio cultural para o homicídio pré-legitimado e em seguida para o genocídio em sentido estrito. Em todo o Ocidente as ondas de crimes violentos praticados por "minorias" vêm crescendo, e quem quer que as denuncie é imediatamente estigmatizado como racista e removido da sociedade decente. O caso Zimmerman condensa a nova regra: se o agressor é negro, a legítima defesa é proibida." (OLAVO DE CARVALHO)
https://www.facebook.com/olavo.decarvalho/posts/10151718170297192

*
"É preciso preservar as referências tão arduamente garimpadas pela humanidade, a percepção do sofrimento, a noção de proporção, o valor do indivíduo, que o comunismo se empenha dia e noite em eliminar.Uma vez que se perca o pé deste solo, fica-se à deriva e facilmente capturável por qualquer sugestão, qualquer sistema ideológico. "A ideia de uma "ditadura do proletariado" não é para descrever uma realidade: é para levar as investigações ao fim, de forma que a realidade não possa mais ser percebida." Roger Scruton
*
É PROIBIDO PERCEBER
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/11/corrupcao-e-crime-hediondo-olavo-de.html
*
O POLITICAMENTE CORRETO É UM DISFARCE PARA O MAL
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/politicamente-correto-e-um-disfarce.html
*
A DITADURA DO POLITICAMENTE CORRETO - DR. BEN CARSON
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/08/a-ditadura-do-politicamente-correto-dr.html
*
O PRIMEIRO EXPERIMENTO SOCIALISTA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/10/o-primeiro-experimento-socialista.html
*
OU SE TEM MERITOCRACIA OU SE TEM APARELHAMENTO COMUNISTA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/ou-se-tem-meritocracia-ou-se-tem.html
*
NAZISMO E COMUNISMO SÃO COLETIVISTAS, ESTATIZANTES E TOTALITÁRIOS POR NATUREZA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/nazismo-e-comunismo-sao-coletivistas.html
*
A MENTE REVOLUCIONÁRIA - OLAVO DE CARVALHO
Recusando-se a prestar satisfações senão a um futuro hipotético de sua própria invenção e firmemente disposto a destruir pela astúcia ou pela força todo obstáculo que se oponha à remoldagem do mundo à sua própria imagem e semelhança, o revolucionário é o inimigo máximo da espécie humana, perto do qual os tiranos e conquistadores da antigüidade impressionam pela modéstia das suas pretensões e por uma notável parcimônia no emprego dos meios.
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/08/alguns-tracos-da-mente-revolucionaria.html
*
PSEUDO-MORALISMO É FERRAMENTA DE DOMINAÇAO PSICOPÁTICA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/07/paramoralismo.html
*
COMUNISMO É PSICOPATIA REVESTIDA DE IDEOLOGIA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/08/comunismo-e-psicopatia-revestida-de.html
*
PARAMORALISMO E OUTRAS MANIPULAÇÕES USADAS PELO POLITICAMENTE CORRETO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/07/paramoralismo.html
*
PSIQUIATRIA APARELHADA PARA PERSEGUIR PESSOAS E INVERTER A NOÇÃO DE NORMALIDADE
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/07/psiquiatria-aparelhada-para-perseguir.html

PSICOPATAS SABEM TIRAR VANTAGEM DO NOSSO DESCONHECIMENTO SOBRE ELES
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/07/psicopatas-sabem-tirar-vantagem-do.html

PESSOAS NORMAIS SOB O DOMÍNIO PATOCRÁTICO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/07/psicopatas-sabem-tirar-vantagem-do.html


PONEROLOGIA
http://conspiratio3.blogspot.com/2014/06/psicopatas-no-poder-ponerologia.html

PSICOPATAS NO PODER - PONEROLOGIA - LIVRO  http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/04/psicopatas-no-poder-ponerologia-livro.html

Repressão a “notícias falsas” cresce em todo o mundo
http://www.epochtimes.com.br/repressao-noticias-falsas-cresce-em-todo-o-mundo/#.WLiZTvKzmz8


"O psicopata, ao contrário, escreve para insinuar que você NÃO SENTIU O QUE SENTIU, NÃO VIU O QUE VIU, NÃO SABE O QUE SABE. E muitas vezes consegue mesmo instilar no cérebro das pessoas a Síndrome do Piu-Piu." (Olavo de Carvalho)
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/03/psicopatas-olavo-de-carvalho.html

A mentalidade revolucionária, tal como aparece documentada nos escritos e atos de todos os líderes revolucionários desde o século XV, sem exceção notável, não consiste na adesão a esta ou àquela proposta político-social concreta, mas numa certa estrutura de apreensão da realidade, caracterizada pela inversão da ordem temporal e causal e da relação sujeito-objeto, daí decorrendo uma variedade de inversões secundárias.
http://www.olavodecarvalho.org/semana/080721dc.html

TROTSKY - A ESQUERDA SEM ESCRÚPULOS
https://youtu.be/1L4ZpEz45kA
Mas a mentira e a violência "em si mesmas" não são condenáveis? Certamente, tanto quanto a sociedade dividida em classes que as gera. Uma sociedade sem contradições sociais será, naturalmente, uma sociedade sem mentiras e sem violência. Não existe, porém, outro meio de construir uma ponte até essa sociedade a não ser por meios revolucionários, ou seja, violentos. A própria revolução é um produto da sociedade de classes, da qual carrega, necessariamente, os traços. Do ponto de vista das "verdades eternas", a revolução é, obviamente, "contrária à moral". Mas isso significa apenas que a moral idealista é contra-revolucionária, isto é, está a serviço dos exploradores.
http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Documentos-n%C3%A3o-Inseridos-nas-Delibera%C3%A7%C3%B5es-da-ONU/leon-trotski-a-nossa-moral-e-a-deles-1938.html  

Olavo de Carvalho  - Quando eu disse que o gayzismo se transformaria em instrumento de perseguição anticristã, responderam que eu era louco. Quando disse que o passo seguinte seria a descriminalização da pedofilia, mais louco ainda. Se o pessoal simplesmente lesse os debates entre os guias iluminados do movimento revolucionário, saberia que estão na fila de espera, para ser legitimados como condutas normais e inatacáveis, o incesto, a necrofilia e o canibalismo. https://www.facebook.com/carvalho.olavo/posts/517121198439959

"Trinta anos de estudos sobre a mentalidade revolucionária convenceram-me de que ela não é a adesão a este ou àquele corpo de convicções e propostas concretas, mas a aquisição de certos cacoetes lógico-formais incapacitantes que acabam por tornar impossível, para o indivíduo deles afetado, a percepção de certos setores básicos da experiência humana. A mentalidade revolucionária não é um conjunto de crenças, é um sistema de incapacidades adquiridas, que começam com um escotoma intelectual e culminam numa insensibilidade moral criminosa. É uma doença mental no sentido mais estrito e clínico do termo, correspondente àquilo que o psiquiatra Paul Sérieux descrevia como delírio de interpretação. Numa discussão com o homem normal, o revolucionário está protegido pela sua própria incapacidade de compreendê-lo. Os antigos retóricos consideravam que o gênero mais difícil de discurso, chamado por isso mesmo genus admirabile, é aquele que se dirige ao interlocutor incapaz. Os melhores argumentos só podem funcionar ante a platéia que os compreenda; eles não têm o dom mágico de infundir capacidade no auditório, nem de curá-lo de um handicap adquirido."
http://www.olavodecarvalho.org/semana/081211dc.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário