DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

domingo, 3 de janeiro de 2016

OU SE TEM MERITOCRACIA, OU SE TEM APARELHAMENTO COMUNISTA: PARASITAS, PSICOPATAS OCUPANDO CARGOS DE COMANDO



Se não me engano foi a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa quem disse que PSICOPATAS  não são bons em nada a não ser nas artimanhas de enganar e sugar seres humanos normais, que eles, aliás, menosprezam e aos quais se sentem infinitamente superiores. O que me ficou da leitura do livro PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER, que preciso reler, é que uma elite de psicopatas resolveu estender à política seu know how em organizações mafiosas, gerando governos psicopáticos, totalitários, genocidas, as PATOCRACIAS. Bem, ao que parece, algumas das suas ferramentas básicas para tomar o poder são aquelas que eliminam a meritocracia, como a ideologia da igualdade, do politicamente correto etc. Estou em busca de informações sobre esse ponto, e, neste post, juntei alguma coisa para quem se interessar. Agradeço se alguém tiver mais alguma coisa para acrescentar.
*
POR QUE O NAZISMO ERA SOCIALISTA E POR QUE O SOCIALISMO É TOTALITÁRIO
"A inescapável conclusão a ser traçada é a de que o terror experimentado nos países socialistas não foi simplesmente culpa de homens maus, como Stalin, mas sim algo que brota da natureza do sistema socialista. Stalin vem à frente porque sua incomum perspicácia e disposição ao uso do terror foram as características específicas mais necessárias para um líder socialista se manter no poder. Ele ascendeu ao topo por meio de um processo de seleção natural socialista: a seleção do pior."
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/nazismo-e-comunismo-sao-coletivistas.html

*
"Em uma patocracia, todas as posições de liderança (desde o líder de bairro e os gerentes de comunidades cooperativas, sem mencionar os diretores das unidades de polícia, os serviços especiais de pessoal da polícia e os ativistas do partido patocrático) devem ser preenchidas por indivíduos com anomalias psicológicas correspondentes, que são herdadas, como regra. Contudo, tais pessoas constituem uma pequena porcentagem da população, o que faz com que elas sejam mais valiosas para os patocratas. Seu nível intelectual ou habilidades profissionais não podem ser levadas em consideração, uma vez que as pessoas que representam as habilidades superiores são ainda mais difíceis de serem encontradas. Depois que um sistema como esse tenha permanecido por vários anos, cem por cento de todos os casos de psicopatia essencial estarão envolvidos em uma atividade patocrática. Eles são considerados os mais leais, mesmo que alguns deles tenham estado anteriormente envolvidos com o outro lado, de alguma forma. Sob tais condições, nenhuma área da vida social pode se desenvolver normalmente, seja na economia, cultura, ciência, tecnologia, ou administração. A patocracia progressivamente paralisa tudo. As pessoas normais tendem a desenvolver um nível de paciência além do alcance de qualquer pessoa que vive em um sistema do homem normal, somente a fim de explicar o que fazer e como fazer para alguma mediocridade obtusa de um deficiente psicológico, que foi colocado em uma posição como responsável por algum projeto que ele não pode nem entender, muito menos gerenciar. Esse tipo especial de pedagogia – instruir pessoas com deficiências enquanto se evita sua ira – requer uma grande quantidade de tempo e de esforço, mas de outra forma não seria possível manter condições de vida toleráveis e realizações necessárias na área econômica e na vida intelectual de uma sociedade. Mesmo com tais esforços, a patocracia progressivamente penetra em todo lugar e embota tudo." do livro PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER
PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER
*
"Uma vez que as funções gerenciais foram tomadas pelos indivíduos com inteligência medíocre e traços de caráter patológico, a patocracia se torna incapaz de administrar qualquer coisa de forma apropriada. A área que sofre com maior gravidade é sempre aquela que requer uma pessoa que aja independentemente, que não perca tempo buscando o modo apropriado de se comportar. A agricultura é dependente das mudanças das condições climáticas e do surgimento de pragas e de doenças. As qualidades pessoais de um fazendeiro têm sido um fator essencial de sucesso nessa área, por muitos séculos. A patocracia, desta forma, traz invariavelmente o racionamento de comida."
PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER
*
A DESTRUIÇÃO DA MERITOCRACIA É CRIME HEDIONDO CONTRA O FUTURO - A SELEÇÃO DOS PIORES
https://youtu.be/Pja0JQ5iIlQ

*
DERRUBAR A MERITOCRACIA ABRE CAMINHO PARA PSICOPATAS AO PODER - MARO FILÓSOFO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/08/derrubar-meritocracia-abre-caminho-para.html
*
RECUSA AO MÉRITO E À MERITOCRACIA É CAUSA DE DEGRADAÇÃO DA SOCIEDADE - PERCIVAL PUGGINA
https://youtu.be/7OD3wpKVYOE

*
CORRUPÇÃO CAPITALISTA E CORRUPÇÃO COMUNISTA - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/RQCIQtXcEjc

*
DIREITA, ESQUERDA E CORRUPÇÃO - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/Zo9o8yYsXzI
*
Todo o pessoal de rabo pre$o TEM QUE SER INVESTIGADO, porque com certeza aparecerão as maracutaias. Comunismo é isso, a substituição dos competentes pela gangue, e das leis pela vontade do partido. A depredação da verdade faz parte desse processo de destruição da civilização, dos valores "burgueses", do estado de direito, da meritocracia, para darem lugar ao sistema em que o poder é o critério, e a vontade do partido é a voz de deus, está acima das leis e DEFINE A VERDADE. É um sistema que privilegia e seleciona psicopatas para posições de poder. Tudo isso com a sua ajuda, caso você engula a isca. Juízes, deputados, senadores, empresários, jornalistas, administração pública e todos que apoiam esse esquema não poderão reclamar dos crimes, mentiras e absurdos que constituem seu método de tomada de poder e de GOVERNAR! Serão responsáveis pela instalação de um SISTEMA DE DOMINAÇÃO FEITO PARA PSICOPATAS e terão que conviver para sempre com isso.



 APARELHAMENTO E ROUBALHEIRA RECORDE FEITOS PARA CONSTRUIR A DITADURA - CONDE LOPPEUX
https://youtu.be/Gn567VcZ-YU

RELAÇÕES DE PODER PREDOMINAM SOBRE A RELAÇÃO COM A REALIDADE
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/10/comunismo-o-reino-do-subjetivismo-olavo.html

COMUNOCINISMO - A ESQUERDA CONTINUA A VIGARISTA DE SEMPRE - REINALDO AZEVEDO http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/12/comunocinismo-esquerda-continua.html

A MENTIRA COMO MÉTODO - Ferreira Gullar http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/a-mentira-como-metodo-ferreira-gullar.html
 *
“Corrupção no Brasil assusta o mundo” Chefe do Tribunal Penal Internacional, Haia, Países Baixos pede investigação internacional
http://pensabrasil.com/corrupcao-no-brasil-assusta-o-mundo-chefe-do-tribunal-penal-internacional-haia-paises-baixos-pede-investigacao-internacional/
*
Uma mente revolucionária:
1- inversão da percepção do tempo;
2- inversão da moral;
3- inversão do sujeito-objeto;
4- mudança do senso-comum

1- Reescrevem a história com a mão esquerda.
2- Qualquer meio serve à Revolução já que o fim a que persegue é bom de per si. Mentira, corrupção, engodo, simulação.
3- Stalin não matou ninguém, na verdade, as pessoas se mataram ao não colaborarem com o regime.
4- O absurdo torna-se natural. O excepcional, a regra.
O problema do Brasil tem muito pouco a ver com corrupção de dinheiro e muito mais com corrupção da mente das pessoas. Inclusive de brasileiros bem intencionados e que ocupam posição de poder.
Mal sabem que estavam abrindo a cova para seus próprios filhos.
MATHEUS FARIA

*
Alguns traços da mente revolucionária
Excerto dos rascunhos inéditos do livro A Mente Revolucionária.
http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/13970-alguns-tracos-da-mente-revolucionaria.html
*
PSICOPATAS NO PODER - EXCERTOS
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/06/psicopatas-no-poder-ponerologia.html
*
 A TOMADA DO BRASIL PELOS MAUS - PERCIVAL PUGGINA
https://youtu.be/DcWHqlwv1MY
*
Olavo de Carvalho  - "Meritocracia" é um slogan publicitário e um mito. Não corresponde a nenhum fenômeno identificável na economia de mercado, sistema infinitamente complexo onde fatores incontroláveis como o acaso e as simpatias pessoais podem contar muito mais que o mérito objetivo. Meritocracia, a rigor, só pode existir em organizações hierárquicas fortemente regulamentadas onde até os chefes estão atados por um compromisso de obediência, como por exemplo um exército. Há mais meritocracia na KGB do que no capitalismo.
A superioridade prática do capitalismo é um fato inegável, mas dela os teóricos liberais e libertarians tiram, com freqüência, conclusões absurdas, que, é claro, seus discípulos tupiniquins repetem como mantras sagrados.



INCONPETENTES EM ALTOS CARGOS X TALENTOSOS INJUSTIÇADOS 
Indivíduos de um outro tipo, por outro lado, podem atingir um posto importante por pertencerem a grupos ou organizações sociais privilegiadas que estão no poder, mesmo que seus talentos e habilidades não sejam suficientes para as suas obrigações, especialmente os problemas mais difíceis. Assim, tais pessoas evitam a problemática e dedicam-se a assuntos menores de forma quase ostentosa. Um componente histriônico aparece em sua conduta e os testes indicam que sua correção de raciocínio se deteriora progressivamente após alguns poucos anos dignos de tais atividades. Frente a pressões crescentes para executar as atividades em um nível inatingível para elas, e com medo de serem descobertas como incompetentes, começam a direcionar ataques contra qualquer um com talentos e habilidades melhores, removendo estas pessoas dos cargos devidos e desempenhando um papel ativo na degradação de seus ajustamentos profissionais e sociais. Isso, é claro, gera um sentimento de injustiça e pode levar a problemas do indivíduo que teve uma adaptação descendente, como descrito anteriormente. Pessoas com um ajustamento ascendente favorecem, assim, os chicoteadores e os governos totalitários que protegem suas posições. Ajustamentos sociais para cima e para baixo, assim como os qualitativamente inadequados, resultam em desperdício do capital básico de qualquer sociedade, formado pelo conjunto de talentos de seus membros. Isso leva simultaneamente a um aumento da insatisfação e das tensões entre os indivíduos e os grupos sociais; qualquer tentativa de abordagem sobre as problemáticas do talento humano e sua produtividade como sendo um assunto puramente privado deve, contudo, ser considerado perigosamente ingênuo. O desenvolvimento ou a involução em todas as áreas da vida cultural, econômica e política dependem da extensão na qual o seu conjunto de talentos é apropriadamente utilizado. Em última análise, isso também determina se haverá evolução ou revolução. Os exemplos apresentados acima não exaurem a questão dos fatores causais que influenciam a criação de uma estrutura social, os quais corresponderiam adequadamente às leis da natureza. Nosso nível instintivo da espécie já codificou a intuição de que a existência da estrutura interna da sociedade, baseada nas variações psicológicas, é necessária; ele continua se desenvolvendo ao lado de nossa inteligência básica, inspirando nosso senso comum saudável. Isto explica porque a parte mais numerosa da população, cujos talentos estão próximos da média, geralmente aceita sua posição social modesta, em qualquer país, desde que esta posição preencha os requisitos indispensáveis de ajustamento social adequado e garanta um meio de vida justo, não importando em qual nível da sociedade o indivíduo encontre sua adaptação adequada. Esta maioria de pessoas medianas aceita e respeita o papel social das pessoas cujos talentos e educação são superiores, contanto que eles ocupem posições apropriadas dentro da estrutura social. As mesmas pessoas, contudo, reagirão com críticas, desrespeito, e até desprezo, sempre que alguém, tão mediano quanto eles, compense as suas deficiências exibindo sua posição de ajustamento acima da que merecem. 
Do livro: 
PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER de ANDREW LOBACZEWSKI 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário