CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

É PRECISO QUE O CONHECIMENTO SOBRE DESINFORMAÇÃO NÃO SE TRANSFORME NUMA DESINFORMAÇÃO DE SEGUNDO GRAU

Repare-se que o termo DESINFORMAÇÃO surge primeiro em russo, DEZINFORMATSIYA, logo após a Segunda Guerra Mundial, e deveria ser entendido como designando práticas exclusivamente capitalistas. É curioso como o nome já assenta bem à coisa que define, pois os soviéticos atribuíam aos adversários, práticas que estes ainda não tinham descoberto. 
 
O termo passa depois para o ingles, DESINFORMATION. O Chambers Twentieth Century Dictionary, Londres, 1972, define-o imparcialmente como fuga deliberada de informações enganosas. Aparece em França em 1974, cheio de significados políticos fortemente orientados: Ignorancia em que se mantém o público sobre um problema de extrema gravidade; não esclarecer suficientemente a opinião pública sobre questões importantes. Graças à palavra DESINFORMAÇÃO, já é lançada alguma desinformação. A palavra serve para a coisa, como na URSS. A reedição seguinte do dicionário Grand Robert conterá uma definição mais apropriada: "Utilização das técnicas da informação, nomeadamente da informação de massa, para induzir em erro, esconder ou disfarçar os fatos".

Recordo o almoço, em 1982, durante o qual o saudoso professor Pierre Debray-Ritzen, Jean Ferré e eu próprio elaboramos a seguinte definição: "Técnica que permite fornecer a terceiros informações gerais errôneas que os conduzem a cometer atos coletivos ou a difundirem juízos
desejados pelos desinformadores." 

Note-se que a palavra desinformação é mal construída. O prefixo de, dé, des, dés indica em francês "afastamento, separação, privação" e não fraude. "Despimo-nos", "desengordura-se", desorganiza-se, isto é, eliminam-se os fatos, a gordura, a organização. Ora, "desinformar" não significa "privar de informação" mas sim "fornecer uma informação falsa". Teria sido preferível falar de má-informação, como em malcasado, ou em disinformação, como em dislexia, dispepsia.

Notemos ainda que a noção de desinformação se presta a uma certa forma de paranóia . Sobretudo na época em que o KGB era o principal artífice na matéria, era fácil ver desinformantes por todo lado, assim como outros viam judeus, maçons, jesuítas, ou membros da Opus Dei. Conceitos como "Ouvidos inimigos escutam-vos." ou "O olho de Moscou observa-vos." conduzem tranquilamente a perturbações psicológicas. Então como será se imaginarmos que o inimigo não se contenta em ver e ouvir, mas também sussurra e seduz? Pensemos em não nos deixar cair nestas manias.

Os comentários que fizemos sobre o caráter aleatório da informação, mesmo a mais bem intencionada, ajuda-nos neste campo. É preciso, sobretudo, que o conhecimento da desinformação não se transforme numa DESINFORMAÇÃO DE SEGUNDO GRAU. 

Extraído do livro PEQUENA HISTÓRIA DA DESINFORMAÇÃO, de Vladimir Volkoff
***

SUN TSU, DESINFORMAÇÃO, PROTOCOLOS, DECÁLOGO
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/sun-tsu-desinformacao-protocolos.html

DESINFORMAÇÃO: A PRINCIPAL ARMA COMUNISTA - ION PACEPA, YURI  BEZMENOV, ANATOLIY GOLITSYN 
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/01/desinformacao-livro-de-ion-mihai-pacepaq.html

DESINFORMAÇÃO -KGB E A ESTRTÉGIA DA MENTIRA EM ESCALA PLANETÁRIA - NOVAS MENTIRAS EM LUGAR DAS VELHAS - ANATOLIY GOLITSYN  O LIVRO JÁ ESTÁ NA INTERNET
"O mundo Ocidental como um todo, e os Estados Unidos em particular, se equivocaram seriamente sobre a natureza das mudanças no mundo comunista. Não estamos testemunhando a morte do comunismo, mas uma nova ofensiva estratégica de desinformação."Anatoliy Goliytsyn
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/09/novas-mentiras-em-lugar-das-velhas.html

PÁGINA DE OLAVO DE CARVALHO DERRUBADA
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2017/01/pagina-de-olavo-de-carvalho-derrubada.html

TÉCNICAS DE MANIPULAÇÃO:
POR TRÁS DA TRANSFORMAÇÃO SOCIAL - CRISTIAN DEROSA
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-aula-1/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-02/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-3/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-4/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-5/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-6/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-7/
http://estudosnacionais.com/por-tras-da-transformacao-social-episodio-8/
PSICOPOLÍTICA  http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/04/psicopolitica.html
MANIPULAÇÕES NA EDUCAÇÃO  http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/02/a-resistencia-rebeldes-na-nova-ordem.html
TÉCNICAS VARIADAS  http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/10/tecnicas-de-engodo-e-manipulacao-de.html
KGB E O USO DO TERROR  http://conspiratio3.blogspot.com.br/2013/12/kgb-governo-pelo-terror-pavlov-lavagem.html 


O POLITICAMENTE CORRETO CENSURA A PERCEPÇÃO E EMBOTA A INTELIGÊNCIA -  FÁBIO BLANCO 
https://youtu.be/opdkfSNBOKY

“os comunistas devem estar preparados para todos os sacrifícios e, se necessário, recorrer a toda sorte de astúcias e estratagemas, empregar medidas ilegais, evitar e esconder a verdade. A parte prática da política comunista é incitar cada (inimigo) contra o outro. Nós comunistas devemos usar um país contra o outro. Minhas palavras (sempre) foram calculadas para despertar ÓDIO, AVERSÃO E DESPREZO, não para convencer, mas para quebrar a elite do oponente, não para corrigir seus erros, mas para destruí-lo, para exterminar sua organização e eliminá-la da face da terra. Esta formulação é de natureza e invocar os piores pensamentos, as piores dúvidas, as maiores suspeitas (dos ainda neutros) em relação ao oponente”.  Vladimir Lênin


  

Nenhum comentário:

Postar um comentário