DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

quinta-feira, 30 de junho de 2016

CENSURA POLITICAMENTE CORRETA DOS PENSAMENTOS - INCRIMINAÇÃO DO DISCURSO DE ÓDIO - PARAMORALISMO


Incriminação do “discurso de ódio” e os perigos do Direito Penal autoritário

Flávio Morgenstern

(...) Algo similar é o que se observará caso a recente denúncia oferecida em face do Deputado Jair Bolsonaro pelos crimes de apologia e injúria realmente desague em sua condenação: sancionar-se-ia o agente não pelo que ele fez (uma vez que não há como extrair objetivamente qualquer conteúdo apologético da frase “eu não a estupraria porque você não merece”), mas pelo que ele é e pensa, substituindo assim o “direito penal do fato” pelo antigo e indesejável “direito penal do autor”. Não descabe dizer que a mencionada frase do parlamentar é de fato abjeta e moralmente reprovável, mas as decisões judiciais estão adstritas a critérios legais na apreciação dos casos concretos submetidos a seu crivo, não sendo dado a qualquer magistrado ou Tribunal emitir julgamentos morais e políticos.

Em suma, caminhamos para a volta de um direito penal expansionista e simbólico que, sob pretextos muito nobres como a eliminação da “intolerância”, passa a se preocupar primariamente com o caráter representativo que se extrai das punições e não hesita em assumir a audaciosa pretensão de corrigir o modo de pensar dos indivíduos, violando assim um preceito básico que acompanha a cultura jurídica desde os tempos romanos:“cogitationis poenam nemo patitur” (ninguém pode ser punido por seus pensamentos). Uma vez conferido a essas almas tão bem intencionadas o poder de discernir as opiniões corretas das incorretas, surge a já conhecida dúvida anunciada por Agostinho Ramalho Marques Neto — “quem nos protegerá da bondade dos bons?”.

Não por outra razão, a doutrina penalista contemporânea preconiza que tal tarefa pedagógica não pode ser atribuída à justiça criminal, deslegitimando as intervenções penais fundadas exclusivamente na ética social, pois “ao direito penal incumbe exclusivamente a proteção de bens jurídicos, não a moralização dos seus cidadãos, nem a melhora ética da sociedade, que é tarefa de outras instâncias”.[2]

Não se discorda que a melhora ética dos cidadãos seja algo necessário e desejável. Contudo, em uma sociedade democrática e pluralista, alcançar a esfera da convicção íntima do indivíduo para alterar o padrão dos valores que o animam não pode ser papel do direito penal, senão apenas de entidades informais como a família, a escola e a religião. E ainda que tal objetivo fosse realizável através da intervenção penal (e claramente não é), nada garante que os ocupantes do poder realmente se valessem da prerrogativa de ditar mais livremente o conteúdo das condutas criminosas para promover o bem comum. Ao contrário: nossa história adverte que mais prudente seria desconfiar que a usassem para salvaguardar seus próprios interesses e os do partido dominante, motivo pelo qual manter o direito penal adstrito à sua função essencial, de repressão da violência concreta, é sempre a decisão mais saudável à manutenção das liberdades individuais e da própria democracia.

http://sensoincomum.org/2016/06/27/incriminacao-do-discurso-de-odio-e-os-perigos-do-direito-penal-autoritario/

***

Para entender o que se esconde por trás da alegação de “discurso de ódio”
http://www.jornalopcao.com.br/colunas-e-blogs/imprensa/para-entender-o-que-se-esconde-por-tras-da-alegacao-de-discurso-de-odio-49198/


UM SILÊNCIO INCÔMODO – CRÍTICA À INCRIMINAÇÃO DO DISCURSO DE ÓDIO
http://www.direito.ufmg.br/revista/index.php/revista/article/view/68/64
*
PSICOPATAS SABEM TIRAR VANTAGEM DO DESCONHECIMENTO DAS PESSOAS NORMAIS SOBRE ELES
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/07/psicopatas-sabem-tirar-vantagem-do.html
*
CENSURA POLITICAMENTE CORRETA - DANILO GENTILI http://conspiratio3.blogspot.com.br/2016/06/patrulha-da-censura-politicamente.html
*
A CENSURA DESTRÓI MAIS QUE A MENTIRA http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/04/a-censura-e-pior-que-mentira-mentira.html
*
ANGELA MERKEL, A DILMA ALEMÃ, PEDE CENSURA PARA O FACEBOOK
Na conversa que teve com Mark Zuckerberg, a Sra. Merkel queria saber de que maneira o fundador do Facebook poderia ajudá-la a restringir a liberdade de expressão dos europeus, no Facebook e em outras redes sociais. Dirigindo-se a Zuckerberg em uma reunião de cúpula na ONU em setembro último (sem saber que os microfones estavam ligados) ela perguntou o que poderia ser feito para restringir a publicação de posts negativos à sua política de migração no Facebook. 'Vocês estão trabalhando nisso'? Ela perguntou a ele. 'Estamos sim', respondeu Zuckerberg. Nos meses seguintes ficamos sabendo que não se tratava de um mero bate-papo na hora do almoço. Em janeiro deste ano o Facebook lançou a 'Iniciativa de Coragem Civil na Internet', disponibilizando um milhão de Euros para custear organizações não governamentais em seu trabalho de conter postagens 'racistas' e 'xenofóbicas' na internet. A empresa também se comprometeu em remover o 'discurso de incitamento ao ódio' e expressões de 'xenofobia' do website do Facebook.
http://www.midiasemmascara.org/artigos/globalismo/16593-2016-07-02-00-24-55.html
FUNCIONÁRIOS DENUNCIAM CENSURA NO FACEBOOK  http://epoca.globo.com/vida/experiencias-digitais/noticia/2016/05/ex-funcionarios-criticam-neutralidade-do-facebook-que-teria-banido-noticias-conservadoras-nos-eua.html
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/05/1769695-conservadores-acusam-facebook-de-parcialidade-politica.shtml 
FACEBOOK, GOOGLE, TWITTER A SERVIÇO DA CENSURA POLITICAMENTE CORRETA   http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/05/facebook-google-twitter-servico-da.html

DITADURA: FACEBOOK ESTÁ AJUDANDO GOVERNO ALEMÃO A SUPRIMIR OPINIÕES CONTRA O ISLAMISMOhttp://www.libertar.in/2016/07/ditadura-facebook-esta-ajudando-governo.html

CENSURA - CPI DOS CRIMES CIBERNÉTICOS  https://youtu.be/W0rw9jtwRCg

CPI DOS CRIMES CIBERNÉTICOS - ATENTADO CONTRA A HONRA E IP MAIS ACESSÍVEL 
https://youtu.be/WlK-d5-3Szo

A AMEAÇA TOTALITÁRIA DENTRO DO MARCO CIVIL DA INTERNET - RODRIGO MEZZOMO 
https://youtu.be/MAMUHY7JL38

POLÍTICOS QUEREM A CENSURA PARA NÃO SER CRITICADOS  -  CPI DOS CRIMES CIBERNÉTICOS
https://youtu.be/k-sPs11gmSE 

PETIÇÃO
http://migre.me/tyqjn 

DESMASCARANDO O POLITICAMENTE CORRETO https://youtu.be/Nebw7n2OZc4 

DISCURSO INVERTIDO - PT SE DIZ VÍTIMA PARA ATACAR - É METODOLOGIA
https://youtu.be/yg63n4bhcT0 

A língua de pau - Pode-se dizer que a língua de pau é a obra-prima da desinformação, pois é impossível falá-la sem nos tornarmos, pelo efeito de vampirismo, desinformado e desinformante ao mesmo tempo.
http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/13148-a-lingua-de-pau.html

PSICOPATAS NO PODER  http://conspiratio3.blogspot.com.br/2014/06/psicopatas-no-poder-ponerologia.html

TEM GENTE COM MUITA PRESSA PARA CENSURAR A INTERNET - CPI DOS CRIMES CIBERNÉTICOS 
https://youtu.be/DKL46GYtLHQ

CENSURA E CONCENTRAÇÃO DE PODER A PRETEXTO DO POLITICAMENTE CORRETO
http://sensoincomum.org/2016/07/19/guten-morgen-5-mimimicracia/

É PROIBIDO PERCEBER
http://www.olavodecarvalho.org/semana/110919dc.html

 “No meu estudo das sociedades comunistas, cheguei à conclusão de que o propósito da propaganda comunista não era persuadir, nem convencer, mas humilhar – e, para isso, quanto menos ela correspondesse à realidade, melhor. Quando as pessoas são forçadas a ficar em silêncio enquanto ouvem as mais óbvias mentiras, ou, pior ainda, quando elas próprias são forçadas a repetir as mentiras, elas perdem de uma vez para sempre todo o seu senso de probidade... Uma sociedade de mentirosos castrados é fácil de controlar."
-- Theodore Dalrymple


PARA SE INVESTIGAR
No que diz respeito ao modus operandi do Foro de São Paulo, sempre que ele tem uma agenda a ser alcançada, trata primeiro de erguer um teatro de fantoches que distrairá a atenção dos incautos enquanto seus verdadeiros objetivos são implementados desapercebida e silenciosamente. É por isso que não é surpreendente o fato de que mesmo a parcela da população considerada informada não esteja se dando conta de que as tais “10 Medidas contra a corrupção” são mais um “cavalo de Tróia”, do mesmo jaez de tudo aquilo que vem da parte do Foro de São Paulo.
www.jornalopcao.com.br/bastidores/entenda-como-as-10-medidas-contra-corrupcao-vao-aumentar-corrupcao-69633/  

*
ELES NÃO SE IMPORTAM. QUEM TE ROUBA NÃO É TEU AMIGO.
No referendo de 2005, votei NÃO ao desarmamento. Alguns amigos me aconselharam a votar SIM à "paz", à "vida", etc., mas votei SIM à lógica, à percepção, à sanidade. Eu não podia votar em uma lei ideal, mas sem base na realidade. Como podíamos entregar mais poder aos mentirosos que não fizeram nada pela paz, mas nos pediam esse sacrifício radical em nome da paz? O que haveria por trás dessa farsa? Não pensei muito nisso, mas senti o absurdo logo de cara e estranhei aqueles que não estavam somando 2+2. O desarmamento é mais um tópico da agenda esquerdista politicamente correta para a qual este mesmo raciocínio é válido e deveria disparar o alarme nos sensores da sociedade. O politicamente correto é a roupa nova do imperador tecida de hipocrisia esquerdopata.
Autoridades "humanistas" que nos imputam acusações vagas, mas ferozes, de preconceito, bullying, assédio, atentado à honra, e desprezam os verdadeiros grandes problemas como a ignorância crescente, o genocídio na saúde e segurança públicas, a incompetência do setor público em TODAS as áreas, pra não dizer sabotagem pelo aparelhamento, essas "autoridades" não merecem crédito, mas sim INVESTIGAÇÃO! E é o que estaria acontecendo se a Justiça não estivesse entre aqueles setores disfuncionais.
O que essa incoerência está nos dizendo? Que a omissão das autoridades para os crimes comuns e as velhas leis descumpridas atestam que CRIMINOSOS é que estão no comando e legislando em causa própria. Que o próprio "zelo humanitário" politicamente correto por micro direitos é feito para corroer grandes direitos, como a liberdade de opinião, dos quais dependem nossa sanidade, a civilização e a sobrevivência da espécie. Direitos sempre foram iscas para derrubar o estado de direito, e o politicamente correto é mais um cavalo-de-Tróia feito para instalar o totalitarismo. Comece somando 2+2 e perceba claramente que o discurso esquerdista está furado, eles não se importam com o povo nem com a realidade dos fatos.  
*
O politicamente correto é totalitário. Não visa o bem de nenhum grupo minoritário, mas possibilitar ao Estado adentrar e controlar o comportamento e deformar o pensamento da população, e especialmente reprimir e criminalizar opositores. Seu código de conduta baseado em conceitos vagos, derivados de palavras esvaziadas de sentido, depende mais da repetição do que da compreensão. Um estudo aprofundado desnudaria sua perversidade de propósitos e resultados DESUMANOS. Assim como o PT que declara seu amor pelo povo, mas suga todos os seus recursos até matá-lo, os autores e condutores do embuste politicamente correto não têm noção do que seja o bem da sociedade, apenas usam a ladainha da justiça social para praticar o mal. Psicopatas empregam palavras para invocar um sentimento ou conceito que não podem entender, distorcê-las até a inversão e esgotar seu sentido. "Nosso mundo natural de conceitos, baseados nos instintos da espécie, atinge o psicopata como uma CONVENÇÃO QUASE INCOMPREENSÍVEL, sem nenhuma justificação na sua própria experiência psicológica. Eles pensam que os costumes e os princípios de decência são uma convenção externa inventada e imposta por alguém, tola, onerosa, em alguns casos até mesmo ridícula." Do livro PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER

O livro "A NOVA CLASSE", de Milovan Djilas, tem uma passagem interessante no capítulo "Tirania do Espírito", sobre a busca de uma IGUALDADE na visão de mundo e o controle insano da atividade do pensamento nas sociedades comunistas: "Por outro lado, a discriminação ideológica nos sistemas comunistas tem a finalidade de proibir outras idéias e de impor as suas. São duas surpreendentes formas de tirania inacreditável, total. O pensamento é a mais criadora das forças: descobre o que é novo. O homem não pode viver nem produzir se não pensar e meditar. Mesmo que possam negá-lo, os comunistas são forçados a aceitar, na prática, esta verdade. Por isso, procuram tornar impossível o predomínio de outro pensamento que não seja o deles. O homem pode renunciar a muitas coisas, mas tem necessidade de pensar e comunicar seus pensamentos. É um sofrimento profundo ser compelido a silenciar quando se tem necessidade de expressão. OBRIGAR O HOMEM A NÃO PENSAR, A EXPRESSAR PENSAMENTOS QUE NÃO SÃO OS SEUS, É A PIOR FORMA DE TIRANIA. A limitação da liberdade de pensamento não constitui apenas um ataque a direitos sociais e políticos específicos, mas também ao próprio ser humano como tal." "A proposição de que o marxismo é um método universal, proposição que os comunistas têm obrigação de defender, leva na prática a uma tirania em todos os campos de atividade intelectual”. Milovan Djilas – “A Nova Classe”
*

 
*
PARAMORALISMO E CENSURA POLITICAMENTE CORRETA
Paramoralismos - a convicção de que valores morais existem e de que algumas ações violam regras morais é um fenômeno tão comum e antigo que parece ter um substrato no nível da dotação instintiva e que não somente representa séculos de experiência, cultura, religião e socialização. Assim, qualquer insinuação estruturada em slogans morais será sempre sugestiva, mesmo se os critérios "morais" utilizados forem simplesmente uma invenção ad hoc. Pode-se provar, desta forma, que qualquer ato é imoral, por meio de PARAMORALISMOS utilizados como sugestão ativa, e sempre haverá pessoas cujas mentes sucumbirão a tais raciocínios. 
Infelizmente, inventar critérios morais sempre novos, de acordo com a conveniência de alguém, tornou-se um fenômeno frequente para indivíduos, grupos de opressão, ou sistemas políticos patológicos. Tais sugestões privam parcialmente as pessoas do seu raciocínio moral e deformam o desenvolvimento deste nos mais jovens.
(PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER)

*
"Graças ao seu conhecimento psicológico específico e à sua convicção de que as pessoas normais são ingênuas, uma patocracia é capaz de aprimorar as suas técnicas "anti-psicoterapêuticas" e, patologicamente egotística como de costume, insinuar seu mundo de conceitos deficientes para os outros em outros países, tornando-os suscetíveis à conquista e à dominação. Os métodos mais freqüentemente utilizados incluem os métodos paralógicos e conversivos, tais como a projeção das qualidades e intenção de uma pessoa sobre as outras, sobre grupos sociais ou nações, a indignação paramoral e o bloqueio reverso. Esse último método é o favorito dos patocratas, utilizado em larga escala, direcionando as mentes das pessoas medianas para um beco sem saída porque, como resultado, faz com que elas busquem pela verdade no meio termo entre a realidade e o seu oposto." (PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER)
*

"A vida emocional das pessoas que crescem dentro dessas realidades psicológicas deficientes é também repleta de dificuldades. Apesar da razão crítica, uma certa saturação da personalidade de um jovem com material patológico é inevitável, assim como são um grau de primitivismo e a rigidez de sentimentos. Os esforços constantes para controlar as emoções, assim como para evitar alguma reação tempestuosa que provoque a repressão por parte do regime vingativo e retentor, faz com que os sentimentos sejam reprimidos para um papel de algo menos problemático, algo que não deve ter uma saída natural. As reações emocionais suprimidas surgem posteriormente, de forma atrasada e inadequada ao contexto.
Um psicólogo trabalhando nesse país deve desenvolver técnicas operacionais especiais desconhecidas e até mesmo insondáveis para os especialistas que atuam no mundo livre. Elas têm o objetivo de liberar parcialmente a voz do instinto e do sentimento de seu supercontrole anormal e de redescobrir a voz interior da sabedoria natural, mas isso deve ser feito de tal forma que evite expor o paciente a resultados infelizes de LIBERDADE EXCESSIVA de reação nas condições em que ele é obrigado a viver. Um psicólogo deve operar cuidadosamente, com a ajuda de alusões, porque raramente ele pode informar o paciente, de forma clara, sobre a natureza patológica do sistema. "
(PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER)
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário