DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

domingo, 12 de junho de 2016

O SOCIALISMO É UMA GOZAÇÃO SINISTRA, UMA PIADA DE SATANÁS, INVENTADA ESPECIALMENTE PARA DEMONSTRAR A DEUS A ESTUPIDEZ INCURÁVEL DAS SUAS CRIATURAS - OLAVO DE CARVALHO




 
 
Olavo de Carvalho  O socialismo é uma gozação sinistra, uma piada de Satanás, inventada especialmente para demonstrar a Deus a estupidez incurável das Suas criaturas
 
*
O socialismo é sedutor PORQUE é pueril: seu discurso apela ao menino mimado que há no fundo de cada cidadão adulto.
*
O sonho de todo menino mimado é tornar-se independente do pai por meio de aumentos da mesada.
*
Socialistas vivem dizendo que querem o debate democrático, mas quando alguém os refuta a reação deles é escrever em massa ao editor exigindo que não publique mais essas coisas reacionárias.
*
Toda vez que um socialista se sai mal num debate ele anota o nome do adversário para não se esquecer de fuzilá-lo quando vier a porra da revolução.
*
Os parágrafos finais do artigo de Einstein, onde ele diz que o socialismo precisa tomar cuidado para não dar muito poder à burocracia, são uma das coisas mais bobocas que já li. Nem o Sakamoto escreveu algo tão pueril.
*
Quando um sujeito escreve um livro para colocar-se a si próprio no topo da evolução da humanidade, mesmo tendo dado contribuições efetivas em outros domínios ele é um charlatão. Einstein fez isso em “A Evolução da Física”. Entre outros erros históricos medonhos, necessários para dar credibilidade à sua tese. ele começa por dizer que antes de Newton a Física de Aristóteles havia dominado o pensamento europeu por mil anos. A Física de Aristóteles só chegou à Europa no século XIII — e foi imediatamente condenada por um Concílio. Einstein está tão habilitado a ensinar história das ciências quanto eu a refutar as suas equações.
*
A discussão infindável de miudezas é a técnica mais usual do confusionismo. Tratar posts do facebook como se fossem trabalhos acadêmicos é outra,
 
*
 
 
 

O Que É Ser Comunista por Olavo de Carvalho
http://www.militar.com.br/blog25335-O-Que-%C3%89-Ser-Comunista-por-Olavo-de-Carvalho


- SER COMUNISTA

Não é fácil ser comunista. É necessário ser um perfeito idiota.
Não basta ser "meio" idiota. É preciso ser um idiota completo! No começo do século passado, há quase cem anos, o comunismo era uma tentadora promessa. Políticos, intelectuais e religiosos de todos os matizes depositaram grande esperança no regime que prometia acabar com a exploração do homem pelo "capitalismo" e implantar na Terra um regime celestial de amor e justiça social. A partir de 1917, entretanto, o comunismo foi experimentado exaustivamente em dezenas de países, principalmente na União Soviética, onde perdurou por setenta e três anos.

Fracassou em todos esses países. Não cumpriu suas promessas. Ao contrário, só resultou em genocídio, torturas, truculência, obsessão bélica, terrorismo de Estado, trabalho escravo, injustiça social, destruição do ambiente e estrondoso fracasso econômico. No entanto, no Brasil, por ignorância ou por burrice mesmo, inúmeras categorias recusam-se a aprender com a experiência comunista, principalmente a soviética. Insistem em aprender da maneira mais difícil: pela própria experiência. Esta é a principal característica do idiota perfeito. Para provar esta tese, vamos visitar alguns comunistas típicos do Brasil:

- SINDICALISTAS: - No Brasil, praticamente todos os sindicatos são comunistas, a maioria dominada pela CUT. Se depender deles, o comunismo seria instalado imediatamente no Brasil, no melhor estilo estalinista. No entanto, será que estas cavalgaduras (sem desfazer dos pobres muares) não sabem que a primeira coisa que os comunistas fariam, ao assumir o poder, seria acabar com os sindicatos? Em TODOS os países comunistas, sindicatos foram proibidos e ainda hoje o são, nos fósseis comunistas Cuba, Coréia do Norte e China. Nestes países, por não existir sindicatos, os operários trabalham como escravos e ganham misérias. Até as pedras sabem disto, menos os sindicalistas brasileiros. Eles deveriam lutar pelo capitalismo, pois foi somente nos países capitalistas que os sindicatos conquistaram vantagens para os trabalhadores. Será que os sindicalistas comunistas ignoram que nos países capitalistas os trabalhadores gozam de liberdade e ganham, geralmente, mais de CEM vezes o que ganha um operário cubano, por exemplo? É imperdoável tamanha ignorância!

Ao pregar a subversão comunista, os idiotas estão cavando o próprio túmulo! Será que eles não se lembram que foi o sindicato polonês Solidariedade que deu o golpe de misericórdia no colapso do Império Soviético? Comunismo e sindicatos são totalmente incompatíveis.

- PROLETÁRIOS: - A grande maioria dos operários acredita na balela comunista da "ditadura do proletariado". No entanto, respondam: quando aconteceu isso?
Resposta: nunca! Na União Soviética ocorreu a ditadura dos burocratas corruptos, que gozavam de privilégios de casta, enquanto os operários eram mandados para trabalhar nos gulags, campos de trabalho escravo na Sibéria.
Havia milhares de gulags! Metade dos escravos morria por maus tratos, de fome, de frio (até sessenta graus abaixo de zero), ou então levava uma bala na nuca. E ninguém se importava com isso. Nos gulags, as mulheres trabalhavam mais que cavalos, segundo o Coronel Danzig Baldaiev, que fez cerca de duzentos desenhos para demonstrar o horror dos gulags. Eram submetidas a trabalho tão pesado que seus úteros saiam para fora e eram forçadas a continuar a trabalhar, com os úteros dependurados. Em TODOS os regimes coletivistas, como o socialismo e o comunismo, os indivíduos não têm nenhum valor. Na construção do canal do Rio Volga até Moscou os badalados proletários eram empurrados, junto aos carrinhos de concreto, para preencher o espaço das formas. Na Sibéria existe até hoje uma "estrada dos ossos", pavimentada com os ossos dos operários que a construíam, que morriam como moscas e eram substituídos imediatamente, para fornecer mais ossos. Nos gulags, segundo Baldaiev, os escravos proletários que trabalhavam bem ganhavam um pão inteiro para alimentar-se durante cada dia. Os outros, ganhavam meio pão. Comunismo é isso! Não é opinião. É fato histórico!
Segundo Soljenítsen, que foi um relutante hóspede dos gulags por oito anos, Stálin, que pregava a balela da "ditadura do proletariado", mandou para os campos de trabalho escravo cerca de sessenta e cinco milhões de cidadãos, a grande maioria proletários. As cidades soviéticas, por ordem do monstro Stálin, tinham cotas mensais de "inimigos do Estado" para mandar para os gulags.
Somente o de Vorkuta, por exemplo, tinha quatrocentos mil escravos, segundo John Noble, que foi escravo dos soviéticos por mais de nove anos. Lula da Silva, que se considera formado em "sindicalismo", será que sabe disso? Será este o "novo mundo possível" que os comunistas pregam? Será que os operários comunistas brasileiros sabem que Fidel Castro, depois que perdeu as esmolas do finado império soviético, abriu o mercado para hotéis europeus, nas belas praias da ilha, onde trabalham muitos empregados cubanos? Entretanto, quem recebe os salários, em dólares, é o vetusto ditador sanguinário do Caribe que, depois, distribui esmolas para os escravos cubanos e fica com o grosso do dinheiro? Isto é o que eu chamo apropriação da mais-valia. O resto é conversa para boi dormir . Além de assassino, o barbudo é mau caráter mesmo!
E o José Dirceu chorou, ao abraçá-lo... Devia chorar pelas oitenta mil vítimas do assassino Fidel Castro. Os gulags são a maior prova do fracasso do comunismo. Lênin aprendeu logo que o comunismo fracassara e tentou voltar para o Capitalismo, como a China, Cuba e Vietnã estão fazendo hoje, porém morreu, e o sanguinário Stálin usurpou o poder. Ele também percebeu o fracasso do Socialismo mas, para não recorrer ao Capitalismo, instaurou o terrorismo de Estado, sendo responsável pelo extermínio de cerca de sessenta milhões de soviéticos, nos expurgos e nos gulags - mais que todas as perdas, de todos os países, na Segunda Guerra Mundial, a mais terrível de todos os tempos. Mesmo assim, alguns perfeitos idiotas de esquerda, especialmente políticos, ainda veneram o açougueiro Stálin, e exibem sua efígie nas paredes de seus gabinetes de subversão comunista, subvencionados por nosso dinheiro. Saddam Hussein também decorava as paredes de seus palácios com imagens do monstro, e Hítler era seu grande admirador. Poucos dias antes de morrer, o demente nazista, comparando-se a Stálin, desabafou: "No final de contas, a gente se arrepende de ter sido tão generoso... " (Paul Johnson, Tempos Modernos).

- PADRES CATÓLICOS: - Quase todo os padres católicos converteram-se à estupidez comunista e fazem pregação marxista até nas missas. Não sabem que os países comunistas são ateus por dever de Estado? Tão logo o Comunismo acabar de ser instalado, os padres poderão escolher entre uma bala na nuca ou a forca. Ou ir para os gulags. Quanto às igrejas, como fizeram na União Soviética, serão transformadas em mictórios públicos. Uma escritora russa, Tania Khodkevitch, cumpriu dez anos de trabalhos forçados nos gulags só porque ousou dizer: - "Na União Soviética é permitido rezar, contanto que só Deus ouça nossas preces" (Soljenítsen). Leonardo Boff e Frei Betto, certamente seriam eliminados de pronto, para não falarem asneiras, como, por exemplo, comparar o suave São Francisco de Assis ao assassino Che Guevara, o carrasco-mor de Fidel, o tal que matava com ternura...

- JORNALISTAS: - Praticamente cem por cento dos jornalistas brasileiros são de esquerda. Tanto mais que, se não fossem, não teriam espaço na mídia, com pouquíssimas exceções. São mais que idiotas. São suicidas intelectuais porque, quando o comunismo acabar de ser implantado no Brasil (está por pouco) eles serão ainda mais patrulhados e só poderão escrever o que o partido mandar. Poderão até aposentar seus cérebros, pois não precisarão mais deles. Breve serão substituídos por robôs, que trabalharão na base do "copiar" e "colar"! Conforme denunciou o Professor Olavo de Carvalho (que já frequentou os porões dos subversivos vermelhos) há cerca de dez anos a CUT tinha cerca de oitocentos jornalistas em sua folha de pagamento, não só para escrever as idiotices de sempre como, principalmente, para filtrar matérias que denunciassem as intenções sinistras dos bolchevistas tupiniquins.

Funcionou! Os retrógrados estão no poder! Quando uma vaga se abre em algum jornal ou emissora de TV, são os sindicatos comunistas que indicam o jornalista para preencher a vaga. Jornalistas que não sejam lacaios dos canhotos podem procurar outra profissão, pois as portas do jornalismo estão fechadas para eles. Um amigo, comunista da gema, informou-me que o PT já tem um departamento, assessorado por uma equipe de advogados de alto nível, para processar todos jornalistas e articulistas que derem margem para tanto. Isto é só o começo! É o embrião da KGB tropical! Oportunamente voltaremos ao assunto, relacionando outras levas de idiotas que se deixam levar pelo tsunami vermelho que, lamentavelmente, se abate sobre os idiotas da América Latrina.

(*) Olavo de Carvalho - Ensaísta e advogado. Dedica-se a estudos nas áreas da Filosofia, História, Arqueologia, Linguística, Semântica Geral, Psicologia, Psicanálise, Cosmogonia, Cosmologia, Etologia e Sociobiologia. É colunista do site Mídia sem Máscara. É autor das obras "Hino à Liberdade" e "Tratado de Economia Profana". Entre seu material inédito, constam as obras "Sociedade da Desconfiança", "Trincheiras do Iluminismo", "A Treatise on Profane Religion", "The Twilight of Gods" e "Jesus, from Abraham to Marx".


Nenhum comentário:

Postar um comentário