DOMINGO REZE UM MINUTO

Seguidores

quarta-feira, 13 de julho de 2016

IMPOSTO PROGRESSIVO, CENTRALIZAÇÃO E OUTRAS MEDIDAS PARA ESVAZIAR OS RECURSOS DA SOCIEDADE CONTRA A DITADURA - MANIFESTO COMUNISTA


 "Sobre Yoani Sánchez, que disse que “em Cuba nunca houve comunismo, apenas capitalismo de Estado”, Olavo transcreve trecho do Manifesto Comunista para desmascarar a blogueira cubana: “A última etapa da revolução proletária é a constituição do proletariado como classe dominante... O proletariado servir-se-á da sua dominação política para arrancar progressivamente todo o capital da burguesia, para centralizar todos os meios de produção nas mãos do Estado, isto é, do proletariado organizado”.

O TEXTO ABAIXO É EXTRAÍDO DO MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA DE MARX E ENGELS

O proletariado usará a sua dominação política para arrancar a pouco e pouco todo o capital à burguesia, para CENTRALIZAR todos os instrumentos de produção na mão do Estado, i. é, do proletariado organizado como classe dominante, e para multiplicar o mais rapidamente possível a massa das forças de produção. Naturalmente isto só pode primeiro acontecer por meio de intervenções despóticas no direito de propriedade e nas relações de produção burguesas, através de medidas, portanto, que economicamente parecem insuficientes e insustentáveis mas que no decurso do movimento levam para além de si mesmas e são inevitáveis como meios de revolucionamento de todo o modo de produção.

Estas medidas serão naturalmente diversas consoante os diversos países. Para os países mais avançados, contudo, poderão ser aplicadas de um modo bastante geral as seguintes:

1.Expropriação da propriedade fundiária e emprego das rendas fundiárias para despesas do Estado.
2. Pesado imposto progressivo.
3. Abolição do direito de herança.
4. Confiscação da propriedade de todos os emigrantes e rebeldes.
5. Centralização do crédito nas mãos do Estado, através de um banco nacional com capital de Estado e monopólio exclusivo.
6. Centralização do sistema de transportes nas mãos do Estado.
7. Multiplicação das fábricas nacionais, dos instrumentos de produção, arroteamento e melhoramento dos terrenos de acordo com um plano comunitário.
8. Obrigatoriedade do trabalho para todos, instituição de exércitos industriais, em especial para a agricultura.
9. Unificação da exploração da agricultura e da indústria, actuação com vista à eliminação gradual da diferença entre cidade e campo.
10. Educação pública e gratuita de todas as crianças. Eliminação do trabalho das crianças nas fábricas na sua forma hodierna. Unificação da educação com a produção material, etc.


 “Os proletários nada têm de seu a salvaguardar; sua missão é destruir todas as garantias e segurança da propriedade privada até aqui existentes.” MANIFESTO 

Marxismo no Direito e a nossa insegurança
http://www.midiasemmascara.org/artigos/direito/16611-2016-07-14-16-31-55.html

SOCIALISMO É CONCENTRAÇÃO DE PODER - OLAVO DE CARVALHO
https://youtu.be/g5yYml8C6nA

OLAVO DE CARVALHO - "Vocês vejam que o marxismo é uma filosofia, é uma teoria econômica, é uma ideologia, é uma estratégia revolucionária, é um regime político, é um sistema ético-moral, é uma crítica cultural, é uma organização política da militância: ele é tudo isso ao mesmo tempo. Ora, vocês não encontrarão em todo o mundo, em toda a história humana, nenhum fenômeno parecido: não existe nenhum outro fenômeno que abarque de maneira unificada tantos aspectos ao mesmo tempo. Isso quer dizer que o marxismo nos coloca desde logo o problema de que não sabemos a que gênero de fenômenos ele pertence. "
http://www.olavodecarvalho.org/textos/debate_usp_2.htm


Manifesto Comunista - um manifesto anticristão
http://www.midiasemmascara.org/artigos/movimento-revolucionario/15841-2015-05-20-00-49-47.html



Nenhum comentário:

Postar um comentário