CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

OLAVO DE CARVALHO NA VEJA - STEPHEN KANITZ



Olavo de Carvalho Na Veja

Por Stephen Kanitz 


Somente agora a Veja descobriu que Olavo de Carvalho tem mais prestígio no Brasil do que a própria Veja.

Olavo descobriu dois excelentes candidatos a Ministro, a Veja em 50 anos não descobriu nenhum. Os jornalistas da Veja nunca leram o livro “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota”.

VEJA em vez de reconhecer seu erro, agora tenta destruir a reputação do Olavo acusando-o de ser da Direita radical.

Primeiro não existe Direita radical, uma que queira implantar “A Ditadura do Empresário”, o oposto da Esquerda radical.

O que a Direita brasileira quer implantar são princípios básicos nada radicais, testados há dois mil anos, como “Não Roubar”, “Não Mentir”, “ Não ficar o tempo todo pensando em comer a mulher do próximo ”, como faz a Esquerda.

A Veja jamais conseguirá assassinar a reputação de Olavo, por mais que a Esquerda queira. Quando fui demitido da VEJA por Eurípides Alcântara, via e-mail, sem nada explicar, fiquei de fato muito chateado.

Por mim e por meus leitores.

Até hoje me dizem que sentem falta dos meus artigos e perguntam por que saí da Veja. Não passa pela cabeça dos meus leitores que o colunista mais lido da Veja teria sido despedido. A VEJA não pesquisa seus leitores para saber quem lhes agrada quem não, nem analisa a repercussão de suas matérias.

Todo ano um texto meu caía no vestibular, todo cursinho recomendava assinar a Veja. O Conselho Editorial da Veja não sabe que 60% dos seus leitores votaram em Bolsonaro e adoram Olavo, que ficarão com mais raiva com essa capa e matéria infame.

Hoje fico feliz de ter sido despedido da Veja, poderia muito bem ter ficado por muito mais tempo para satisfazer meu ego e não seguir o bom senso de largar uma revista em decadência. “Descobrir” Olavo de Carvalho 30 anos depois, é um insulto aos leitores da Veja, estes cada vez mais enganados e desinformados da realidade brasileira.”




* * *

CRIMES CONTRA OLAVO DE CARVALHO E FAMÍLIA
Petição dirigida a: Jair Messias Bolsonaro - Sérgio Moro
https://citizengo.org/pt-pt/signit/168885/view

*
PELA SUSPENSÃO DA ADO 26
STF não tem poder para legislar e estabelecer um novo tipo penal. Se o fizer, arrogará para si um poder quase ilimitado, desmoralizando a democracia e outros dois poderes.
https://citizengo.org/pt-br/pc/168793-pela-suspensao-da-ado-26

*

"A mídia, no Brasil, não registra os fatos: ela os planeja e produz." Olavo de Carvalho

*

Olavo de Carvalho Todos os que se referem a mim como "ideólogo do governo Bolsonaro" não são pessoas intelectualmente sérias nem muito menos qualificadas para atuar no ensino universitário das ciências sociais. Devem seus cargos exclusivamente à interproteção mafiosa e à corrupção, e a mais breve investigação das suas carreiras os denunciará como meros agentes de interesses partidários criminosos.

As mil acusações desencontradas e mutuamente contraditórias que essa putada pseudo-intelectual esquerdista lança contra mim já é a prova da confusão inextricável em que mergulha ao tentar ler o que está acima da sua compreensão.

Meses atrás, previ que, com a ascensão do Bolsonaro e o corte das vantagens ilícitas que engordavam as contas bancárias de mil e um picaretas, estes já não estariam lutando por ideais políticos, mas pela sua simples sobrevivência econômica, social e até física. Em resposta, o sr. Caetano Veloso, comprovando o seu radical analfabetismo funcional, escreveu que EU estava ameaçando matar aquelas criaturinhas, entre as quais, é claro, ele mesmo. Fiz então um vídeo explicando a diferença, e o sr. Veloso, não podendo me contestar nem apagar o vexame a que sua ignorância o expunha, ameaçou o Youtube de processo se não retirasse do ar o meu vídeo, ou seja: privou-me do direito de me defender da acusação absurda que me fazia. A lógica da mente dele é simples: se você tira de um sujeito os meios de se defender do que você disse contra ele, ele fica, aos olhos da platéia, igualzinho ao que você disse dele

No programa que redigiu para a Brazil Conference deste ano, aquele pessoal de Harvard me denomina "ideólogo" e "filósofo autodidata". Estou respondendo -- em público -- que só aceito essas qualificações se a Dilma Rousseff for descrita como "economista portadora de um doutorado falso" e o Jean Wyllys como "deputado eleito com votos emprestados de outros candidatos".
 
*

ATAQUES CRIMINOSOS CONTRA OLAVO DE CARVALHO E A APOTEOSE DA COVARDIA - - TERÇA LIVRE 
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/01/a-apoteose-da-covardia-ataques.html
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário