CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

SÉRGIO MORO NOMEIA A COMUNISTA ILONA SZABÓ PARA CONSELHO NACIONAL

.
#BoletimDaNoite com #ItaloLorenzon
QUEREMOS SABER! O QUE UMA COMUNISTA ESTÁ FAZENDO NUM CONSELHO NACIONAL?

***


Olavo de Carvalho - Sérgio Moro: cortejar políticas desarmamentistas é TRAIR uma promessa explícita de campanha. Você não tem esse direito, nenhum ministro tem esse direito. E não venha com essa conversa de "representantes da sociedade civil". Quando os petistas, sob esse pretexto, abriram espaço para um conservador ou liberal em algum Conselho de qualquer coisa? Não nos submeta a uma GUERRA ASSIMÉTRICA.
Se como juiz você foi homem, seja-o também como ministro ou peça demissão.

Moro nomeou as esquerdistas: Szabó, Helena Moura e Mônica Barroso do " ele nao ", e como chefe de comunicação do ministério, Giselly Siqueira, nora de Míriam Leitão, comuna da Globo.

Se ele está fazendo uma média com a esquerda para não ser tão "radical", como alguns dizem, é porque desconhece a natureza radicalmente subversiva da esquerda.

E a média entre a verdade e a mentira não é melhor que a verdade.

Suponho que Sérgio Moro não esteja ligando os pontos da guerra político-ideológica que corrói o Brasil hoje. Isso explicaria por que a Lava Jato nunca adentrou a esfera do crime de alta traição que é o "projeto criminoso de poder" e nunca reconheceu o uso estratégico da corrupção para a tomada de poder comunista.

Sendo assim, se ele ignora nosso principal inimigo, causa da corrupção sistêmica e a maior ameaça ao estado de direito no Brasil, como ele pode garantir um pacote anticrime eficaz e imune a manipulações pela verdadeira quadrilha?

A corrupção e o comunismo andam juntos, sempre. Não é possível combater o crime organizado no Brasil esquecendo o CRIME de aparelhamento do Estado feito pelo PT, PSDB, e as esquerdas subordinados ao movimento revolucionário internacional. Se o MPF e o Estado hoje são sinistros, devemos isso a eles.

*
ODEBRECHT E O FORO DE SÃO PAULO - QUANDO É QUE A LAVAJATO E A IMPRENSA VÃO FALAR?
https://youtu.be/Xj9tDJSDEks


*
Olavo de Carvalho Nenhum dos mandantes do assassinato do Celso Daniel foi jamais incomodado pelas autoridades ou pela mídia. Por que haveriam de sê-lo os patrões do Adélio?
Alguém ainda não entendeu que o Brasil tem um governo secreto mais poderoso que o governo visível?

*
BENE BARBOSA: Deixa eu explicar... e se precisar eu desenho, depois explico o desenho e desenho a explicação: Ilona Szabó é INIMIGA do governo de @jairbolsonaro, não eu.
— Bene Barbosa - MVB (@benebarbosa_mvb) 27 de fevereiro de 2019
https://www.facebook.com/bene.barbosa.35/posts/1244551335692217

BENE BARBOSA Quando eu disse que era um absurdo que General Santos Cruz tivesse recebido Ilona Szabo (Igarapé) e Ivan Marques (Sou da Paz) fui bastante criticado e muitos vieram dizer que "era óbvio que eles não conseguiriam nada".
Hoje a Ilona Szabo foi nomeada para um Conselho do Ministério da Justiça. Qual será o próximo "nada" que eles conseguirão?




"Ouvir vozes diferentes", Moro? As mesmas vozes que amordaçaram as nossas durante meio século? Ora, vá catar coquinhos.
Sr. Sérgio Moro, nós somos as vozes diferentes. As vozes que foram caladas durante 50 anos, e que foram eleitas, não para conciliar com as vozes da esquerda totalitária que nos calou, mas para governar segundo a vontade da maioria conservadora
Essa farsa nojenta de querer parecer mais bonitinho que a esquerda consiste apenas em dar a ela todas as vantagens. Se um lado quer a guerra e o outro só quer troca de afagos, imaginem quem vence.
Leiam "A Consciência Conservadora no Brasil" do Paulo Mercadante e entenderão que só as moscas mudaram: os conservadores brasileiros SEMPRE tiveram a mania da conciliação com quem deseja matá-los. E por isso mesmo sempre acabam se fodendo. Por exemplo, derrubaram o Getúlio só para acabar caindo nas mãos do seu filhote João Goulart.
Nas suas profissões especializadas, pode até ser que Mourão e Moro tenham lá suas virtudes, mas uma coisa é certa: Eles não têm A MENOR IDÉIA do que seja uma democracia.
Algum eleitor do Bolsonaro teria concedido UM voto ao Mourão se soubesse que ele era abortista, ou ao Moro se soubesse que ele era desarmamentista?
A declaração mourânica de que o massacre de inocentes desarmados é preferível a uma guerra civi foi a coisa MAIS OBSCENA que já saiu da boca de um homem público brasileiro desde o desembarque de Pedro Álvares Cabral.
Estará o povo brasileiro condenado a nunca ver a sua vontade prevalecer? Terá sido o grito da multidão nas ruas suplantado pelos cochichos de bacharéis e generais ansiosos por um afago da Globo?
Qualquer tentação de cortejar a simpatia da mídia perversa é perversidade.
O Bolsonaro se elegeu CONTRA A MÍDIA, e só contra ela poderá governar. Cada sorriso que um de seus ministros der a ela apagará muitos sorrisos no rosto do povo.
Traição não é "moderação".
*
Olavo de Carvalho A política global consiste em tornar cada Estado nacional impotente para fora e onipotente para dentro: de joelhos ante a pressão internacional e de pé sobre a multidão dos cidadãos indefesos.
*
BENE BARBOSA


Essa aqui foi reconduzida ao cargo de Conselheira do MJ no mesmo Decreto que nomeou Ilona... Há muito mais, mas, honestamente, quem quiser que procure... Cansei.
MÔNICA BARROSO COSTA 


Voz ativa no país contra o desarmamento civil, o analista de segurança Bene Barbosa disse a O Antagonista que a nomeação de Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária é uma medida arriscada para a execução das políticas contra o crime defendidas por Jair Bolsonaro.

“Ilona é o exemplo máximo, é a antítese de uma política conservadora de política pública de segurança. Vem defendendo tudo que é defendido pela esquerda para a segurança. E no meu entender, são essas políticas que nos trouxeram até o estado caótico da nossa segurança pública.”
https://www.oantagonista.com/brasil/ilona-e-antitese-de-uma-politica-conservadora-de-seguranca/
 
*

Sergio Moro não sabe quem é Ilona Szabó!
Abortista, desarmamentista, a favor da liberação das drogas, financiada por George Soros e amiga de FHC, Ilona Szabó é nomeada para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária
http://sensoincomum.org/2019/02/27/moro-abortista-desarmamentista-politica-penitenciaria/

*

SÉRGIO MORO NOMEIA HELENA MOURA, PETISTA, ANTIBOLSONARO, PARA SEU MINISTÉRIO
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/02/sergio-moro-nomeia-petista.html

Adepta da campanha EleNão assume cargo de chefia no ministério de Moro No Ministério da Justiça, muita gente estranhou a nomeação de Helena Moura como coordenadora de administração da pasta. A servidora — que garantiu nesta semana o cargo de chefia — assessorou os ex-ministros petistas José Eduardo Cardoso e Eugênio Aragão, durante o governo de Dilma Rousseff. Na campanha presidencial do ano passado, engrossou o coro do EleNão em suas redes sociais. 
https://www.oantagonista.com/brasil/adepta-da-campanha-elenao-assume-cargo-de-chefia-no-ministerio-de-moro/


Paulo Eneas No texto abaixo mostramos que o ministro Sergio Moro nomeou Ilona Szabó unicamente por ter cedido ao lobby de uma ONG desarmamentista, e não por imposição legal, uma vez que essa imposição não existe.
A Lei É Clara: Escolha de Membros do Conselho Criminal É Prerrogativa do Ministro

Paulo Eneas No texto abaixo mostramos que o ministro Sergio Moro nomeou Ilona Szabó unicamente por ter cedido ao lobby de uma ONG desarmamentista, e não por imposição legal, uma vez que essa imposição não existe.
A Lei É Clara: Escolha de Membros do Conselho Criminal É Prerrogativa do Ministro


A Globalista Desarmamentista Ilona Szabó no Governo Bolsonaro: Uma Decisão Inaceitável de Sergio Moro
A Sr. Ilona Szabó é diretora da ONG Igarapé, uma dentre as incontáveis entidades globalistas que atuam no Brasil e que levam adiante uma agenda político-ideológica globalista e de esquerda em áreas críticas como segurança e saúde públicas e meio-ambiente, e em total desalinhamento com os reais interesses nacionais.A Igarapé é financiada, entre outros, pela Open Society Foundation, a ONG Holding usada por Geoorge Soros para promover políticas anticristãs, pró-aborto, esquerdistas e pró-islâmicas em todo o mundo ocidental. Ilona Szabó mantém excelente relações com o próprio George Soros, além de figuras de peso da esquerda brasileira, como Fernando Henrique Cardoso.
https://criticanacional.com.br/2019/02/27/a-globalista-desarmamentista-ilona-szabo-no-governo-bolsonaro-uma-decisao-inaceitavel-de-sergio-moro/

*
Confirmada a nomeação da nora de Miriam Leitão para a Comunicação de MoroFórum adiantou em dezembro e a nomeação de Giselly Siqueira para a assessoria de comunicação do Ministério da Justiça foi confirmada ;esposa de Vladimir Netto, repórter da Globo, filho de Miriam Leitão e autor de um livro sobre a Operação Lava Jato e o juiz Sérgio Moro, Giselly trabalhava na PGR e atribui-se a isso o fato de o marido ter conseguido certos “furos”
https://www.revistaforum.com.br/confirmada-a-nomeacao-da-nora-de-miriam-leitao-para-a-comunicacao-de-moro/

“Sociedade civil organizada” é uma expressão de origem gramscista, cujo o significado está atrelado a ocupação e infiltração do Estado por grupos marxistas organizados. Qualquer agente público que a use como justificativa para por na estrutura estatal grupos de pressão ideológica “progressista” ou é um idiota útil, ou é um agente de desinformação.
Ps. Lembrando, não existe nenhum cargo público que seja de nomeação compulsória, à revelia da autoridade pública, isso é mentira.

Tadeu Cerqueira - Zaba Não foi nomeada não. Foi eleita e isso se deu em 2018, para ter posse na atual gestão. É lei. A fundação que ela preside foi eleita pela sociedade, observando as regras do próprio Conselho. Será suplente. Moro não pode fazer nada. lei 13675 de 2018, art. 21, inciso VI, e parágrafo 1°
Benedito Gomes Barbosa Jr. ATENÇÃO! A INFORMAÇÃO QUE MORA NÃO PODIA FAZER NADA É FALSA! BASTA LEREM A PORTARIA!
PORTARIA No- 1.107, DE 5 DE JUNHO DE 2008
rt. 2o- O CNPCP é integrado por treze membros titulares e cinco suplentes, designados pelo Ministro de Estado da Justiça, dentre professores e profissionais da área de Direito

  * * *


Olavo de Carvalho A bandeira genérica de "combate à corrupção" não significa nada de bom em si mesma. Marcelo Calero ostenta essa bandeira sem jamais ter questionado a honestidade da aliança entre o seu partido e gangues criminosas no quadro do Foro de São Paulo.


10 h Se no Brasil existisse uma corrente política de direita e ela chegasse ao governo, tipos como Moro e Mourão não teriam nela a menor chance.
11 h
Peçam ao Sérgio Moro ou ao Hamilton Mourão que expressem as suas respectivas ideologias políticas e verão que eles nunca pensaram no assunto.
11 h
O mero antipetismo, separado de uma compreensão abrangente do jogo de poder no mundo, está sempre sujeito a tornar-se o instrumento passivo de algum George Soros.
Exemplo: Sérgio Moro.
Já no Hamilton Mourão não existe nem mesmo antipetismo, apenas mourãozismo fardado.

Olavo de Carvalho Quem melhor retratou a mente do Mourão foi o Thomas Dresch: "O massacre de inocentes desarmados, segundo ele, é melhor do que uma guerra civil. Mil vezes canalha."


23 h
De poucas coisas me arrependo na vida tanto quanto de haver confiado no general Mourão.


O general Mourão acha lindo que as vitimas do Maduro estejam desarmadas.
Nunca esperei dele outra atitude.

*
O PACOTE ANTICRIME DE MORO - SEUS PRÓS E CONTRAS (SIM, HÁ!) - ÍTALO LORENZON  
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/02/o-pacote-anticrime-de-moro-seus-pros-e.html


EM XEQUE AS 10 MEDIDAS (DE JANOT) CONTRA A CORRUPÇÃO
https://conspiratio3.blogspot.com/2016/09/alexandre-seltz-10-medidas-contra.html

*
A TÉCNICA DA SOLUÇÃO AGRAVANTE - OLAVO DE CARVALHO
A técnica da “solução agravante”, que já mencionei em artigo anterior, é uma das constantes históricas mais salientes do movimento revolucionário. Os casos são tantos e tão evidentes que chega a ser espantosa a ingenuidade com que liberais e conservadores continuam discutindo (e não raro aceitando) as propostas sociais esquerdistas pelo sentido literal dos seus objetivos proclamados, sem atinar com o astuto mecanismo gerador de crises que elas sempre trazem embutido.
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/02/a-tecnica-da-solucao-agravante-olavo-de.html

*
E eu que tinha a esperança de que a Lava Jato chegasse até o Foro de São Paulo...


Olavo de Carvalho Quem ainda não percebeu que a mídia brasileira É o agente de desinformação do Foro de São Paulo nunca entenderá nada da política nacional e será destruído sem nem perceber por quem.


Uma coisa é mídia hostil, outra coisa é mídia politicamente organizada para derrubar um governo.
Olavo de Carvalho Até quando os mandantes do Adélio estarão protegidos sob uma cortina de silêncio tão pesada quanto aquela que encobriu -- e encobre ainda -- o Foro de São Paulo?
Olavo de Carvalho Nenhum dos mandantes do assassinato do Celso Daniel foi jamais incomodado pelas autoridades ou pela mídia. Por que haveriam de sê-lo os patrões do Adélio?
Alguém ainda não entendeu que o Brasil tem um governo secreto mais poderoso que o governo visível?


Se levamos mais de meio século para finalmente conhecer, com o livro do Mauro Abranches, a força avassaladora da KGB no Brasil do governo Goulart, quanto tempo levaremos para entender quem comanda o jornalismo nacional hoje em dia?
Tudo o que aconteceu de mau e destrutivo no Brasil nos últimos vinte anos foi programado e realizado como ASCENSÃO POLÍTICA DO LUMPENPROLETARIADO. É o projeto Haddad de 1998.


No Brasil não existe nenhuma "liberdade de imprensa", existe apenas a vontade tirânica da classe jornalística organizada e unânime


Desde que esconderam por DEZESSEIS ANOS a existência do Foro der São Paulo e só começaram a falar dele quando o Lula os autorizou, os jornalistas brasileiros se definiram como militantes e servidores daquela organização.


Enquanto os nossos ministros não perceberem que a classe jornalística é uma organização política empenhada na defesa incondicional do Foro de São Paulo, do terrorismo, da lumpenproletarização geral e do narcotráfico, eles estarão como cordeiros tentando persuadir os lobos a se tornar vegetarianos.
Olavo de Carvalho A expressão "marxismo cultural" não é muito boa, mas ainda não há outra para nomear a passagem do velho marxismo-leninismo às modas ideológicas dos anos 60, ainda dominantes no mundo, que forjaram a união indissolúvel da militância enragée com o poder das megafortunas globalizas.
O MAIOR ROUBO NA HISTÓRIA DO BRASIL
Ricardo Vélez Rodríguez - "Aconteceu,  na  seara  da  filosofia,  estranho  fenômeno  de  colonialismo  cultural  que foi,  progressivamente,  extinguindo  tudo  quanto,  no nosso  país,  cheirasse  a  estudo  do pensamento  brasileiro  ou  à  consolidação  de  uma  filosofia  nacional.  Os  artífices  dessa façanha (ocorrida nas três últimas décadas do século passado) foram os burocratas da Capes no  setor  da  filosofia,  comandados  pelo  padre  jesuíta  Henrique  Cláudio  de  Lima  Vaz.  Os fatos  são  simples:  no  período  em  que  o  general  Ruben  Ludwig  foi  ministro  da  educação, ainda no ciclo militar, os antigos ativistas da Ação Popular Marxista-Leninista receberam, à sombra do padre Vaz, a diretoria dos conselhos da Capes e do CNPq, na área mencionada. Especula-se  que  o  motivo  da  concessão  fosse  uma  negociação  política:  eles  prometiam abandonar  a  luta  armada.  A  preocupação  dos  militares  residia  no  fato  de  que  foi  esse  o único  agrupamento  da  extrema  esquerda  que  não  se  organizou  explicitamente  em  partido político.  Os  grupos  da  denominada  "direita"  (conservadores,  ultra-conservadores,  liberais, liberais-sociais, etc.), toda essa imensa gama, ficou do lado de fora dos favores oficiais, no período militar e após."  
http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/fts/QTMFB.pdf

*
Isto tem de ser estudado por juristas e filósofos antes que nossos "sábios" deputados aprovem entregar mais poder ao Estado corrupto:
PACOTE ANTICRIME DE MORO VAI AO CONGRESO

.


CAMPANHA DIFAMATÓRIA PRÉ-GOLPE CONTRA BOLSONARO É INTERNACIONAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário