CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

segunda-feira, 19 de junho de 2017

SALVE SUAS CRIANÇAS DA FÁTIMA BERNARDES - CAIO BELLOTE, ALEXANDRE BORGES, ALLAN DOS SANTOS

Caio Bellote Delgado Marczuk
https://www.facebook.com/caio.bdm/posts/1561702330569010

Hoje tive o desgosto de ser obrigado a almoçar num PF que estava passando o programa da Fátima Bernardes. Em dez minutos foi exibido um sexólogo reclamando do cristianismo e do avanço conservador no Brasil, uma matéria exaltando a parada gay como um divertimento para a família enquanto mostrava imagens de um travesti vestido de freira e chifres do capeta e uma funkeira cantando baixarias cercada de criança seminuas que imitavam o ato sexual. No fim foi anunciado que amanhã o tema do programa será a vinda de refugiados islâmicos para o Brasil.
Esse tipo de programa é construído propositalmente para inocular no povo brasileiro uma moral desprovida de qualquer base religiosa e propagar modelos comportamentais baseados naquilo que os donos do canal querem transformar o povo brasileiro.

A lavagem cerebral feita é sutil e violenta, atingindo principalmente os dois públicos que estão na frente da TV pela manhã, crianças e donas de casa. Através das crianças é moldado o pensamento das futuras gerações e com as donas de casa a Globo consegue disseminar suas mudanças dentro das estruturas familiares em um país matriarcal, em que a mulher muitas vezes define o pensamento da família.

A habilidade deles consiste justamente em doutrinar sem que a pessoa perceba utilizando para isso a credibilidade de uma jornalista tida como séria, que por anos teve sua imagem trabalhada na mídia como modelo de mãe e agora foi transformada estrategicamente na amiga de toda dona de casa de sua idade, para quem mostra as novidades do mundo e o que querem fazer crer que é viver sem preconceitos.

Em um país de analfabetos a maioria das pessoas não tem defesas argumentativas contra toda a força da mídia e acabam forçadas por suas famílias a aceitarem tudo o que é propagado, ficando em silêncio ou concordando, sob pena de ser visto como um preconceituoso ou peça de museu. Isso aconteceu no restaurante onde eu estava, em que operários e secretárias comiam calados, disfarçando seu constrangimento ante toda a promiscuidade exibida em plena manhã pela televisão.

***


Se você não sabe quem trocou a TV Colosso pela Fatima Bernardes, aqui vai uma dica.

Alexandre Borges

https://www.facebook.com/AlexandreBorrges/posts/1390790397645434:0

Ana Lucia de Mattos Barretto Villela, R$ 5 bilhões de patrimônio segundo a Forbes, fundou em 1994 o Instituto Alana, ONG que trava uma jihad contra a publicidade infantil. Seu marido é o CEO da organização.

A fortuna de Ana Lucia é fruto da herança recebida por ser bisneta do fundador do Itaú. Ela tem 42 anos e é a mais jovem bilionária do país. Desconheço se ela tem problemas com propaganda de bancos, como do seu Itaú, mas o Kinder Ovo e o Danoninho são alguns dos alvos da atuação da sua ONG.

Depois de muito tempo, energia e dinheiro investidos, a publicidade infantil foi praticamente banida do país. São tantas restrições e regulações que o mercado de propaganda de produtos para crianças é uma mera sombra do que já foi. E com ela a programação matinal para crianças em TV aberta, com raras exceções como os desenhos do SBT.

Em 2014, a Maurício de Sousa Produções (MSP), da Turma da Mônica, divulgou um levantamento feito pela GO Associados. O estudo dizia que o mercado de produtos infantis gerava R$ 51,4 bilhões no Brasil por ano, mais de R$ 10 bilhões em salários e quase R$ 3 bilhões em impostos. Com as proibições e constrangimentos criados para a propaganda infantil, o Brasil perderia R$ 33,3 bilhões em produção, R$ 6,4 bilhões em salários e R$ 2,2 bilhões em impostos.

No mundo real, longe das boas intenções dos discursos preparados pelas mais caras empresas de relações públicas e advocacy, a perseguição ao Kinder Ovo e ao McLanche Feliz representaram um desastre econômico e também cultural. Sem propaganda infantil, não há programação infantil.

O ataque à publicidade infantil é também a porta de entrada para que o conteúdo destinado a crianças fosse substituído pelo lixo ideológico de Fatima Bernardes e afins. Enquanto as gerações anteriores de crianças viam desenhos animados na TV aberta, hoje assistem doutrinação sobre mudança de sexo para menores de cinco anos.

O problema não afeta diretamente os clientes de TV por assinatura que podem trocar Fatima Bernardes pelo Cartoon Network ou Discovery Kids, mas quem só tem TV aberta vai ter que se contentar com seus filhos tendo aula de funk ou aprendendo a trocar de sexo.

Melhorar o mundo passa por esquecer os discursos encomendados, as palavras fáceis, os apelos emocionais, e buscar compreender o que acontece na prática quando se ataca um setor produtivo da economia por motivos meramente ideológicos.

Os bilionários continuarão educando seus filhos em escolas estrangeiras e oferecendo tudo que o dinheiro pode comprar. Já os filhos do resto da população vão sendo educados pela Fatima Bernardes mesmo.

- Ana Lucia de Mattos Barretto Villela (Forbes)
http://bit.ly/2o4zJAE

- Proibir propaganda para crianças seria "burrice", diz Mauricio de Sousa
http://bit.ly/2o4G4ft

- "Disforia de gênero é um problema psicológico, mas programa de Fátima Bernardes quer tratar como escolha de crianças de 3 anos"
http://bit.ly/2o4G3Z4


***
"Vivemos sob o jugo de políticos e de uma mídia que querem nos fazer crer que é errado que as crianças assistam propagandas de brinquedos, comam doces, brinquem de casinha, ou levem palmadas dos pais, mas que é perfeitamente normal que essas mesmas crianças sejam coagidas a tocar em adultos nus e mudar de sexo. E se reclamar, o extremista é você."
https://www.facebook.com/bruna.luiza.165033/posts/889837224507114
*
STF suspende lei que proibia ensino sobre gênero nas escolas do Paraná
https://oglobo.globo.com/sociedade/stf-suspende-lei-que-proibia-ensino-sobre-genero-nas-escolas-do-parana-21491015
*
MONOPÓLIO DA PROPAGANDA GOVERNAMENTAL MANDA NO CONTEÚDO DA TELEVISÃO - TERÇA LIVRE
https://youtu.be/o_7zxdzkCxw
https://www.tercalivre.com.br/colosso-fatima-bernandes/



ELEIÇÕES - APURAÇÃO SECRETA, URNAS INAUDITÁVEIS, VOTO VIOLADO E SUSPEITAS QUE PERMANECEM DESDE 2014 - VOTO IMPRESSO https://youtu.be/wFS-UjUzQ64
*
OLAVO DE CARVALHO - "Os velhos políticos corruptos limitavam-se a roubar. O PT transformou o roubo em sistema, o sistema em militância, a militância em substitutivo das leis e instituições, rebaixadas à condição de entraves temporários à construção da grande utopia."  
http://www.olavodecarvalho.org/nada-de-novo/
*
Acabei de enviar esta msg para o YOUTUBE:  O número de inscritos do meu canal está diminuindo diante dos meus olhos nos últimos dias. Isto nunca aconteceu nestes anos. Eu sei que vcs estão me censurando de muitas formas, mas isso já é demais.

A INFORMAÇÃO NÃO ESTÁ CHEGANDO AONDE DEVERIA. AJUDE A DRIBLAR A CENSURA NAS REDES: COMPARTILHE OU REPUBLIQUE MUITO MAIS.  Nada disto estaria acontecendo se a informação estivesse circulando normalmente, se não houvesse excesso de mentiras e escassez de verdades em circulação. Lei de migração, corrupção, esquerda dominando só acontecem onde a mentira reina, onde a informação está sendo controlada por governos e esquerdistas na imprensa. Nosso problema hoje é a falta de VERDADE no mundo.


*
OLAVO DE CARVALHO - "Em primeiro lugar, existe uma estratégia de domínio continental, comunista, sendo aplicada neste momento. Segundo, isto não está sendo objeto de discussão pública, está sendo mantido debaixo do tapete. Terceiro, qualquer empreendimento político deste tamanho que permaneça desconhecido do público não é bom, porque a democracia se baseia na liberdade de informação. Dizer que é liberdade de opinião é bobagem porque a liberdade de opinião se baseia na liberdade de informação. Se a informação não circula você vai ter opinião sobre o quê? E se tudo isto é feito de maneira tão discreta, quase secreta, é porque coisa boa não é. Não está havendo a famosa transparência, quer dizer, os apóstolos da transparência são de uma opacidade de chumbo."
https://youtu.be/ZtA4t1XuVmI

*

 Como a mídia de massa se tornou uma máquina de propaganda     

"Em primeiro lugar, nós confiamos neles porque sabemos que a verdade não é um produto da invenção humana e, sendo assim, há a possibilidade do homem acessar uma parte da realidade e relatá-la a outros homens que não têm o mesmo acesso àquela porção do real. Dessa confiança depende nossa orientação no mundo. No entanto, se soubéssemos o que se tem ensinado nas faculdades de jornalismo a respeito da melhor prática jornalística ou do valor da verdade na profissão, colocaríamos muitas sapas nesta confiança e é possível que déssemos um uso bem menos digno ao papel dos jornais. "

"O motivo é que, ao longo das últimas décadas, a função informativa dos jornais foi progressivamente substituída pela função TRANSFORMADORA de sociedade. A comunicação tem por definição uma FUNÇÃO informativa e um EFEITO transformador. Afinal, a difusão de fatos gera novos fatos. Mas agora o efeito assume gradativamente o status de função essencial da comunicação."

"A transformação pode ser encarada como uma disciplina obrigatória a todos os cursos, que se traveste muitas vezes de belas e humanitárias intenções." "Grupos inspirados no antigo Clube de Roma, como Bilderberg, Sociedade Fabiana, Fundações Ford, McArthur, Open Society, entre tantas outras, encontraram um meio de financiar e orientar os estudos científicos de relevância internacional durante o último século. Quase tudo o que é dito e repetido nos meios de comunicação veio da mente de meia dúzia de metacapitalistas seduzidos pela utopia da sociedade socialista global, a chamada nova ordem mundial, que será erguida a partir de uma sociedade fundada em assembleias onde serão promulgados consensos que sirvam a interesses e conveniências, terminando por sepultar a possibilidade de julgamentos fora do que é acordado pela elite de governantes globais."

"A mudança de função é tão profunda quanto imperceptível, já que, disposta hegemonicamente tanto em teses acadêmicas como em notícias e opiniões, vai tolhendo o consumidor em sua cognição até fazê-lo incapaz de diferenciar a informação da pura manipulação."

”Já desde o início do século XX, manuais e guias de transformação social são distribuídos por empresas, fundações, ONGs e movimentos com o fim de adestrar ativistas para a ação massiva de mudança gradativa dos valores da sociedade mediante o debate, a guerra cultural, estratégias semânticas ou técnicas psicológicas, como veremos neste livro. (...) Diferenciar a mentira da verdade, embora seja uma das mais antigas tarefas humanas - para não dizer essencialmente humana - implica hoje no nível de nossa liberdade diante do mundo. A presente pesquisa é uma tímida tentativa de colocar na mesa algumas iniciativas intelectuais e políticas que tiveram a ambição ou o potencial de serem usadas para domesticar a opinião pública. O principal acontecimento em redor do qual gira este trabalho é o da mudança funcional do jornalismo e da mídia em geral. O resultado cultural e histórico dessa mudança foi a transferência dos critérios culturais para o campo da mídia, que passou a determinar as prioridades práticas do público, incluindo a do meio científico e acadêmico."

(Cristian Derosa, A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL - Como a mídia de massa se tornou uma máquina de propaganda)

***
  
Esta manipulação midiática não seria possível se não parasitasse a credibilidade de sua "antiga" função informativa. Ela só é possível ENGANANDO o público, que compra ou assiste a um jornal para ser informado e não transformado. Ele quer a realidade ou a opinião sincera. Se é para ler ficção, até Tio Patinhas é melhor... Por outro lado, os futuros jornalistas estão aprendendo também a lição da má fé e do cinismo, sonegando a verdade de si mesmos e pretendendo "melhorar" o mundo à força e à traição. Encher o mundo com mentiras e, sobretudo, extinguir o contraponto da verdade que pode questioná-las e refutá-las, está tornando as pessoas mais tolas, desarmadas, expostas ao mal.   


Nenhum comentário:

Postar um comentário