CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

segunda-feira, 15 de maio de 2017

PADRE E PASTOR CONVIDAM CRISTÃOS PARA A MARCHA CONTRA A LEI DE MIGRAÇÃO




OLAVO DE CARVALHO 
É pura comédia a pose de superioridade com que tantos palpiteiros fingem desprezar o que chamam de "civilização ocidental e cristã". Em qual outra civilização desejariam eles estar exercendo o ofício da palpitagem?
*
O Seyyed Hossein Nasr -- que obviamente não é um palpiteiro -- saiu fugido do mundo islâmico para viver em Washington D. C. louvando, a uma distância segura, a superioridade do Islam sobre o mardito capitalismo ocidental.
*
Na verdade, essa é a norma de quase todo imigrante islâmico: fugir do Islam e querer ao mesmo tempo levá-lo junto.
*
O sujeito sai correndo esbaforido da ditadura islâmica e quer criar outra igualzinha no país para onde fugiu.
*
Quando o cidadão alemão dos anos 30 ouvia os discursos do Hitler, a reação interna dele devia ser mais ou menos a seguinte: -- Esse cara é doido mesmo. É melhor obedecê-lo.
*
A loucura completa não debilita em nada o poder de persuasão de uma idéia política qualquer. Na verdade, quanto mais obviamente louco um sujeito é, mais os outros têm medo de contrariá-lo.
*
A coisa que mais gosto de fazer, como escritor, é dizer obviedades gritantes que, de tão sufocadas, viraram sussurros inaudíveis.

https://www.facebook.com/olavo.decarvalho?fref=nf&pnref=story

***

Os Estados Unidos acusam a Síria de cremar milhares de prisioneiros assassinados nos últimos anos e exortaram a Rússia a fazer pressão sobre o seu aliado para pôr fim a estes “assassinatos em massa”. A situação acontece num crematório criado num complexo prisional a norte de Damasco, onde a sobrelotação prisional faz dezenas de mortos, diariamente, como explica um responsável do Departamento de Estado norte-americano para os assuntos do Médio Oriente:

“O regime mantém até 70 prisioneiros por cela, em Sednaya, celas que têm capacidade para 5 pessoas. Segundo várias fontes o regime é responsável por matar cerca de 50 detidos por dia, em Sednaya. Os Estados Unidos declararam, muitas vezes, que estão chocados com as atrocidades que foram realizadas pelo regime sírio e essas atrocidades foram cometidas, aparentemente, com o apoio incondicional da Rússia e do Irão”, afirmou Stuart Jones, responsável do Departamento de Estado norte-americano para os assuntos do Médio Oriente.

A organização Human Rights Watch acusou o regime sírio de ter enforcado 13.000 pessoas, entre 2011 e 2015, nesta prisão, denunciando uma “política de extermínio”, considerada “crime de guerra” e “contra a Humanidade”. Já a Amnistia Internacional, num relatório, estimava que “entre 5.000 e 11.000 pessoas” tinham sido “mortas em Saydnaya entre 2011 e 2015”. Damasco nega esta informação.
http://pt.euronews.com/2017/05/16/eua-acusam-siria-de-assassinatos-em-massa-em-prisão

*
A LEI DE MIGRAÇÃO E A "SECRETARIA ISLÂMICA" DO GOVERNO TEMER. UMA BARBARIDADE CONTRA O BRASIL E OS BRASILEIROS.
Hussein Ali Kalout secretário-especial da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), pasta criada em Medida Provisória por Michel Temer em fevereiro deste ano 2017.
http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2017/05/a-lei-de-migracao-e-secretaria-islamica.html
Continua sendo impressionante a cumplicidade dos jornalistas da grande mídia brasileira à invasão islâmica do Brasil. Não poderia ser diferente, haja vista que em sua totalidade os jornalistas são esquerdistas e todos os esquerdistas apóiam o terrorismo islâmico. Os únicos que rivalizam em estupidez com os jornalistas são os tais “intelectuais” de universidades.
Eu posso afirmar isso porque já trabalhei por longos anos em redações de jornais diários. E,como já afirmei inúmeras vezes, foi em redação de jornal onde eu encontrei os tipos mais idiotas e imbecis ao longo da minha vida. E essa imbecilidade foi generosamente turbinada aqui no Brasil a partir da criação dos cursos de jornalismo, espécies de madraçais do esquerdismo.
Não é à toa, portanto, que recentemente o Congresso Nacional aprovou a Lei de Imigração que agora se encontra na mesa do Presidente Michel Temer para sanção. Essa lei espúria abre as portas do Brasil para a invasão dos tarados islâmicos e lhes confere direitos que vão além daqueles conferidos aos cidadãos brasileiros. Mas como podem notar não há um pio de crítica, por parte dos jornalistas da grande mídia. Pelo contrário, apoiam. E esse apoio é expressado principalmente pela ausência deliberada de qualquer crítica ou debate a respeito da Lei de Migração. Mas o que causa espécie é o fato de que recentemente Michel Temer criou mais uma Secretaria de Governo, como se fossem poucos os cabides de emprego no Palácio do Planalto. Poderia ser batizada de Secretaria da Islamização do Brasil. Uma notinha no site do jornal O Estado de S. Paulo, no dia 03 de fevereiro deste ano de 2017, fez o registro da criação de mais esse cargo no Palácio do Planalto como se fosse o Diário Oficial do governo Federal, nestes termos: “Hussein Ali Kalout será o novo secretário-especial da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), pasta criada em Medida Provisória publicada hoje. Kalout é cientista político, professor de Relações Internacionais, pesquisador da Universidade Harvard, onde integra o Belfer Center for Science and International Affairs da Harvard Kennedy School of Government. Ele é membro do Conselho Consultivo da Harvard International Review e conselheiro Sênior do Center for Strategic and International Studies (CSIS), em Washington-DC.”
Entretanto, a ascensão desse Hussein Ali Kalout a uma Secretaria da Presidência da República já vinha sendo preparada durante o governo da Dilma. Esse árabe já estava sendo destacado em matérias na imprensa e até mesmo na Globo Fake News, pelo indefectível William Waak. Basta pesquisar no Google.


A INFORMAÇÃO NÃO ESTÁ CHEGANDO AONDE DEVERIA. AJUDE A DRIBLAR A CENSURA NAS REDES: COMPARTILHE OU REPUBLIQUE MUITO MAIS.  Nada disto estaria acontecendo se a informação estivesse circulando normalmente, se não houvesse excesso de mentiras e escassez de verdades em circulação. Lei de migração, corrupção, esquerda dominando só acontecem onde a mentira reina, onde a informação está sendo controlada por governos e esquerdistas na imprensa. Nosso problema hoje é a falta de VERDADE no mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário