CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Cultura geral — tudo o que se deve saber (Dietrich Schwanitz)

JOVEM PAN: Pedido de condenação da Gleisi Hoffman

POLÍBIO BRAGA - SÉRGIO MORO SERÁ MINISTRO DA JUSTIÇA?O governo Bolsonaro ganha estatura superior com o juiz Sérgio Moro

.


SAUL D. ALINSKY - influenciou a vida de todos brasileiros | Prof. Lucas Ferrugem

.


*

CRIANDO O PROBLEMA PARA IMPOR A SOLUÇÃO 
Olavo de Carvalho - "O caminho mais curto para a destruição da democracia é fomentar o banditismo por meio da cultura e tentar controlá-lo, em seguida, pelo desarmamento civil. A esquerda nacional tem trilhado coerentemente essa dupla via há pelo menos cinco décadas, e sempre soube perfeitamente qual seria o resultado: o caos social, seguido de endurecimento do regime se ela estiver no poder, de agitação insurrecional se estiver fora dele."  
http://www.olavodecarvalho.org/estudar-antes-de-falar/

LIVRO - A Corrupção da Inteligência (Flávio Gordon)







A Corrupção da Inteligência (Flávio Gordon)

O ENGODO GRAMSCIANO APLICADO NO BRASIL - OLAVO DE CARVALHO




OLAVO DE CARVALHO
http://www.olavodecarvalho.org/
https://blogdoolavo.com/
FACEBOOK
https://www.facebook.com/carvalho.olavo/
YOUTUBE
https://www.youtube.com/user/olavodeca/
MÍDIA SEM MÁSCARA
https://www.youtube.com/user/CanalMSM/
CURSOS
https://www.seminariodefilosofia.org/


.

OLAVO DE CARVALHO - Para Antonio Gramsci, a propaganda revolucionária é o único objetivo e justificação da inteligência humana. O “historicismo absoluto”, um marxismo fortemente impregnado de pragmatismo, reduz toda atividade cultural, artística e científica à expressão dos desejos coletivos de cada época, abolindo os cânones de avaliação objetiva dos conhecimentos e instaurando em lugar deles o critério da utilidade política e da oportunidade estratégica. É idéia intrinsecamente monstruosa, que se torna tanto mais repugnante quanto mais se adorna do prestígio associado, nas mentes pueris, a palavras como “humanismo” ou “consenso democrático” (naturalmente esvaziadas de qualquer conteúdo identificável), bem como das insinuações de santidade ligadas à narrativa dos padecimentos de Antônio Gramsci na prisão, as quais dão ao gramscismo a tonalidade inconfundível de um culto pseudo-religioso. http://www.olavodecarvalho.org/mafia-gramsciana/

"No lugar da objetividade, temos apenas "inter-subjetividade "- em outras palavras, consenso. Verdades, significados, fatos e valores são agora considerados negociáveis. O curioso, entretanto, é que este subjetivismo de mente louca anda de mãos dadas com uma vigorosa censura. Aqueles que colocam o consenso no lugar da verdade encontram-se distinguindo o verdadeirodo falso consenso. Assim, o consenso que Rorty assume exclui rigorosamente todos os conservadores, tradicionalistas e reacionários ". ROGER SCRUTON  

*
OLAVO DE CARVALHO  Ora, um dos fronts mais importantes da estratégia revolucionária de Antonio Gramsci é aquele que se empenha em “ocupar espaços” nas instituições de cultura, educação e jornalismo, expelindo os adversários e colocando em seu lugar os militantes e colaboradores do Partido — os ativistas culturais. O objetivo final é ocupar todos os espaços, de modo que não existam mais intelectuais – nos dois sentidos do termo – fora do controle do Partido. Todos os meios são válidos para isso: o boicote, a difamação, a marginalização, a interproteção mafiosa, a monopolização partidária do mercado de trabalho. Mas a tática mais perversa, mais costumeira e mais eficiente é atrair sobre meros ativistas culturais o prestígio que a palavra “intelectual” tem na sua acepção comum. Elevado à condição de autoridade, o ativista cultural torna-se automaticamente uma força automultiplicadora, expandindo a aura de “intelectual” sobre outros ativistas culturais iguais a ele e negando-a a intelectuais genuínos que o Partido considere pessoas inconvenientes. Prosseguida a operação pelo tempo necessário, o Partido torna-se, através dos ativistas culturais bem colocados, a única instância julgadora capaz de conferir ou negar a condição de “intelectual” a quem bem entenda. Atingido esse ponto, a sociedade está madura para aceitar como intelectual em sentido estrito, como opinador abalizado, qualquer semi-analfabeto a quem o Partido confira esse rótulo, bem como, complementarmente, a tratar estudiosos sérios como caracteres aberrantes e atípicos, alheios à comunidade intelectual “oficial” e respeitável. 

A “ocupação de espaços” não tem nada a ver com a luta das idéias, com o enfrentamento leal no campo dos debates públicos. Antes do advento dela, o intelectual de esquerda tinha de concorrer em pé de igualdade com seus adversários de direita, tinha de mostrar cultura, domínio do idioma e alguma seriedade. O gramscismo dispensou-o desse esforço, colocando em lugar da disputa de idéias a guerra pela conquista de posições. Daí por diante já não se trata de provar superioridade intelectual, mas de subtrair ao adversário todos os meios de concorrer. O gramscismo é a institucionalização do golpe baixo em lugar do debate intelectual. Daí por diante, o que leva o nome de “debate” é apenas a conversação interna entre militantes e simpatizantes do Partido, com alguma abertura para os indecisos e pusilânimes, mas sem nenhuma chance para o ingresso dos inconvenientes, sobretudo se altamente qualificados.
Não é preciso dizer que no Brasil esse ponto já foi atingido há muito tempo, e ele corresponde à total destruição não somente da vida intelectual genuína, mas da simples possibilidade de haver uma. 

É apenas como sintoma banal desse estado de coisas que se pode entender uma iniciativa como a coleção “Intelectuais do Brasil”, paga com dinheiro público pela Universidade Federal de Minas Gerais, na qual entram como figuras representativas Chico Buarque de Hollanda, Leonardo Boff e outros tipos que numa situação normal seriam apenas folclóricos. A presença do sr. Gilberto Gil no Ministério da Cultura ilustra exatamente o mesmo fenômeno, e nada é preciso dizer da redução de todos os cursos de filosofia e ciências humanas, nas universidades públicas e privadas, ao nível de escolinhas de formação de militantes. 

Na medida em que a vida intelectual superior é o patrimônio mais valioso de uma nação, a apropriação de espaços pela estratégia gramsciana é uma atividade criminosa em altíssimo grau, muito mais grave, pelas suas conseqüências históricas devastadoras, do que o desvio de dinheiro público ou o financiamento oficial a invasões de terras. 
http://www.olavodecarvalho.org/ocupando-espacos/

*
OLAVO DE CARVALHO - Para Antonio Gramsci, a propaganda revolucionária é o único objetivo e justificação da inteligência humana. O “historicismo absoluto”, um marxismo fortemente impregnado de pragmatismo, reduz toda atividade cultural, artística e científica à expressão dos desejos coletivos de cada época, abolindo os cânones de avaliação objetiva dos conhecimentos e instaurando em lugar deles o critério da utilidade política e da oportunidade estratégica. É idéia intrinsecamente monstruosa, que se torna tanto mais repugnante quanto mais se adorna do prestígio associado, nas mentes pueris, a palavras como “humanismo” ou “consenso democrático” (naturalmente esvaziadas de qualquer conteúdo identificável), bem como das insinuações de santidade ligadas à narrativa dos padecimentos de Antônio Gramsci na prisão, as quais dão ao gramscismo a tonalidade inconfundível de um culto pseudo-religioso.
http://www.olavodecarvalho.org/mafia-gramsciana/

*
OLAVO DE CARVALHO - Nesse sentido, a FLIP é a mais espetacular amostra viva da completa destruição da alta cultura no País, substituída pela tagarelice autopromocional de usurpadores e carreiristas barbaramente incultos e infinitamente presunçosos, cuja sobrevivência no cenário intelectual  se deve tão e somente a três fatores: (1) proteção governamental, (2) interbadalação mafiosa, (3) sistemática e preventiva exclusão dos adversários reais e possíveis.
O fator 3 vem sendo aplicado com tal perseverança, que acabou por moldar a cabeça dos seus mesmos praticantes. Primeiro eles se recusam a falar de um autor, depois concluem, do seu próprio silêncio, que ele não existe. Sua regra áurea é o argumentum ad ignorantiam: “Tudo aquilo que  não sei ou  esqueci é inexistente, nulo ou irrelevante.”
Os três citados mostraram mais ignorância da cultura brasileira do que se poderia tolerar – mas não aprovar – em alunos de ginásio.
http://www.olavodecarvalho.org/alguem-e-ninguem/

*
Flávio Gordon - "Se, durante a ditadura, tínhamos uma censura autoritária e visível (frequentemente burlada, como muitos artistas e jornalistas da época já cansaram de confessar, até com certa graça), hoje temos uma censura totalitária, invisível, grave, onipresente. Ela não comporta gracejos nem brechas. Se, antes, ela vinha exclusivamente do governo, hoje ela é mais de tipo soviético-chinês, e o censor pode estar ao lado."
http://obrasileouniverso.blogspot.com/2013/11/censura.html
*
"A interproteção mafiosa de carreiristas semianalfabetos unidos por ambições grupais e partidárias tornou-se critério de qualificação intelectual?"
http://www.olavodecarvalho.org/o-imperio-da-ignorancia/

*
O que não percebem é que, em ambos os casos, se trata da aplicação de um mesmo princípio básico da estratégia revolucionária, que é a progressiva substituição do sistema de legitimidades vigente por um novo sistema fundado na solidariedade partidária mafiosa. Não se trata nem de sugar vantagens ocasionais para o MST, nem de proteger improvisadamente um criminoso vermelho de colarinho branco. Estas são apenas oportunidades para a aplicação do princípio. Ao postular abertamente vantagens ilícitas para seus protegidos ou festejar descaradamente a impunidade do corrupto-mor, o esquema esquerdista dominante está enviando à nação uma mesma mensagem, que os analistas de plantão podem não perceber, mas que cala fundo no subconsciente do povo e impõe, com a força do fato consumado, o império da nova lei. Traduzida em palavras, a mensagem diz: “A velha ordem constitucional acabou. O Partido-Príncipe está acima de todas as leis. Ele é a fonte única de todos os direitos e obrigações.
Em todas as revoluções socialistas, essa mudança do eixo da autoridade é ao mesmo tempo o mecanismo básico e o objetivo essencial. Na Rússia, anos de boicote à administração oficial e de parasitagem das suas prerrogativas pelos sovietes antecederam a proclamação explícita de Lênin ao voltar do exílio: “Todo o poder aos sovietes”.”
http://www.olavodecarvalho.org/mais-sabios-que-deus/

*
OLAVO DE CARVALHOO vigor cultural de um país depende de um e um só fator: a liderança intelectual tem de pertencer aos melhores e mais capacitados, não àqueles cuja fraqueza e inépcia buscam proteção no apoio grupal, na solidariedade corporativa e na mobilização de exércitos de mexeriqueiros. A “revolução cultural” inspirada em Antonio Gramsci, com sua idéia abjeta do “intelectual coletivo”, fez com que a primeira dessas alternativas se tornasse inviável e a segunda prevalecesse necessariamente, obrigando a classe dita intelectual – acadêmica e midiática – a reduzir-se a um bando de saguis odientos e amedrontados, que fogem ao confronto intelectual de um contra um e se refugiam na maledicência coletiva, desesperadoramente uniforme, repetitiva e imbecil.
https://www.facebook.com/carvalho.olavo/posts/1172359836249422


OLAVO DE CARVALHO · Vencer os comunolarápios não basta. É preciso bani-los da vida pública PARA SEMPRE. Entenderam? PARA SEMPRE. E só há um meio de fazer isso: Não deixar que a velha geração esqueça e as novas gerações ignorem o que eles fizeram. Os crimes inumeráveis que eles cometeram -- e os muitos outros que preparavam -- garantiram para eles o direito à imortalidade: a imortalidade da vergonha, do opróbrio e da desonra. Negar-lhes isso é fazer-lhes uma tremenda injustiça.

* * *

NOMINALISMO X REALISMO
"O projeto globalista é, em grande parte, um projeto nominalista. Aqui estou usando esses termos de maneira um pouco diferente da usada na filosofia medieval. Nominalismo no sentido de pegar as palavras e isolá-las da realidade, e transformá-las em instrumento de dominação. No fundo é isso. O que é a tolerância? Tolerância é vc, diante de uma realidade negativa, vc faz uma avaliação de valor e diz eu posso tolerar essa realidade em nome de um bem maior. Isso é que é tolerar. Durante um certo tempo vc convive com uma coisa negativa, porque tem um contexto onde isso é necessário para um resultado positivo. Isso é realismo, é vc ter um diálogo entre a palavra e a realidade. Nominalismo é pegar a palavra tolerância e transformá-la em algo absoluto. Então, vc tem uma realidade de crime, por exemplo, "ah não, vc tem de mostrar tolerância com o criminoso". Ou vc tem uma realidade onde qualquer conflito, se essa ideologia quer defender um dos lados, "não, vc tem de ter tolerância..." Isso para dar um exemplo de palavras que deixam de dialogar com a realidade.
Então, parte do nosso esforço é esse, trazer de volta... O pensamento humano é isso, precisa da linguagem, mas precisa da realidade. Essa coisa do achatamento do ser humano tem a ver com o nominalismo, vc isola as palavras e elas passam a ser coisas que estão no ar e se chocam assim, num éter onde nada faz sentido. É por isso que o conceito de realidade precisa voltar, o conceito de verdade, que verdade também é isso, no fundo é o diálogo interno entre linguagem e não linguagem. Então é essencial ter uma visão realista, nesse sentido de realismo, que não é também o absolutismo da realidade complexa, precisa ter a linguagem, o pensamento humano questionando isso. Hoje vc tem toda uma série de correntes que vivem num mundo puramente de palavras, simplesmente de jogos de palavras. Por isso que eu não gosto de Wittgenstein. Ele vê a realidade como jogo de palavras. Uma das fontes desse nominalismo atual é Wittgenstein."
Ernesto Araújo 
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/03/entrevista-min-ernesto-araujo-denuncia.html
https://www.metapoliticabrasil.com/
 

PAULA MARISA - Bolsonaro eleito, e agora?

BOLSONARO PODE SER IMPEDIDO PELO STF/MULHER IDENTIFICADA EM VÍDEO

.

*

O Boato do Suposto Impedimento da Posse de Jair Bolsonaro Pelo STF
https://criticanacional.com.br/2018/10/31/o-boato-do-suposto-impedimento-da-posse-de-jair-bolsonaro-pelo-stf/



JOSÉ NÊUMANNE PINTO - RATOS SAINDO DA TOCA

JORNAL DA GAZETA ENTREVISTA CARLA ZAMBELLI - dep. fed. eleita (PSL/SP), fala sobre a campanha

.

Bolsonaro não vai conseguir pacificar o país sem desmascarar a esquerda. A VERDADE é o que vai determinar a paz.
E por que agora esse discurso único da imprensa cobrando a paz? Por que não se mexem e vão investigar a GUERRA POR PODER que a esquerda está fazendo desde a a década de 60? A imprensa, 2 pesos e 2 medidas, finge que não vê.

FENOMENOLOGIA DA MENTIRA - IPOJUCA PONTES

Fenomenologia da mentira

Ipojuca Pontes

É preciso lembrar que o sistema coercitivo imposto pela mídia, a nos bombardear com somas colossais de falsas informações, estabeleceu formas de manipulação tão avançadas que poucos ou ninguém sabe mais distinguir a verdade da mentira.

A esta altura dos acontecimentos, penso que seria necessário traçar uma fenomenologia da mentira. Não se discute mais que ela (a mentira) é uma constante em todos os planos da existência e que, no nosso caso, domina inelutável os setores da vida social, política e econômica da nação.

Também não se discute mais - e isso já se fez consenso - que nossas instituições estão dominadas pela impostura, com muitos pontos de vantagem para os poderes executivo, legislativo e judiciário – sem falar nas organizações partidárias, com destaque para as siglas da esquerda (que sempre navegam impávidas nas águas poluídas da mendacidade).

Por que uma fenomenologia? Bem, já no Século das Luzes (ele próprio um século de grandes impostores), a “Encyclopèdie” a define em verbete como o mais adequado instrumento para se distinguir a verdade da aparência e, em paralelo, destruir as ilusões que turvam o espírito humano.

(A propósito: para Kant, filósofo do imperativo categórico, a preguiça e a covardia, de acordo com sua “fenomenologia geral”, são as causas que podem levar o homem ao comprazer da mentira. Outro filósofo, Husserl, mais sutil, encara a fenomenologia como método para se chegar às leis puras da “consciência intencional”, sem omitir, todavia, que todo método científico se baseia numa verdade que só é verdadeira até que um fato demonstre o inverso).

Comecemos, então, pela meia verdade, artifício de uso constante para o mentiroso deturpar a verdade. Ela nada tem a ver com o duplipensar nem com a novilíngua de Orwel (na qual a corrupção da linguagem promove a corrupção da vida). Seu objetivo é tão somente dar uma aparência de veracidade à mentira mais sórdida que se possa articular. Certas profissões, em particular, se refinam na manipulação da meia verdade, com supremacia para o jornalismo, a política, a diplomacia, a publicidade, a advocacia e a atividade acadêmica – sem que elas, óbvio, em conjunto ou isoladamente, deixem de se curvar à Grande Mentira Ideológica.

Antes, é preciso esclarecer que o exercício da Mentira Ideológica não é só privilégio dos governantes, líderes carismáticos, ditadores, pensadores revolucionários, cientistas sociais, etc. Ela é um constructo utópico vocalizada em prosa e verso por indivíduos fraudadores e corporações fraudulentas que se esmeram em transformar a verdade na mentira e a mentira na paralaxe (niveladora) dos homens.

Quem é do ramo sabe: aqui e lá fora, a mídia amestrada vive de cozinhar em banho-maria o engodo consensual. Quem nunca embarcou, por exemplo, nas mentiras que se alastram em nome do “aquecimento global”, “Estado do bem-estar social”, “desenvolvimento sustentável”, “ajuste fiscal”, “Teologia da libertação”, “comissão da verdade” e patranhas de igual teor, cujo objetivo final, bem camuflado, é manter à tripa forra milhares de parasitas que se vendem como paladinos da boa causa?

É preciso lembrar que o sistema coercitivo imposto pela mídia, a nos bombardear com somas colossais de falsas informações, estabeleceu formas de manipulação tão avançadas que poucos ou ninguém sabe mais distinguir a verdade da mentira. Em decorrência, surgiu na guerra da desinformação em vigência uma espécie de buraco negro na mente do homem comum que, em meio ao caos, implora atordoado: “Ah, meu Deus, quando terei um momento de paz?”

Diz a tradição que o Diabo é o pai da mentira. Faz sentido. Mas a mentira ideológica que assaltou o mundo moderno encontra teto, sem dúvida, nas elucubrações teóricas de Karl Marx, charlatão de inegável talento para vender ilusões e promover embustes (dentre eles, a “mais-valia”, falácia da falsa ciência econômica que dá azo à “luta de classes”, a mobilizar, ainda hoje, o sujo ativismo esquerdista),

Exemplos? Sem o amparo do trololó da teologia da libertação, fermentada em marxismo tardio, como ficaria a figuraça de D.
Paulo Evaristo Asno, o falso cristão que descobriu o Reino de Deus na tirania sanguinária de Fidel Castro?

Ou o tredo revisionismo de Ferreira Gullar, o guru do CPC da UNE, movimento primário da baixa agitação comunista patrocinado pelo fazendeiro Jango? E ainda a rede criada por tipos como FHC para se mobilizar contra a prisão de Lula, mentiroso contumaz e ladrão comum que tomou como seus, sabe-se agora, jóias e talheres de ouro doados à Presidência da República ainda no tempo de Costa e Silva?

Ia concluir falando sobre a TV, aparato eletrônico que mente sem remorsos e seus astros na escamoteação da verdade do porte de Bonner, Jô Soares, William Waack e seus convidados à serviço da mentira única, mas faltou espaço. Fica pra depois.

*Ipojuca Pontes é um autor, jornalista, cineasta e escritor brasileiro.

Artigo completo em:
http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/16881-fenomenologia-da-mentira.html

 FENOMENOLOGIA DA MENTIRA - IPOJUCA PONTES http://www.oarquivo.com.br/temas-polemicos/verdades-inconvenientes/4589-fenomenologia-da-mentira.html




IMPRENSA DE RABO PRESO - O INÍCIO https://conspiratio3.blogspot.com/2015/11/censura-imprensa-de-rabo-preso-o-inicio.html

IMPRENSA DE RABO PRESO EM 1993 FAZIA CAMPANHA PELA "ÉTICA"  
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/12/imprensa-de-rabo-preso-em-1993-fazia.html

MÍDIA DE RABO PRESO COM O CARF SE CALA SOBRE A OPERAÇÃO ZELOTES - POLÍBIO BRAGA
https://youtu.be/ibTpydyLB1Y

PRESSÃO GOVERNAMENTAL SOBRE A IMPRENSA, DILMA AMEAÇA JOICE HASSELMANN  
https://youtu.be/Hs64_jj2o88

FENOMENOLOGIA DA MENTIRA - IPOJUCA PONTES http://www.oarquivo.com.br/temas-polemicos/verdades-inconvenientes/4589-fenomenologia-da-mentira.html 

"Graças ao seu conhecimento psicológico específico e à sua convicção de que as pessoas normais são ingênuas, uma patocracia é capaz de aprimorar as suas técnicas "anti-psicoterapêuticas" e, patologicamente egotística como de costume, insinuar seu mundo de conceitos deficientes para os outros em outros países, tornando-os suscetíveis à conquista e à dominação. Os métodos mais freqüentemente utilizados incluem os métodos paralógicos e conversivos, tais como a projeção das qualidades e intenção de uma pessoa sobre as outras, sobre grupos sociais ou nações, a indignação paramoral e o bloqueio reverso. Esse último método é o favorito dos patocratas, utilizado em larga escala, direcionando as mentes das pessoas medianas para um beco sem saída porque, como resultado, faz com que elas busquem pela verdade no meio termo entre a realidade e o seu oposto." (PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER)

*

“No meu estudo das sociedades comunistas, cheguei à conclusão de que o propósito da propaganda comunista não era persuadir, nem convencer, mas humilhar – e, para isso, quanto menos ela correspondesse à realidade, melhor. Quando as pessoas são forçadas a ficar em silêncio enquanto ouvem as mais óbvias mentiras, ou, pior ainda, quando elas próprias são forçadas a repetir as mentiras, elas perdem de uma vez para sempre todo o seu senso de probidade... Uma sociedade de mentirosos castrados é fácil de controlar."
-- Theodore Dalrymple


*
CRIANDO O PROBLEMA PARA IMPOR A SOLUÇÃO 
Olavo de Carvalho - "O caminho mais curto para a destruição da democracia é fomentar o banditismo por meio da cultura e tentar controlá-lo, em seguida, pelo desarmamento civil. A esquerda nacional tem trilhado coerentemente essa dupla via há pelo menos cinco décadas, e sempre soube perfeitamente qual seria o resultado: o caos social, seguido de endurecimento do regime se ela estiver no poder, de agitação insurrecional se estiver fora dele."  
http://www.olavodecarvalho.org/estudar-antes-de-falar/

*
NOMINALISMO X REALISMO
"O projeto globalista é, em grande parte, um projeto nominalista. Aqui estou usando esses termos de maneira um pouco diferente da usada na filosofia medieval. Nominalismo no sentido de pegar as palavras e isolá-las da realidade, e transformá-las em instrumento de dominação. No fundo é isso. O que é a tolerância? Tolerância é vc, diante de uma realidade negativa, vc faz uma avaliação de valor e diz eu posso tolerar essa realidade em nome de um bem maior. Isso é que é tolerar. Durante um certo tempo vc convive com uma coisa negativa, porque tem um contexto onde isso é necessário para um resultado positivo. Isso é realismo, é vc ter um diálogo entre a palavra e a realidade. Nominalismo é pegar a palavra tolerância e transformá-la em algo absoluto. Então, vc tem uma realidade de crime, por exemplo, "ah não, vc tem de mostrar tolerância com o criminoso". Ou vc tem uma realidade onde qualquer conflito, se essa ideologia quer defender um dos lados, "não, vc tem de ter tolerância..." Isso para dar um exemplo de palavras que deixam de dialogar com a realidade.
Então, parte do nosso esforço é esse, trazer de volta... O pensamento humano é isso, precisa da linguagem, mas precisa da realidade. Essa coisa do achatamento do ser humano tem a ver com o nominalismo, vc isola as palavras e elas passam a ser coisas que estão no ar e se chocam assim, num éter onde nada faz sentido. É por isso que o conceito de realidade precisa voltar, o conceito de verdade, que verdade também é isso, no fundo é o diálogo interno entre linguagem e não linguagem. Então é essencial ter uma visão realista, nesse sentido de realismo, que não é também o absolutismo da realidade complexa, precisa ter a linguagem, o pensamento humano questionando isso. Hoje vc tem toda uma série de correntes que vivem num mundo puramente de palavras, simplesmente de jogos de palavras. Por isso que eu não gosto de Wittgenstein. Ele vê a realidade como jogo de palavras. Uma das fontes desse nominalismo atual é Wittgenstein."
Ernesto Araújo 
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/03/entrevista-min-ernesto-araujo-denuncia.html
https://www.metapoliticabrasil.com/
 
 

POLÍCIA FEDERAL IDENTIFICA A LOIRA DA FACA - DANIEL LOPES

COLÔMBIA DESMENTE FAKE NEWS DA FOLHA DE SÃO PAULO - VERBA DE GOVERNO PARA A MÍDIA SÓ PRODUZ FAKE NEWS

.

Verba de governo para a mídia é o que ameaça a democracia. Deveria ser proibido. Foi assim que o PT comprou a liberdade de imprensa: tornando-a dependente de verba governamental. Joice Hasselmann já viveu isso na própria pele.

O consumidor que paga por notícias VERDADEIRAS é o que obriga a imprensa a cumprir sua promessa de informar.

*

IMPRENSA DE RABO PRESO - O INÍCIO https://conspiratio3.blogspot.com/2015/11/censura-imprensa-de-rabo-preso-o-inicio.html

IMPRENSA DE RABO PRESO EM 1993 FAZIA CAMPANHA PELA "ÉTICA"  
http://conspiratio3.blogspot.com.br/2015/12/imprensa-de-rabo-preso-em-1993-fazia.html

MÍDIA DE RABO PRESO COM O CARF SE CALA SOBRE A OPERAÇÃO ZELOTES - POLÍBIO BRAGA
https://youtu.be/ibTpydyLB1Y

JORNALISTAS COMUNISTAS, PRESSÃO GOVERNAMENTAL SOBRE A IMPRENSA, DILMA AMEAÇA JOICE HASSELMANN https://youtu.be/Hs64_jj2o88
 
FENOMENOLOGIA DA MENTIRA - IPOJUCA PONTES http://www.oarquivo.com.br/temas-polemicos/verdades-inconvenientes/4589-fenomenologia-da-mentira.html 

****

"Graças ao seu conhecimento psicológico específico e à sua convicção de que as pessoas normais são ingênuas, uma patocracia é capaz de aprimorar as suas técnicas "anti-psicoterapêuticas" e, patologicamente egotística como de costume, insinuar seu mundo de conceitos deficientes para os outros em outros países, tornando-os suscetíveis à conquista e à dominação. Os métodos mais freqüentemente utilizados incluem os métodos paralógicos e conversivos, tais como a projeção das qualidades e intenção de uma pessoa sobre as outras, sobre grupos sociais ou nações, a indignação paramoral e o bloqueio reverso. Esse último método é o favorito dos patocratas, utilizado em larga escala, direcionando as mentes das pessoas medianas para um beco sem saída porque, como resultado, faz com que elas busquem pela verdade no meio termo entre a realidade e o seu oposto." (PONEROLOGIA: PSICOPATAS NO PODER)

*

“No meu estudo das sociedades comunistas, cheguei à conclusão de que o propósito da propaganda comunista não era persuadir, nem convencer, mas humilhar – e, para isso, quanto menos ela correspondesse à realidade, melhor. Quando as pessoas são forçadas a ficar em silêncio enquanto ouvem as mais óbvias mentiras, ou, pior ainda, quando elas próprias são forçadas a repetir as mentiras, elas perdem de uma vez para sempre todo o seu senso de probidade... Uma sociedade de mentirosos castrados é fácil de controlar."
-- Theodore Dalrymple


 

terça-feira, 30 de outubro de 2018

CAIA NA REAL - BOLSONARO, O PRESIDENTE DE TODOS - BIA KICIS, PRÍNCIPE LUIZ PHILIPPE, TON MARTINS

BOLSONARO NÃO GANHA - VOCÊ QUER RIR?

PERCIVAL PUGGINA - NOSSO BRASIL DE VOLTA!

JOICE HASSELMANN - E ENFIM COMEÇA O GOVERNO BOLSONARO

NANDO MOURA - PETISTAS VINGATIVOS!!! - CAMPANHA DE DIFAMAÇÃO FEITA PELA IMPRENSA PROMOVE AGRESSÃO A BOLSONARO

TERÇA LIVRE - O QUE VAI ACONTECER AGORA APÓS A ELEIÇÃO DE BOLSONARO? - O GENERAL QUE VIGIA O PLEITO, A LOIRA DA FACA, MÍDIA OMITE, DEEP STATE ATACA

Sérgio Moro pode se juntar a Bolsonaro antes do que imaginávamos. Entenda.

PRESIDENTE BOLSONARO NO JORNAL NACIONAL

.

 O presidente afirmou que vai limitar a verba governamental de propaganda destinada aos jornais. Acho que ela não deveria existir. Jornal dependente é subserviente e não morde a mão que o alimenta, não cumpre sua função de informar e alertar também contra o governo.  A não ser que a imprensa se declare publicamente um orgão oficial de propaganda, ela vai continuar comentendo o crime de enganar a população fingindo ainda fazer jornalismo.

O pior disso é que o perigo do totalitarismo que esses jornalistas criminosos estão ajudando a construir.

***

Folha de São Paulo Prossegue Publicando Mentiras Contra Presidente Jair Bolsonaro

O jornal Folha de São Paulo, porta-voz oficioso da esquerda brasileira, continua sendo o veículo de imprensa mais mentiroso e desonesto do país. Ao comentar a entrevista dada nessa segunda-feira pelo presidente eleito Jair Bolsonaro ao Jornal Nacional, a Folha afirmou que o presidente eleito estaria ameaçando o jornal. A afirmação é mentirosa e desonesta, e evidencia mais uma vez a facilidade com que o jornal mente para seus leitores.

Ameaças e imposição de censura a veículos de imprensa ocorrem nos regimes de ditadura socialista, regimes esses que a quase totalidade dos integrantes da redação da Folha de São Paulo apoia e defende. Quem mais ameaçou a liberdade de imprensa no país foi o regime petista, apoiado por esse mesmo jornal. Por sua vez, o presidente eleito Jair Bolsonaro já afirmou e reafirmou seu compromisso com a Constituição Federal, que assegura a liberdade de imprensa e veda qualquer tipo de censura.

A maior parte das mentiras e das fake news a respeito de Jair Bolsonaro ao longo da campanha eleitoral foram publicadas pelo jornal Folha de São Paulo, inclusive a mentira a respeito da suposta assessora fantasma: uma mentira covarde e desumana, que custou o emprego de uma pessoa honesta e humilde que ganhava pouco mais de um salário mínimo mensal.

Quando perguntado no Jornal Nacional sobre a Folha de São Paulo, o presidente eleito relatou o episódio da mentira divulgada pelo jornal, e afirmou aquilo que todo cidadão de bom senso já sabe: ninguém, e muito menos o governo, precisa acabar com a Folha de São Paulo, pois o jornal está acabando por si só por completa falta de credibilidade e por não ter compromisso algum com a verdade. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

https://criticanacional.com.br/2018/10/30/folha-de-sao-paulo-prossegue-publicando-mentiras-contra-presidente-jair-bolsonaro/

Bolsonaro venceu, o Brasil terá um presidente de direita. E agora? - Bruno Garschagen

TERÇA LIVRE - OS BASTIDORES DA VITÓRIA

.

*

OLAVO DE CARVALHOUm motivo de orgulho nacional: o brasileiro foi o primeiro povo, no mundo, a perceber, de modo coletivo e simultâneo, que o comunista "enragé" e o velho político burguês ladrão são exatamente a mesma pessoa. Fora dos círculos tucanopetistas, com efeito, já não há neste país quem ignore que Lula e FHC (ou Dilma e Aécio, ou Haddad e Alkmin, se quiserem) não são dois indivíduos distintos, mas um monstro de duas cabeças e um só estômago.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

STF PODE IMPEDIR QUE BOLSONARO ASSUMA A PRESIDÊNCIA

.

Publicado em 22 de out de 2018
Presidente do Supremo, Toffoli, que soltou o criminoso Zé Dirceu, condenado a 30 anos e meio de cadeia, também soltou nota oficial para reclamar do deputado Eduardo Bolsonaro, que cometeu o supremo pecado de dizer que bastam um soldado e um cabo para fecha-lo. Esquece a Suprema Corte que quem quer respeito primeiro tem que se dar ao respeito. 
 

A ESQUERDA NÃO ENTENDEU NADA - #RadarDaMídia

.

Sim, concordo com o sr Sepúlveda, a revolta popular é contra a impostura politicamente correta construída para deformar e adequar a psique ao totalitarismo.

No dia 07/10/2018 escrevi para aqueles que se escandalizavam com Bolsonaro:
Por que Bolsonaro? Qualquer um que tenha a coragem de dizer que a chuva chove para baixo e que a grama é verde, que o crime deve ser punido e não o trabalho da polícia, que não se deve ensinar sexo para criancinhas na escola, onde, aliás, os banheiros femininos devem ser preservados da invasão de marmanjos, que homem é homem e mulher é mulher e não basta o desejo para determinar isso, qualquer um que admita a visão normal das coisas será bem acolhido pelo povo. Mas hoje é preciso ter coragem para isso e só Bolsonaro a tem.
A ditadura do absurdo é censora.

*

NOMINALISMO X REALISMO
"O projeto globalista é, em grande parte, um projeto nominalista. Aqui estou usando esses termos de maneira um pouco diferente da usada na filosofia medieval. Nominalismo no sentido de pegar as palavras e isolá-las da realidade, e transformá-las em instrumento de dominação. No fundo é isso. O que é a tolerância? Tolerância é vc, diante de uma realidade negativa, vc faz uma avaliação de valor e diz eu posso tolerar essa realidade em nome de um bem maior. Isso é que é tolerar. Durante um certo tempo vc convive com uma coisa negativa, porque tem um contexto onde isso é necessário para um resultado positivo. Isso é realismo, é vc ter um diálogo entre a palavra e a realidade. Nominalismo é pegar a palavra tolerância e transformá-la em algo absoluto. Então, vc tem uma realidade de crime, por exemplo, "ah não, vc tem de mostrar tolerância com o criminoso". Ou vc tem uma realidade onde qualquer conflito, se essa ideologia quer defender um dos lados, "não, vc tem de ter tolerância..." Isso para dar um exemplo de palavras que deixam de dialogar com a realidade.
Então, parte do nosso esforço é esse, trazer de volta... O pensamento humano é isso, precisa da linguagem, mas precisa da realidade. Essa coisa do achatamento do ser humano tem a ver com o nominalismo, vc isola as palavras e elas passam a ser coisas que estão no ar e se chocam assim, num éter onde nada faz sentido. É por isso que o conceito de realidade precisa voltar, o conceito de verdade, que verdade também é isso, no fundo é o diálogo interno entre linguagem e não linguagem. Então é essencial ter uma visão realista, nesse sentido de realismo, que não é também o absolutismo da realidade complexa, precisa ter a linguagem, o pensamento humano questionando isso. Hoje vc tem toda uma série de correntes que vivem num mundo puramente de palavras, simplesmente de jogos de palavras. Por isso que eu não gosto de Wittgenstein. Ele vê a realidade como jogo de palavras. Uma das fontes desse nominalismo atual é Wittgenstein."
Ernesto Araújo 
https://conspiratio3.blogspot.com/2019/03/entrevista-min-ernesto-araujo-denuncia.html
https://www.metapoliticabrasil.com/
 

 

TERÇA LIVRE - INÍCIO DE UMA NOVA ERA?

ROSA WEBER ANUNCIA ELEIÇÃO DE JAIR BOLSONARO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA



***

55% Bolsonaro e 45% Haddad... Engraçado como o PT investe nessa imagem de que têm metade da população, ou que existe uma simetria esquerda-direita. Se essa "polarização" fosse real, eles estariam fazendo parecer que são maioria, como é do seu estilo.

Roberto Jefferson, numa entrevista no Roda Viva, afirmou que o PT sempre teve por volta dos 20% de adesão. No livro PONEROLOGIA, Andrew Lobaczewski também afirma que os comunistas no poder na Polônia nunca obtiveram mais que 20%, apesar de todas as vantagens e pressões para isso.

Isso é interessante. Seria um indício do real número limite da esquerda cuja característica maior é a manipulação? Se essa característica for amplamente exposta e desmascarada, esse limite cai ainda mais.

AQUI A ENTREVISTA DO JEFERSON


20% de poder para fazer oposição seria até tolerável se fosse honesta. Porém por todos os meios sórdidos e ocultos o PT se transformou em poder central, sempre corroendo mais a ordem democrática.

"Os velhos políticos corruptos limitavam-se a roubar. O PT transformou o roubo em sistema, o sistema em militância, a militância em substitutivo das leis e instituições, rebaixadas à condição de entraves temporários à construção da grande utopia." (Olavo de Carvalho)

Mas agora, hoje, percebi que mudou minha sensação de fundo de um mal que vem de cima, das autoridades, do Estado, das leis, que se tornaram nossos maiores inimigos e são uma AMEAÇA CONSTANTE.

Por causa dela, a partir de 2003 passei a frequentar vários grupos que discutiam nova ordem mundial e a influência nefasta de um poder paralelo se impondo insidioso sobre nossas vidas.  Em 2010 ou 2011 me deparei com um pequeno vídeo de Olavo de Carvalho que reorientava as informações para dentro do Brasil. O perigo estava bem debaixo do meu nariz e eu não tinha visto! Daí em diante a coisa foi ficando cada vez mais clara e definida.

E hoje, depois de anos, tenho a impressão de que nosso governo NÃO ESTÁ CONTRA NÓS! Uau! Bolsonaro não faz parte da corja inescrupulosa ou covarde que vem nos predando e subvertendo todo o bem em mal.


***

O MILAGRE


*

NIVALDOCORDEIRO"Sinto-me estranhamente em paz, minha preocupação com o futuro ficou reduzida. A sensação de ter o país bem governado, com o presidente preocupado com o bem comum, é muito gratificante. A corja de assaltantes foi expulsa e isso é muito bom."


*
OLAVO DE CARVALHO  Um país dividido? Sim. O povo contra o crime. So simple as that.

*
BOLSONARO PERDE DE TODOS NO SEGUNDO TURNO - A CREDIBILIDADE DA IMPRENSA E DAS PESQUISAS ELEITORAIS COMPRADAS
https://conspiratio3.blogspot.com/201...

UM GENERAL VIGIA O PROCESSO ELEITORAL? - DANIEL LOPES https://conspiratio3.blogspot.com/201...

STF pode impedir que Bolsonaro assuma a presidência https://youtu.be/N4UqGKv3-pA

BOLSONARO NUNCA SERÁ PRESIDENTE - A PERCEPÇÃO DEFEITUOSA DOS COMUNICADORES E HOMENS PÚBLICOS
.

OLAVO DE CARVALHO - A mídia foi o primeiro terreno onde o comunopetismo firmou sua hegemonia e de onde partiu, com base firme, para a conquista do restante. É inútil reclamar, é inútil apelar à consciência profissional da classe jornalística, que já não tem nenhuma e enxerga a manipulação do noticiário como um dever e um mérito. A mídia foi e é o CENTRO IRRADIANTE da hegemonia comunopetista e não apenas um suporte externo, como em geral as pessoas imaginam. Ela é o primeiro obstáculo que teria de ser derrubado ANTES de um ataque ao poder federal. 
https://olavodecarvalhofb.wordpress.com/2015/11/07/novo-artigo-hangout-e-sucursal-indiana/


Pondé: PT age como se não fosse responsável pelo Brasil

OLHA A FACA NA MÃO DA LOIRA

Boulos promete manifestação na 3a feira contra a eleição antidemocrática de Bolsonaro...

NICOLÁS MADURO parabeniza Bolsonaro pela vitória...

JOVEM PAN - Fala de Toffoli após vitória de Bolsonaro é absolutamente desnecessária ...

BRASIL PARALELO - Como os políticos simulam transparência no Brasil?

Os grandes derrotados foram PT e Lula | Marco Antonio Villa

NANDO MOURA - E agora Brasil??? Para onde NÓS vamos??? - ESTE VÍDEO TEM MAIS CURTIDAS DO QUE VIEWS - 28 VISUALIZAÇÕES E 1 MIL CURTIDAS. Essa é a censura política que o youtube ideológico tem feito.

CLICK TIME - E aí Felipe Neto, não vai fechar o canalzinho?

.

Jovem com faca na porta da casa do Bolsonaro.URGENTE!!! Uma jovem foi pega com uma faca na comemoração da eleição do Bolsonaro.
https://www.facebook.com/chutandoobaldecanal/videos/vb.199263374091048/180183539586455/

*

A CREDIBILIDADE DA IMPRENSA EDEOLÓGICA E SUAS PESQUISAS COMPRADAS




FLÁVIO GORDON É hora de lembrar o vexame da outra grande derrotada de ontem: Folha de S. Bernardo.

*


· 9 h Vamos rir de quem não acreditava na vitoria de Jair Bolsonaro:
 https://www.facebook.com/EuSouDireita/videos/vb.1463976060579234/1101849323322116/

BOLSONARO PERDE DE TODOS NO SEGUNDO TURNO - A CREDIBILIDADE DA IMPRENSA E DAS PESQUISAS ELEITORAIS COMPRADAS




FLÁVIO GORDON É hora de lembrar o vexame da outra grande derrotada de ontem: Folha de S. Bernardo.

*

 
FLÁVIO GORDON Quando alguém disser "existe um estudo que prova que as armas são um problema..." apenas mostre isso...
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1159434830870535&set=a.169028103244551

*

· 9 h Vamos rir de quem não acreditava na vitoria de Jair Bolsonaro:
 https://www.facebook.com/EuSouDireita/videos/vb.1463976060579234/1101849323322116/

BOLSONARO não pensa em reeleição. O que fazer diante disso? - DANIEL LOPES

.

*

OLAVO DE CARVALHOJair Bolsonaro provou que não precisa do apoio da mídia chique para se eleger presidente. Espero que daí ele conclua que também não precisa dela para governar. Que lhe baste o apoio do povo.

OLAVO DE CARVALHOMais um truque sórdido. Não sendo possível eleger o queridinho dela e do narcotráfico, a mídia porca (perdoem a redundância) partiu para o Plano B: o equivalentismo fingido, calculado para legitimar o crime organizado como oposição legal ao próximo governo. Peço a Deus que a tentação da paz a todo preço, quase irresistível após uma vitória eleitoral, não leve o Capitão a cair nessa.
Não pode haver paz entre a lei e o crime.


PRIMEIRA DAMA, MICHELE BOLSONARO, DÁ ENTREVISTA PARA A RECORD



Cara Michele Bolsonaro, cuidado, não se exponha.
Antes de fazer a diferença para os deficientes, comece fazendo a diferença informando-se e se protegendo das grandes ameaças que a cercam e aos seus, para atingir o presidente.

A seguir 3 posts sobre isso:

20 h " Lobo solitário", eles disseram. 🙄

" A quebra do sigilo telefônico da namorada do sócio de um dos advogados de Adélio Bispo é uma das peças que faltam para que a Polícia Federal (PF) conclua a investigação sobre a eventual participação do Primeiro Comando da Capital (PCC) no atentado contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ).

Segundo informações do blog de Lauro Jardim, do jornal O Globo, informes recebidos pela PF, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Inteligência do Exército indicam que a facção criminosa está por trás do ataque.


Bolsonaro foi esfaqueado no dia 6 de setembro durante carreata de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais. Com isso, o candidato à Presidência da República passou 22 dias internado em São Paulo e passou por alguns procedimentos cirúrgicos."

*
Jovem com faca na porta da casa do Bolsonaro.URGENTE!!! Uma jovem foi pega com uma faca na comemoração da eleição do Bolsonaro. https://www.facebook.com/chutandoobaldecanal/videos/vb.199263374091048/180183539586455/
*

.


*

OLAVO DE CARVALHOJair Bolsonaro provou que não precisa do apoio da mídia chique para se eleger presidente. Espero que daí ele conclua que também não precisa dela para governar. Que lhe baste o apoio do povo.

OLAVO DE CARVALHOMais um truque sórdido. Não sendo possível eleger o queridinho dela e do narcotráfico, a mídia porca (perdoem a redundância) partiu para o Plano B: o equivalentismo fingido, calculado para legitimar o crime organizado como oposição legal ao próximo governo. Peço a Deus que a tentação da paz a todo preço, quase irresistível após uma vitória eleitoral, não leve o Capitão a cair nessa.
Não pode haver paz entre a lei e o crime.

domingo, 28 de outubro de 2018

Danilo Gentili : Medinho da Futura Censura do Bolsonaro?

"Eu Te Amo Meu Brasil" by Os Incríveis

��AO VIVO 1° PRONUNCIAMENTO DE JAIR BOLSONARO COMO PRESIDENTE - CONFIRA A...

DANILO GENTILI Velorio do PT

.


*

MULHER DE SÉRGIO MORO FESTEJA A VITÓRIA DE BOLSONARO https://www.oantagonista.com/brasil/mulher-de-moro-festeja-vitoria-de-bolsonaro/

Jair Bolsonaro é eleito o 38° Presidente da República Federativa do Brasil!

.

*

MULHER DE SÉRGIO MORO FESTEJA A VITÓRIA DE BOLSONARO
https://www.oantagonista.com/brasil/mulher-de-moro-festeja-vitoria-de-bolsonaro/

#EleSim Bolsonaro - Tente não chorar

TERÇA LIVRE - AO VIVO COBERTURA DAS ELEIÇÕES - SEGUNDO TURNO

Diversidade e Hegemonia: a crise da universidade no Brasil - Osvaldo Bastos

25/10/2018 - ANÁLISE DAS PESQUISAS

O IMBECIL COLETIVO (Olavo de Carvalho) - Rodrigo Gurgel




O Imbecil Coletivo (Olavo de Carvalho)

***

OLAVO DE CARVALHO
http://www.olavodecarvalho.org/
https://blogdoolavo.com/
FACEBOOK
https://www.facebook.com/carvalho.olavo/
YOUTUBE
https://www.youtube.com/user/olavodeca/
MÍDIA SEM MÁSCARA
https://www.youtube.com/user/CanalMSM/
CURSOS
https://www.seminariodefilosofia.org/

O PLANO B DE HADDAD

Leitura Diária, por Nivaldo Cordeiro
1 minuto O rato quer se esconder da Justiça. Não vai dar certo, Dória vencerá em São Paulo.
https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/11955/haddad-tem-plano-b-por-foro-privilegiado-em-caso-de-confirmacao-da-derrota

Haddad tem “plano B” por foro privilegiado, em caso de confirmação da derrota: ser nomeado para algum cargo com foro privilegiado, por França.

***
Fernando Haddad Assume Derrota & Negocia Cargo Em Eventual Governo Marcio França

https://criticanacional.com.br/2018/10/28/fernando-haddad-assume-derrota-negocia-cargo-em-eventual-governo-marcio-franca/
*

Votar Bolsonaro é legítima defesa. Como foi o impeachment da impostora. Não dá pra aguentar predadores no poder.

Zé Dirceu confessa aparelhamento do STF

UM GENERAL VIGIA O PROCESSO ELEITORAL? - DANIEL LOPES

.

Pela primeira vez abrirão a sala cofre para que o eleitor possa acompanhar o processo feito numa sala cofre CRIADA ILEGALMENTE??? A lógica e a Constituição são muito claras em exigir: sigilo do voto e TRANSPARÊNCIA na apuração! Tudo mais é emgambelação para a manada que vai para o matadouro da ditadura.

FIM DA APURAÇÃO SECRETA E FISCALIZAÇÃO DA CONTAGEM DOS VOTOS : Conquista de Jair Bolsonaro 27/10/2018 https://conspiratio3.blogspot.com/2018/10/fim-da-apuracao-secreta-e-fiscalizacao.html

OLAVO DE CARVALHO"Que aconteceu desta vez? Aposto que o Toffoli, vendo que saiu muito sujo da história da apuração secreta, nomeou seu assessor um general para poder ter uma boa desculpa para cumprir a lei quando a petezada viesse lhe pedir uns votinhos roubados:
-- Ô turma, agora eu não posso, sacumé, o general tá olhando..."


OLAVO DE CARVALHO "O que está em jogo hoje não é saber quem será o próximo presidente da República; é saber se, sem a ajuda das Forças Armadas, a quase totalidade da população de um país pode alguma coisa contra a quadrilha de ricaços e celebridades que decidiu sugar-lhe até a última gota de sangue"
7 h "Perguntar não ofende: Se o voto eletrônico já é ruim, para quê essa frescura de máquinas de votar com impressoras, como alguns propõem? Por que não só o papelzinho, como antigamente? Quanto mais inteligentes se tornam as máquinas, mais burros os seres humanos."


ELEIÇÃO SECRETA
.


COMANDO VERMELHO PROÍBE PROPAGANDA DE BOLSONARO NO CEARÁ



Comando Vermelho proíbe propaganda de Bolsonaro no Ceará

*

11 MOTIVOS PELOS QUAIS O CRIME ORGANIZADO ACEITA TODOS OS CANDIDATOS , MENOS JAIR BOLSONARO


OLAVO DE CARVALHO - "Sem exagero: O PT e seus associados -- PCC, Comando Vermelho, Hezbollah, Farc, Foro de São Paulo, Maduro, O Globo, Folha de S. Paulo etc. -- são A MAIOR organização criminosa que já existiu no mundo. O que estamos vendo não é uma concorrência eleitoral: é a luta de um povo desarmado contra o crime organizado e bilionário." 
https://www.facebook.com/olavo.decarvalho/posts/10156673514077192


.


  .