CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

domingo, 11 de abril de 2021

OLAVO DE CARVALHO - QUAL É A REAL IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA?

.

Neste ponto: https://youtu.be/g9P2wQux700?t=1061

*

TRECHO DE "O CONCLAVE" DE MALACHIAS MARTIN:

     Lembrai-vos de que não são apenas a família e a cultura que estão sendo esmagadas aí nesses países. É a própria mente humana. Deseja ele, realmente, essa situação através de todo o comprimento e largura da América Latina? Certamente que sua própria capital está ruim. Mas deseja ele que venha a se parecer com Pequim — uma cidade assassinada, um cadáver desfigurado daquela que foi uma das mais belas cidades do Oriente? Deseja ele isso, realmente? Ou outra Pnom-Penh?

     Meus Irmãos, antes de prosseguirdes, aceitai o meu testemunho. simples. Sem enfeites. Pelo que vale. O marxismo tem duas caras. Usa uma antes de conseguir o poder. A outra, depois que o consegue. Sabemos disso. No meu país. Na minha Ásia. Nosso país está sob o domínio do terror. Um vasto campo de concentração. Um formigueiro. Sabeis o que é viver diariamente com o terror em vossas ruas, em vossa esquina, em vosso quarto de dormir, na escola, na fábrica, na Igreja — quando há uma Igreja aberta? Vós não sabeis. Nós sabemos. Não tenhais nada a ver com ele.

     Por favor! Estamos cheios de fome e de escravidão. Cursos de reeducação. Prisões. Turmas de escravos. Tortura. Execuções. Miséria total é o nosso lote. Nossas crianças são ensinadas a desconfiar de nós. A nos odiar. A nos delatar. Nos países vizinhos também é um inferno. Mais de dois milhões e meio já foram mortos. As cidades esvaziadas. Os vilarejos devastados. Não há comida. Só trabalho. Trabalho para todos. Meninas. Velhas. Homens idosos. Crianças pequenas de seis e sete. Igrejas, pagodes, escolas, bibliotecas, templos antigos, todos desaparecidos. Pensai bem antes de aceitardes aquilo que alguns loucos estão chamando de um relacionamento prático com isso. Se tiverdes que viver sob o marxismo, rogai que vossa fé possa sobreviver a ele. Muito obrigado.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário