CENSURA, DITADURA, POLITICAMENTE CORRETO

Seguidores

domingo, 7 de março de 2021

POLÍBIO BRAGA - Os governadores querem estado de emergência, mas vão acabar tomando estados de defesa ou de sítio

.

 

*

No fundo, ninguém acredita na corja. Quando a obedecem é por medo dela e não do vírus. Será que é isso o que querem? Cultivar o comunocinismo na população? Se essas mesmas autoridades demonstrassem coerência em suas ações e palavras, a população sentiria até necessidade de cumprir essas obrigações e restrições drásticas. Na guerra, por exemplo, ela se submete a sacrifícios extremos porque a situação é óbvia para todos. Mas desde o início constatamos erros de atuação, contradições que desmascaram o teatro. As palavras não casam com a realidade.  

Por exemplo:  

1- Se alguém busca a verdade dos fatos, não despreza os indícios. Mas foi o que fizeram quando deram as costas à investigação da hipótese de ser uma pandemia fabricada pela China/OMS.  

2- Se alguém busca a cura não despreza as evidências de benefícios dos remédios disponíveis nem os substitui TEIMOSAMENTE por medidas violentas e coercitivas, mais perigosas que o vírus, afirmando serem comprovadas científicamente quando não são.  

3 - Se alguém quer cooperação do povo, tenta explicar clara e amplamente sobre todos os aspectos da situação, e não esconder informações e até proibir o debate, ao mesmo tempo que o bombardeia o com números manipulados e um teatro macabro que ninguém testemunhou em lugar nenhum. Isto só reforça a impressão de que a pandemia não é tão letal como querem. 

4 - Quem se preocupa com a saúde da população não a prejudica com pobreza, fome, privações de todo tipo e a obriga a ser cobaia de vacinas anômalas, de eficácia duvidosa e MUITO RISCO, feitas pelos mesmos fabricantes do virus. Sobretudo não ignora estes riscos em nome de uma pandemia que nem mesmo aumentou o número de mortes no mundo.

5 - O desinteresse da imprensa por estas e outras questões denuncia o tamanho do conluio que não podemos ignorar.


2tSSt pornhdsorred VACHINA DA ESTERILIZAÇÃO - A verdade pura e simples? A "vachina" que quase todos os governos do nosso planeta estão a aceitar é o chamado "mRNA", que circula pelo sangue até encontrar um receptor de enzima [ACE2] que existe nos testículos e nos ovários (muito pouco na mielina dos neurônios). O "m" é para mensageiro, através do receptor, o RNA penetra na célula e nela reescreve seu código genético .
A célula deixa de servir para aquilo que a natureza a criou, serve apenas para criar o que os laboratórios projetaram para o RNA.
O resultado dessas vacinas será que, em curto prazo 97% dos homens inoculados ficarão estéreis.
Se forem crianças pequenas, nunca desenvolverão características sexuais secundárias. Serão crianças andróginas, sem desejo sexual e provavelmente muito mais manejáveis ​​e obedientes do que alguma vez os nossos ancestrais foram, ou mesmo do que nós mesmos.
Pelo menos 50% das meninas serão estéreis, ou seja, não poderão conceber filhos. O dano neural afetará parte do seu córtex frontal afetando a própria coordenação motora e nervosa, poderá, por exemplo, trabalhar e até dirigir um carro, mas não será capaz de pensar profunda e criticamente.
É REAL. 
 
 

CENSURA - O ESQUERDISMO SOBREVIVE DA OCULTAÇÃO DE EVIDÊNCIAS - https://conspiratio3.blogspot.com/2020/11/censura-o-esquerdismo-sobrevive-da.html


Aceitar a censura é permitir que o MAL se blinde completamente contra toda a correção e limite que a sociedade possa lhe impor, e se torne incontrolável. A partir de então seu poder só crescerá. É o totalitarismo.

  

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário